Mais rápido entre pilotos de fábrica, Pedrosa alerta para falta acentuada de aderência da pista de Losail

Dani Pedrosa, o melhor entre os pilotos de fábrica nesta quinta-feira (20) no Catar, alertou para a falta de aderência da pista de Losail. O espanhol foi o sexto mais rápido. Marc Márquez ficou em 11º, mas se mostrou contente com o desempenho

 

Mais rápido entre os pilotos de fábrica no primeiro treino livre da MotoGP no Catar, Dani Pedrosa alertou para a acentuada falta de aderência da pista de Losail na noite desta quinta-feira (20). O espanhol completou a sessão apenas em sexto, com 1min56s336. A marca ainda foi 1s1 pior que a conquistada por Aleix Espargaró, o mais veloz do dia.

"Tivemos alguns problemas com a aderência hoje, que é algo que os pilotos que testaram aqui há duas semanas comentaram antes", disse o piloto da Honda. "Não há muita aderência, e isso significa que teremos de tirar o máximo possível da moto dentro dessas circunstâncias e ver se a pista melhora um pouco mais, proporcionando mais tração", explicou o catalão de 28 anos.

"Na verdade, não havia qualquer aderência, mesmo com o traçado em boas condições. Mas acho que teremos de esperar sessão a sessão", acrescentou.

Dani Pedrosa foi o sexto no primeiro treino da MotoGP em Losail (Foto: Honda)

Companheiro de Pedrosa na Honda, Marc Márquez viveu um primeiro treino mais discreto e também longe das primeiras posições da tabela de tempos. Mesmo assim, o atual campeão se mostrou contente com o desempenho apresentado em Losail.

Márquez, que ainda se recupera de fratura na perna direita, consequência de um acidente durante um treino em Barcelona, no mês passado, terminou o dia com a 11ª marca.

"Estou realmente muito feliz como a forma que foi essa primeira sessão, ainda mais porque fiquei longe da moto por um tempo", disse o jovem espanhol. "Não achei que o meu pé fosse incomodar tanto, especialmente nas curvas para a direita, apesar de que, no fim do treino, eu já me sentia bem melhor, e isso dá esperança para a segunda sessão, quando vamos seguir a mesma estratégia", completou.

Marc falou também da distância de tempos para os rivais. "Em termos de tempos de volta, não estamos muito longe de Jorge (Lorenzo), Valentino (Rossi) e Dani. E é normal que os pilotos que estiveram aqui antes, nos testes da semana passada, tenham um desempenho mais veloz", acrescentou.

Marc Márquez fechou o dia em 11º (Foto: Repsol)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube