Lorenzo dá passo importante rumo ao título e conquista quinta pole do ano em Valência. Márquez sai em segundo

Com direito a novo recorde, Jorge Lorenzo conquistou a quinta pole da temporada 2015 e deu um passo importantíssimo na briga pelo título deste ano. Marc Márquez sai em segundo, com Dani Pedrosa completando o top-3. Valentino Rossi sofreu uma queda no fim da sessão, mas não se feriu

Jorge Lorenzo deu um passo importantíssimo neste sábado (7) na luta pelo tricampeonato na MotoGP. Disputando o título de 2015 com Valentino Rossi, que tem sete pontos de vantagem na classificação, o #99 chegou ao circuito Ricardo Tormo de olho na vitória e usou o treino classificatório para conquistar a pole-position, a quinta do ano, e se aproximar ainda mais de seu objetivo.

 
Com seu melhor giro em 1min30s011 – um novo recorde para Cheste –, o piloto de Palma de Mallorca garantiu a posição de honra com 0s488 de vantagem para Marc Márquez, que vai largar em segundo. Dani Pedrosa completa a primeira fila do grid.

Punido pelo toque com Márquez no GP da Malásia, Valentino Rossi vai largar em último, mas anotou o 12º tempo nesta tarde. O italiano foi 1s460 mais lento que o pole-position e caiu em sua última tentativa de volta rápida.

Jorge Lorenzo avaliou a volta da pole como a melhor volta da vida (Foto: Yamaha)
Aleix Espargaró voou com a Suzuki e ficou com a quarta colocação, à frente de Cal Crutchlow e Bradley Smith. Andrea Iannone não conseguiu ser a mão amiga de que Rossi tanto precisava e vai sair apenas em sétimo.
 
Pol Espargaró fez seu melhor giro em 1min31s080 e ficou com o oitavo posto, à frente de Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci.
 
Maverick Viñales não teve um treino fácil em Valência. O espanhol caiu quando restavam nove minutos para o fim do Q1 e precisou voltar correndo para os boxes da Suzuki para buscar a moto reserva. O #25 tinha o terceiro tempo e estava empatado com Héctor Barberá, o segundo colocado na sessão, em 1min31s851.
 
O tombo de Viñales foi um belo susto, já que o piloto foi ejetado da GSX-RR e cruzou a pista do circuito Ricardo Tormo na curva 3. Nicky Hayden, que vinha vindo logo atrás, precisou parar a moto para não acertar o colega que escorregava para a área de escape. Apesar do susto, Maverick avançou a fase seguinte e conquistou o 11º tempo.
 
A cobertura completa do GP da Comunidade Valenciana no GRANDE PRÊMIO

Márquez foi o mais veloz do último treino livre em Valência:
 
O sol voltou a brilhar no circuito valenciano, e em relação aos treinos anteriores, a temperatura voltou a subir. Para a classificação, os termômetros marcavam 25°C, com o asfalto em 30ºC.
 
Antes da classificação aconteceu o último treino livre. Sem perder tempo, Lorenzo foi o primeiro a fazer a marca mais veloz, anotando 1min31s500, com uma vantagem de 0s129 para o segundo.
 
Quem aparecia logo atrás do titular da Yamaha era seu conterrâneo Pedrosa, com Márquez fechando o trio de espanhóis. Andrea Iannone era o quarto colocado, com Rossi fechando o top-5.
 
Com 18 minutos para o final, os pilotos começaram a ir para os boxes para a primeira parada da sessão. Até então, nada havia mudado no pelotão da frente, com as posições mantidas.

Do rol dos dez mais velozes do último ensaio livre, apenas Pol Espargaró permaneceu no traçado. Ele ocupava a sexta colocação, com uma desvantagem de 0s394 para o ponteiro. Ele conseguiu pular para quinto.

 
Lorenzo estava confiante de que seu tempo não seria superado, e aos 10 minutos para o encerramento da sessão, o bicampeão da Yamaha voltou para os boxes da equipe.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

A internet é fascinante às vezes — e você nem precisa entender italiano: o papa Francisco apóia Valentino Rossi VR46…

Posted by Grande Prêmio on Sexta, 6 de novembro de 2015

Porém, ele estava enganado, e sua marca foi sim superada, e por ninguém menos que Rossi. O italiano soube encaixar uma ótima volta, melhorando em 0s233 o tempo do adversário.
 
Só que quem não deixou barato foi Márquez, que melhorou ainda mais a marca. O titular da Honda anotou 1min31s203, e viu seu companheiro de equipe, Pedrosa, assumir a segunda colocação.
 
A sessão, no fim, acabou com Márquez mais veloz, seguido por Lorenzo, Pedrosa, Rossi, Ianonne, Pol Espargaró, Danilo Petrucci, Maverick Viñales, Cal Crutchlow e Aleix Espargaró como os dez mais rápidos.
Lorenzo marca pole com direito a novo recorde para Valência
 
Os primeiros pilotos que se dirigiram para o traçado estavam para disputar as duas últimas vagas para o Q2, fase final da classificação. Logo no início, Stefan Bradl foi quem assumiu a ponta da tabela.
 
Porém, logo foi tirado da liderança, já que Barberá anotou 1min31s993. Mas foi só até Aleix Espargaró melhorar em 0s430 o tempo e ser o líder.
Marc Márquez tem o segundo posto no grid (Foto: Honda)
Viñales, com noveminutos para o final, acabou sofrendo uma forte queda no traçado. Perdendo o controle da moto, ela acabou chicoteando e voando para longe. Mas ele logo se recuperou e pegou outra moto.
 
Quem garantiu então as duas últimas vagas foram Aleix Espargaró no Q2, que anotou 1min31s409, e Viñales, que ficou 0s100 atrás do ponteiro.
Os pilotos logo foram para o traçado com o início da fase seguinte, que definiria as 12 primeiras posições do grid. Marc Márquez logo cravou o excelente tempo de 1min30s499, ficando com a pole-position provisória.
 
Quem vinha na sua caça era Pedrosa. O espanhol logo pulou para a segunda posição da tabela, jogando Lorenzo para a terceira colocação. O companheiro de Márquez estava 0s285 de desvantagem.
 
Com cinco minutos para o final, quase todos os pilotos estavam nos boxes. Os únicos fora eram Lorenzo, Iannone e Dovizioso. O espanhol da Yamaha, inclusive, conseguiu assumir a ponta.
 
Mesmo sabendo que largaria da última colocação do grid, Rossi não deixou de chegar ao limite de sua moto na classificação. Ele foi tão ao limite que, com pouco mais de um minuto para o fim, acabou caindo com sua moto.
Valentino Rossi cai durante última volta rápida da classificação em Valência (Foto: Reprodução)
Então, em uma classificação marcada pela queda do italiano da Yamaha, quem ficou com a pole-position foi Lorenzo, que massacrou o tempo de Márquez, o segundo. Pedrosa, Espargaró e Crutchlow fecharam o top-5. Smith, Iannone, Pol Espargaró, Dovizioso, Petrucci, Viñales e Rossi fecharam a sessão.

MotoGP, GP da Comunidade Valenciana, Valência, grid de largada:
 
1
99
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
1:30.011
 
2
93
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
1:30.499
+0.488
3
26
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
1:30.516
+0.505
4
41
ALEIX ESPARGARÓ
ESP
SUZUKI
1:30.917
+0.906
5
35
CAL CRUTCHLOW
ING
LCR HONDA
1:30.948
+0.937
6
38
BRADLEY SMITH
ING
TECH3 YAMAHA
1:31.012
+1.001
7
29
ANDREA IANNONE
ITA
 DUCATI
1:31.056
+1.045
8
44
POL ESPARGARÓ
ESP
TECH3 YAMAHA
1:31.080
+1.069
9
4
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
1:31.245
+1.234
10
9
DANILO PETRUCCI
ITA
PRAMAC DUCATI
1:31.292
+1.281
11
25
MAVERICK VIÑALES
ESP
SUZUKI
1:31.340
+1.329
12
51
MICHELE PIRRO
ITA
 DUCATI
1:31.780
+1.769
13
6
STEFAN BRADL
ALE
APRILIA GRESINI
1:31.824
+1.813
14
8
HECTOR BARBERÁ
ESP
AVINTIA DUCATI
1:31.851
+1.840
15
76
LORIS BAZ
FRA
FORWARD YAMAHA
1:31.856
+1.845
16
69
NICKY HAYDEN
EUA
ASPAR HONDA
1:32.083
+2.072
17
68
YONNY HERNÁNDEZ
COL
PRAMAC DUCATI
1:32.142
+2.131
18
19
ÁLVARO BAUTISTA
ESP
APRILIA GRESINI
1:32.282
+2.271
19
45
SCOTT REDDING
ING
MARC VDS HONDA
1:32.448
+2.437
20
43
JACK MILLER
AUS
LCR HONDA
1:32.564
+2.553
21
63
MIKE DI MEGLIO
FRA
AVINTIA DUCATI
1:32.716
+2.705
22
13
ANTHONY WEST
JAP
AB HONDA
1:33.049
+3.038
23
50
EUGENE LAVERTY
IRN
ASPAR HONDA
1:33.066
+3.055
24
24
TONI ELÍAS
ESP
FORWARD YAMAHA
1:33.092
+3.081
25
23
BROC PARKES
AUS
IODA ART
1:33.577
+3.566
26
46
VALENTINO ROSSI
ITA
YAMAHA
1:31.471
+1.460
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
1:31.515
157.5 km/h
MELHOR VOLTA
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
1:30.011
160.1 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 26ºC | pista: 31ºC

document.MAX_ct0 ='';
var m3_u = (location.protocol=='https:'?'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?':'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random()*99999999999);
document.write ("”);
//]]>–>

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube