Marini vê Honda como “equipe ideal” para carreira: “É como jogar no Real Madrid”

Depois de sair da VR46, Luca Marini optou por correr pela equipe de fábrica da Honda na temporada 2024 da MotoGP. O italiano disse que buscou conselhos do irmão Valentino Rossi antes da mudança

Luca Marini está apostando em uma grande mudança na carreira para a temporada 2024 da MotoGP. Depois de anos correndo com motos da Ducati, pela VR46, o italiano está a caminho da Honda para seu primeiro certame com a montadora japonesa.

A decisão de mudança chamou a atenção de todos nos bastidores do Mundial de Motovelocidade. Marini corria na VR46 com uma moto Ducati que brigava por vitórias e pódios em quase todas as etapas, mesmo com a versão menos atualizada, e foi para equipe de fábrica da Honda — que amarga dois anos completos de jejum.

Em entrevista ao podcast Por Orejas, Marini contou que o irmão Valentino Rossi, ex-piloto da Honda no início do século, foi quem o incentivou a considerar uma mudança dentro do grid da classe rainha do Mundial de Motovelocidade.

“A primeira pessoa que falei foi meu irmão. Porque ele é o dono da equipe e também porque é uma pessoa muito inteligente, com muita experiência. Expliquei a ele o que sentia, o que pensava e que poderia ser uma boa oportunidade para minha carreira”, disse o italiano.

Luca Marini andou com a Honda pela primeira vez em teste (Foto: Honda)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Acho que sou o piloto ideal para a Honda neste momento e acho que, para mim, é a equipe ideal porque é um sonho. É como jogar no Real Madrid ou no Barcelona. Acho que vamos apenas evoluir, mas precisamos ser pacientes e ter um tempo”, finalizou Marini.

Honda apresenta as RC213V de Luca Marini Joan Mir no dia 13 de fevereiro. Será a primeira vez de 2013 que a equipe japonesa estará desfalcada de Márquez.

MotoGP volta a acelerar entre 6 e 8 de fevereiro de 2024, com os testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

LEIA TAMBÉM
📌 Pequena Gresini se posiciona entre gigantes, mas com missão árdua na MotoGP 2024
📌 Marini assume batata quente, mas acerta em se descolar do irmão e encarar Honda
📌 Bastianini assume responsabilidades, mas sabe: é tudo ou nada na MotoGP 2024
📌 Acosta chega como novo Márquez na MotoGP: é justo com ele?

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.