Marc Márquez diz que “corpo pediu para tentar e parar”: “Vou dormir em paz”

Pelas redes sociais, o piloto da Honda se mostrou em paz com a tentativa de disputar o GP da Andaluzia mesmo apenas seis dias após quebrar o braço direito

Marc Márquez está em paz com a tentativa frustrada de disputar o GP da Andaluzia de MotoGP. O #93 encerrou a participação na segunda etapa da temporada 2020 da MotoGP após sentir que não tinha força no braço logo no início do Q1 da tarde deste sábado (25).

O hexacampeão da MotoGP quebrou o braço direito em um forte acidente no GP da Espanha de domingo passado. Operado em Barcelona na última terça-feira, Marc conseguiu a liberação dos médicos para correr na segunda etapa da temporada 2020 da MotoGP. O #93 pulou as atividades de sexta-feira e entrou na pista apenas nesta manhã, quando fechou o TL3 com o 19º tempo.

Márquez foi submetido a uma nova avaliação médica, foi considerado apto para correr e voltou à pista no TL4. Tão logo o cronômetro foi acionado no Q1, Marc deixou os boxes, mas voltou imediatamente. Pouco depois, a Honda anunciou que era o fim da linha para o piloto em Jerez.

Pelas redes sociais, Marc agradeceu as mensagens de apoio e deixou claro que não se arrepende de ter tentado.

“Sempre tento ouvir o meu corpo, seguir o meu instinto e lutar pela minha paixão. Meu corpo me pediu para tentar e meu corpo me pediu para parar”, escreveu o espanhol. “Hoje eu vou poder dormir em paz sabendo que tentei. Obrigado pelas mensagens de apoio. Nós vamos voltar”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Andaluzia, terceira etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube