MotoGP

Lüthi supera Márquez e dispara para vencer GP das Américas de Moto2. Baldassarri cai na primeira volta

Tom Lüthi tirou Álex Márquez do caminho ainda na primeira parte da corrida e disparou na ponta para vencer pela 12ª vez na Moto2. Marcel Schrotter fez a dobradinha da IntactGP, com Jorge Navarro completando o pódio. Líder do Mundial, Lorenzo Baldassarri abandonou ainda na primeira volta após um toque com Jorge Martín

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Tom Lüthi fez as pazes com a vitória. Depois de uma passagem bastante negativa pela MotoGP, o suíço aproveitou o reencontro com a Moto2 para voltar ao topo do pódio neste domingo (14) com uma atuação de gala no GP das Américas.
 
A corrida em Austin começou bastante agitada, com quedas de Joe Roberts, Xavi Vierge e Fabio Di Giannantonio ainda na primeira curva. Metros depois, na curva dez, Lorenzo Baldassarri acabou acertando a traseira de Jorge Martín após uma balançada do espanhol e se despediu mais cedo da corrida.
 
Dono da pole, Marcel Schrotter manteve a liderança na saída, mas logo foi superado por Álex Márquez, com Lüthi assumindo a caçada ao espanhol. Na oitava das 18 voltas da corrida, a disputa esquentou entre os dois ponteiros e, depois de uma defesa bem sucedida do irmão de Marc, o suíço conseguiu passar na freada para tomar a liderança.
 
Uma vez na ponta, Tom escapou da concorrência e passou a abrir mais e mais vantagem em relação ao pelotão para confirmar sua 12ª vitória na Moto2.
Tom Lüthi venceu na Moto2 em Austin (Foto: IntactGP)
Confira a classificação do Mundial de Moto2 após o GP das Américas

Schrotter, então, precisou superar Márquez, que depois se viu alvo de Jorge Navarro e de uma série de outros pilotos. Nas voltas finais, o #9 conseguiu se isolar no último degrau do top-3, deixando os demais para disputar a quarta colocação.

Ao fim das 18 voltas da corrida, Schrotter recebeu a bandeirada com 2s532 de atraso para o companheiro de IntactGP, com Jorge Navarro colocando a Speed Up no terceiro posto.
 
O destaque, no entanto, fica para Mattia Pasini. Sem vaga em 2019, o italiano correu em Austin na vaga do lesionado Augusto Fernández e, apesar de jamais ter testado o motor Triumph, casou bem com o equipamento da Pons para ficar com a quarta colocação.
 
Márquez ficou com o quinto posto, 0s290 à frente de Luca Marini, o sexto. Sam Lowes aparece na sequência, escoltado por Simoni Corsi e Enea Bastianini. Andrea Locatelli completa a lista dos dez melhores.

Com o desfecho desta terceira etapa da temporada, Baldassarri segue na liderança da Moto2, mas agora com apenas três pontos de frente para Schrotter. Lüthi avançou para o terceiro posto, com Remy Gardner e Márquez completando o top-5.
 
 
Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #14: O melhor piloto de MotoGP de todos os tempos



 Ouça no Spotify
 Ouça no iTunes
 Ouça no Android
 Ouça no playerFM

Saiba como foi o GP da Américas de Moto2:
 
Com o sol brilhando no céu de Austin, a Moto2 encontrou boas condições para a corrida desde domingo. Na hora da largada, os termômetros marcavam 17°C, com o asfalto chegando a 31°C.
 
Pela segunda vez na carreira, Marcel Schrotter tinha a pole-position, à frente de Álex Márquez, que volta ao top-3 do grid pela primeira vez desde a pole na Malásia no ano passado. Sam Lowes aparece em terceiro.
 
Tom Lüthi abre a segunda fila do grid, escoltado por Brad Binder, o primeiro não-Kalex no grid norte-americano. Jorge Navarro é o sexto. Líder do Mundial, Lorenzo Baldassarri ficou apenas como 15º posto, seu pior grid desde o 17º lugar de Austin no ano passado.
Assim como fez no Catar e na Argentina, a Dunlop levou para o Texas os pneus dianteiros 1 e 2 e os traseiros S1 e 3.
 
Bandeira verde em Austin e luzes apagadas indicavam a largada da corrida da Moto2. Schrotter conseguiu manter a ponta, mas um erro o fez perder a primeira colocação para Álex Márquez e a segunda para Lüthi.
Enquanto isso, mais para trás do pelotão, foi registrado um acidente envolvendo três pilotos, que eram Vierge, Di Giannantonio e Roberts. Algumas curvas para frente, foi a vez de Lorenzo Baldassarri, líder do campeonato, ir ao chão.
No fechamento da primeira volta, o espanhol ponteiro tinha que segurar as constantes investidas do suíço, que chegou a colocar lado a lado, mas não consumou a ultrapassagem. Schrotter, Martín e Lowes completavam o top-5. 
 
Com 16 voltas para o fim, o #12 conseguiu dar o bote em cima do #73. Entretanto, Márquez não se deu por satisfeito, dando o troco em cima do adversário e reassumindo a ponta. Mas a briga estava animada, com o ponteiro precisando barrar o ímpeto do suíço.
 
No giro seguinte, Álex tentava abrir para Tom, mas sem muito sucesso. Quem vinha atrás da dupla era Schrotter, com Lowes, Navarro, Marini, Corsi, Pasini, Lecuona e Locatelli completando os dez primeiros.
 
Com 11 voltas para a bandeira quadriculada, a briga pela primeira colocação voltou a apertar. Na curva 1, Lüthi deu o bote certeiro em cima de Álex. Entretanto, o espanhol deu o troco, chegando a tocar na moto do adversário. Mas isso não era o bastante, pois o suíço seguiu na investida, mas sem sucesso. Enquanto isso, Schrotter acompanhava de perto a batalha.
Até que, algumas curvas adiante, Thomas tentou novamente a assumir o primeiro posto. Em um ataque cirúrgico, o titular da Intact passou e ainda fechou a porta para o piloto da Marc VDS, deixando-o para trás.
 
Dois giros mais tarde, foi a vez de Schrotter se enroscar com Márquez. O alemão tentou tomar a segunda colocação do espanhol e, em um movimento bastante otimista, quase acabou caindo, seguindo em terceiro. Pouco depois, tentou mais uma vez, agora levando a melhor. Navarro e Lowes fechavam o top-5.

Com cinco voltas para o encerramento do GP das Américas, Lüthi era o primeiro, com Schrotter, Márquez, Navarro, Marini, Pasini, Lowes, Corsi, Bastianini e Lecuona cravando o top-10.
 
Com a aproximação do fim, a briga que começava a ganhar força era a da terceira colocação. Navarro começou a pressionar Márquez, investindo em cima do piloto. O #9 deu o primeiro bote em cima do #73, tendo sucesso, mas logo recebeu o troco e perdeu o posto. Jorge seguia tentando superar Álex, mas acabou cometendo um erro e deu abertura para Marini passá-lo.
 
O #10 então tentou terminar a missão que Navarro começou, mas quando os pilotos entraram na reta principal, Jorge nem se deu conta da presença de Luca, reassumindo a quarta colocação. Enquanto isso, na ponta, Lüthi acabou derrapando com força, mas conseguindo manter o equilíbrio.
 
A briga pelo terceiro posto seguia bastante animada. Marini e Navarro conseguiram dar o bote em Márquez, jogando o espanhol para quinto. Então, foi a vez do #9 superar Marini, trazendo o #73 juntos e colocando o italiano em quinto.
 
Só que a prova estava para lá de animada nos giros finais. De repente, Pasini também surgiu na disputa. Após grande troca de posições, a ordem ficou com Navarro em terceiro, seguido por Pasini, Marini e Márquez.

Com tudo terminado em Austin, Lüthi garantiu a vitória do GP das Américas, puxando a dobradinha da Intact com Schrotter em segundo. Navarro completou o pódio, com Pasini e Márquez fechando o top-5.

Moto2 2019, GP das Américas, Austin, Final:

1 T LÜTHI Intact Kalex 39:11.508 19 voltas
2 M SCHROTTER Intact Kalex +2.532  
3 J NAVARRO Speed UP +3.836  
4 M PASINI PONS Kalex +4.757  
5 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex +7+741  
6 L MARINI VR46 Kalex +8.031  
7 S LOWES Gresini Kalex +8.232  
8 S CORSI Tasca Kalex +8.953  
9 E BASTIANINI Italtrans Kalex +10.706  
10 A LOCATELLI Italtrans Kalex +16.868  
11 R GARDNER SAG Kalex +25.633  
12 T NAGASHIMA SAG Kalex +25.948  
13 B BENDSNEYDER RW NTS +26.997  
14 D AEGERTER Forward MV Agusta +27.462  
15 J MARTÍN Red Bull KTM Ajo +27.482  
16 J RAFFIN RW NTS +39.435  
17 K IDHAM PAWI SIC Kalex +49.582  
18 P OETTL Tech3 KTM +51.247  
19 L TULOVIC Kiefer KTM +51.380  
20 S CHANTRA Team Tady Kalex +53.778  
21 G RUIU Forward MV Agusta +1:19.156  
22 D PRATAMA Team Tady Kalex +1:19.286  
  I LECUONA American KTM NC  
  M BEZZECCHI Tech3 KTM NC  
  X CARDELUS ANGEL NIETO KTM NC  
  B BINDER Red Bull KTM Ajo NC  
  F DI GIANNANTONIO Speed UP NC  
  L BALDASSARRI PONS Kalex NC  
  X VIERGE Marc VDS Kalex NC  
  J ROBERTS American KTM NC  
         
VMR T LÜTHI Intact Kalex 2:10.041 152.6 km/h
REC F MORBIDELLI Marc VDS Kalex 2:09.948 152.7 km/h
MV A RINS Pons Kalex 2:08.850 154.0 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 17ºC | pista: 33ºC