Lorenzo sofre novo acidente durante teste em Barcelona, e moto voa por cima de barreira de proteção

A fase de Jorge Lorenzo não é das melhores: depois do acidente de 'boliche' no GP da Catalunha, no último domingo (16), quando derrubou de uma vez só Andrea Dovizioso, Valentino Rossi e Maverick Viñales, na segunda-feira foi a vez dele cair sozinho durante os testes coletivos na Espanha

No último domingo (16), Jorge Lorenzo derrubou, em uma 'tacada' só, Andrea Dovizioso, Valentino Rossi e Maverick Viñales, tirando o trio (e a si próprio) do GP da Catalunha. Mas não há fase que não possa piorar.

A segunda-feira recebeu os testes coletivos da MotoGP na mesma Barcelona – e, mais uma vez, Lorenzo se acidentou. Desta vez, sozinho.

Em passagem pelas curvas 7 e 8, ele perdeu o control de sua Honda e caiu. A moto, porém, seguiu viajando e voou até parar em cima das barreiras de proteção do circuito.

A Honda de Jorge Lorenzo após o acidente (Foto: David Goldman)
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

Lorenzo foi levado à clínica do autódromo, mas não teve lesões diagnosticadas. "Estou com muita dor, muita dor, especialmente nas minhas costas, mas também no meu cotovelo e em alguns dedos que lesionei em Aragon ano passado", disse ele.

"Foi uma batida forte. Perdi a frente da moto em alta velocidade, e quando isso acontece você vai parar na brita rapidamente.A área de escape ali é pequena e nem a brita parou meu corpo e atingi a barreira. Fiquei assustado, senti alguma dor, mas por milagre não há lesões", completou o espanhol.

Ele ainda voltaria à pista e terminaria o dia de testes, liderado por Viñales, em 17°.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube