Lorenzo ignora lesão e dita ritmo no primeiro treino da MotoGP no Japão. Líder do Mundial, Rossi fica em terceiro

Jorge Lorenzo não deu atenção aos ligamentos lesionados no ombro esquerdo e voou na manhã desta sexta-feira (9) em Motegi. Andrea Iannone ficou com o segundo tempo, à frente de Valentino Rossi

A cobertura completa do GP do Japão no GRANDE PRÊMIO

Os ligamentos lesionados no ombro esquerdo não incomodaram Jorge Lorenzo. Na manhã desta sexta-feira (9), o espanhol mostrou bom ritmo em Motegi e não teve trabalho para liderar a primeira sessão de treinos livres do fim de semana.

 
Com seu melhor giro em 1min45s432, o #99 assegurou o topo da tabela de tempos com 0s395 de vantagem para Andrea Iannone, que jogou Valentino Rossi para a terceira colocação por uma diferença de 0s017.
Jorge Lorenzo foi o mais rápido nesta manhã em Motegi (Foto: Yamaha)
Bradley Smith melhorou sua marca no giro final, e ficou com a quarta colocação, 0s456 atrás do líder. Vindo de uma ótima atuação no GP de Aragão, Dani Pedrosa aparece como melhor representante da Honda, em quinto.
 
Já 0s515 atrás de Lorenzo, Andrea Dovizioso ficou com o sexto posto, seguido por Marc Márquez, que fez uma sessão apenas discreta. Aleix e Pol Espargaró aparecem na sequência, com Stefan Bradl completando o rol dos dez mais rápidos.

Saiba como foi o primeiro treino livre da MotoGP em Motegi:
 
O clima foi receptivo com o Mundial de Motovelocidade e o primeiro treino livre da MotoGP começou com sol. Quando o pit-lane foi aberto na manhã desta sexta-feira, os termômetros marcavam 21°C, com a pista chegando aos 31°C. A velocidade dos ventos estava em 8 km/h.
 
Aleix Espargaró abriu a sessão no topo da tabela, 0s125 à frente de Valentino Rossi. Bradley Smith tinha o terceiro posto, já 1s490 atrás do piloto da Suzuki.
 
Na passagem seguinte, Rossi anotou 1min46s265 e tomou a liderança, 0s922 à frente de Cal Crutchlow, o segundo colocado. Sem demora, Jorge Lorenzo virou 0s753 mais lento que o companheiro de Yamaha e assumiu a segunda posição.
 
Com o ombro esquerdo lesionado após um tombo durante uma sessão de treinos na Espanha, Lorenzo cravou 1min46s110 em seu quarto giro nesta manhã e tirou Rossi do comando da sessão por uma diferença de 0s097. Andrea Iannone vinha em terceiro, com Marc Márquez e Andrea Dovizioso completando o top-5.
 
Na sequência, Iannone virou em 1min46s077 e saltou para o segundo posto, 0s423 atrás de Lorenzo, que tinha baixado sua marca para 1min45s654.
 
Passados os primeiros 15 minutos de treino, os pilotos partiram em massa para os boxes. Lorenzo tinha a liderança, agora com Bradley Smith aparecendo em segundo. Iannone era o terceiro, com Rossi, Márquez, Dovizioso, Crutchlow, Aleix e Pol Espargaró e Dani Pedrosa completando o top-10.
Depois de alguns minutos nos boxes da Yamaha, Rossi voltou para a pista e saltou direto para o terceiro posto, 0s397 atrás de Lorenzo. O italiano registrou o melhor tempo nas duas primeiras parciais.
 
Com 1min45s896, Pedrosa rompeu o domínio da Yamaha no top-3 e assumiu a segunda colocação, 0s242 mais lento que Lorenzo. Smith era o terceiro, com Rossi e Iannone fechando o top-5.
 
Assim que deixou os boxes, Lorenzo tentou baixar sua marca, mas perdeu tempo no último setor do circuito japonês e não conseguiu. Andrea Dovizioso, por outro lado, baixou para 1min45s947 e assumiu a quarta colocação.
 
Na sequência, Márquez virou 1min45s965 e assumiu o quinto posto, 0s311 atrás de Lorenzo. Rossi era o sexto.
 
Na ponta, Jorge conseguiu ser mais veloz e cravou sua décima volta em 1min45s455, abrindo 0s441 de margem para Pedrosa. Pouco depois, Rossi registrou 1min45s844 e saltou para a segunda colocação, 0s389 atrás do #99.
 
Com dois terços do treino completados, os pilotos partiram para os boxes pela última vez na sessão ainda sob a liderança de Lorenzo. 0s389 mais lento, Rossi vinha em segundo, com Pedrosa, Smith, Dovizioso, Márquez, Iannone, Pol Espargaró, Crutchlow e Aleix Espargaró completando o top-10.

Antes de parar, Jack Miller sofreu uma queda a curva 10 de Motegi. O piloto da LCR ainda tentou usar o cotovelo para evitar o tombo, mas o plano acabou não dando resultado.
 
Na sequência, Iannone passou em 1min45s827 e, 0s017 mais rápido que Rossi, tomou a segunda colocação o #46.
 
Com menos de 2 minutos para o fim da sessão, Stefan Bradl sofreu uma queda Ana curva 11, um ponto de brita bastante funda em Motegi. O germânico não se feriu, mas voltou para os boxes da Aprilia a pé.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando no Japão, ninguém conseguiu tirar Lorenzo do topo a tabela.

MotoGP, GP do Japão, Motegi, 1º Treino livre:

 
1
99
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
1:45.432
 
2
29
ANDREA IANNONE
ITA
 DUCATI
1:45.827
+0.395
3
46
VALENTINO ROSSI
ITA
YAMAHA
1:45.844
+0.412
4
38
BRADLEY SMITH
ING
TECH3 YAMAHA
1:45.888
+0.456
5
26
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
1:45.896
+0.464
6
4
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
1:45.947
+0.515
7
93
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
1:45.965
+0.533
8
41
ALEIX ESPARGARÓ
ESP
SUZUKI
1:46.234
+0.802
9
44
POL ESPARGARÓ
ESP
TECH3 YAMAHA
1:46.323
+0.891
10
6
STEFAN BRADL
ALE
APRILIA GRESINI
1:46.371
+0.939
11
35
CAL CRUTCHLOW
ING
LCR HONDA
1:46.551
+1.119
12
8
HECTOR BARBERÁ
ESP
AVINTIA DUCATI
1:46.699
+1.267
13
25
MAVERICK VIÑALES
ESP
SUZUKI
1:46.765
+1.333
14
68
YONNY HERNÁNDEZ
COL
PRAMAC DUCATI
1:47.073
+1.641
15
72
TAKUMI TAKAHASHI
JAP
HONDA
1:47.079
+1.647
16
45
SCOTT REDDING
ING
MARC VDS HONDA
1:47.171
+1.739
17
69
NICKY HAYDEN
EUA
ASPAR HONDA
1:47.181
+1.749
18
21
KATSUYUKI NAKASUGA
JAP
YAMAHA
1:47.184
+1.752
19
19
ÁLVARO BAUTISTA
ESP
APRILIA GRESINI
1:47.304
+1.872
20
9
DANILO PETRUCCI
ITA
PRAMAC DUCATI
1:47.364
+1.932
21
63
MIKE DI MEGLIO
FRA
AVINTIA DUCATI
1:47.503
+2.071
22
43
JACK MILLER
AUS
LCR HONDA
1:47.539
+2.107
23
24
TONI ELÍAS
ESP
FORWARD YAMAHA
1:47.626
+2.194
24
76
LORIS BAZ
FRA
FORWARD YAMAHA
1:48.083
+2.651
25
50
EUGENE LAVERTY
IRN
ASPAR HONDA
1:48.625
+3.193
26
15
ALEX DE ANGELIS
RSM
IODA ART
1:49.277
+3.845
27
64
KOUSUKE AKIOSHI
JAP
AB HONDA
1:49.846
+4.414
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
1:45.350
164.0 km/h
MELHOR VOLTA
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
1:44.502
165.3 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 22ºC | pista: 34ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube