Lorenzo descarta incômodo no ombro e revela surpresa com bom ritmo: “Não esperávamos estar tão competitivos”

Jorge Lorenzo completou o primeiro dia de treinos para o GP do Japão de MotoGP no topo da tabela de tempos. Ao avaliar seu primeiro dia em Motegi, o piloto revelou ter ficado surpreso com competitividade da Yamaha, e disse que o ombro, apesar de não estar perfeito, não será problema durante o final de semana

Jorge Lorenzo foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para o GP do Japão de MotoGP. Mesmo lidando com as dores resultantes de uma lesão nos ligamentos no ombro esquerdo, o piloto da Yamaha não teve problemas para impor um ritmo forte nesta sexta-feira (9) e fechou o dia no topo da tabela de tempos, com sua melhor marca em 1min44s731.
 
Durante uma sessão de treinos na Espanha, o piloto da moto #99 vinha com sua moto quando acabou sofrendo uma queda, machucando o seu ombro às vésperas de uma sequência de três provas seguidas no calendário.
 
Quando o assunto foi a lesão, o espanhol reconheceu que ainda não está 100% curado, mas garantiu que ele não é um problema em seu fim de semana. “Obviamente meu ombro não está perfeito, mas mesmo com ele nessas condições ainda sou capaz de pilotar e ser consistente”, disse.
Jorge Lorenzo (Foto: Yamaha)
“Acredito que nas condições físicas normais eu poderia ter ido ainda mais rápido, mas esse não é o ponto que devemos pensar. É melhor nos focar na situação atual e tirar o máximo de proveito dela.”, continuou.
 
Por fim, ao avaliar seu desempenho neste início de ensaios, o piloto admitiu ter ficado surpreso com o bom desempenho que sua Yamaha apresentou, e afirmou que não esperava ficar no topo logo nos dois primeiros treinos no Japão. “Foi um dia surpreendente, pois não esperávamos estar tão competitivos, especialmente durante a amanhã”, explicou.
 
“Esperava melhorar aos poucos, mas desde a primeira volta eu era o piloto mais rápido e melhorei ainda mais no final, então terminei na ponta na parte da manhã e da tarde. A moto está melhor do que no ano passado e temos um ótimo ajuste. Para amanhã ainda temos margem para melhorar a moto para se encaixar com minha pilotagem. Só espero que não chova domingo”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube