MotoGP

Lorenzo se diz “decepcionado” com punição a Rossi e vê popularidade como razão para pena branda

Jorge Lorenzo afirmou que Valentino Rossi não foi punido com a severidade que merecia pelo toque em Marc Márquez na Malásia porque é “importante para o campeonato”. O vice-líder da MotoGP se disse decepcionado

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
A cobertura completa do GP da Malásia no GRANDE PRÊMIO

O terceiro interessado na confusão entre Valentino Rossi e Marc Márquez não ficou nada satisfeito com a decisão tomada pelos comissários do GP da Malásia: para Jorge Lorenzo, Rossi deveria ser punido com muito mais severidade.

Na sétima volta, Rossi e Márquez se tocaram enquanto o espanhol tentava uma ultrapassagem para assumir a terceira posição, e um movimento de perna do multicampeão foi o bastante para que ele fosse considerado culpado. No entanto, Vale não perdeu os pontos deste domingo (25): na verdade, recebeu três pontos na carteira que vão colocá-lo na última posição do grid na corrida decisiva, em Valência, daqui a duas semanas.

A questão chave para Lorenzo, que foi segundo na prova, é que o rival e companheiro de Yamaha deveria ter perdido os pontos de Sepang. Com a manutenção do resultado da penúltima etapa, o #99 se vê na vice-liderança com sete pontos a menos.
Jorge Lorenzo (Foto: Yamaha)
"Para ser honesto, eu não acho que esta seja uma boa decisão. Ele tira o Marc, que cai e sai sem nenhum ponto, mas mantém os seus 16 pontos. É inacreditável. Quando eu vi, não pude acreditar. Nunca na vida que me passou pela cabeça fazer algo assim", disparou o bicampeão.

"O Valentino, no mínimo, deveria ter saído com os mesmos pontos que o Marc: sem esta atitude, o Marc não teria caído e provavelmente terminaria em terceiro ou quarto. Ele não terminou a corrida, sai daqui sem pontos. Valentino deveria ter o mesmo", reclamou.

"Outros pilotos são punidos de forma mais dura por serem mais agressivos do que isso. Mas o nome dele é importante para o campeonato, então não tiram pontos dele. Ele vai largar em último, mas não é justo", frisou.

Após a divulgação da decisão da direção de prova, Lorenzo e Dani Pedrosa estiveram na coletiva de imprensa oficial e foram questionados de diversas formas sobre o incidente. No final, Jorge reforçou sua decepção com a pena.
 
“Eu acho que se outro piloto tivesse feito exatamente a mesma manobra que Valentino fez hoje, ele teria sido muito mais penalizado. Tenho certeza”, disse Lorenzo. “Ou talvez eles não possam fazer isso por causa da decisão [do campeonato]. Mas se outro piloto fizesse o que Valentino fez hoje, ele no mínimo receberia um ride-through, uma bandeira preta, uma corrida de penalização”, avaliou.
 
“Mas isso não aconteceu e eu estou decepcionado. Muito decepcionado”, completou.