Marini domina classificação e garante pole-position do GP da Catalunha da Moto2

O italiano anotou o tempo de 1min43s355 ainda no início do Q2 para conseguir a pole pela terceira vez em 2020. Jorge Navarro e Sam Lowes completam primeira fila

Luca Marini foi o grande nome a ser batido na classificação da Moto2. Neste sábado (26), o italiano da VR46 tratou de anotar 1min43s355 para ficar com a pole-position do GP da Catalunha, a terceira consecutiva em 2020.

O competidor assumiu a primeira colocação ainda nos minutos iniciais e dali não saiu até a bandeira quadriculada. Jorge Navarro, que teve de passar pelo Q1 antes de avançar para a fase final, ficou com a segunda posição. Sam Lowes fechou a primeira fila de largada.

Luca Marini, Moto2 2020, Misano
Luca Marini conseguiu terceira pole em 2020 (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Fabio Di Giannantonio alinhou na quarta posição do grid, enquanto Jake Dixon, que também passou na primeira fase da classificação, ficou em quinto. Marco Bezzecchi, Joe Roberts, Marco Ramírez, Xavi Vierge e Enea Bastianini completaram o top-10.

Remy Gardner conseguiu anotar a décima melhor marca da tomada de tempos, mas por conta de uma punição, perdeu seis postos do grid. Portanto, larga apenas em 16º.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Catalunha, nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Roberts domina Q1 e garante vaga para segunda fase; Dixon, Navarro e Bulega acompanham

Quando o primeiro grupo da Moto2 foi para a pista, o sol brilhava forte e a temperatura estava em 22ºC, com o asfalto marcando 36ºC. O vento ainda soprava, mas havia diminuído em Barcelona – estava a 8 km/h.

Nas primeiras voltas completadas em Montmeló, Joe Roberts foi o primeiro a se colocar na primeira colocação, seguido por Hafizh Syahrin, Lorenzo Baldassarri e Hector Garzó. O quarteto era quem garantia o avanço momentâneo ao Q2.

A medida que o tempo corria, as posições na tabela foram alteradas. O norte-americano seguia na ponta, mas agora eram Jorge Navarro, Jake Dixon e Arón Canet quem o acompanhavam. O tempo a ser batido para entrar no top-4 era de 1min44s113.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Barcelona, as três primeiras posições se mantiveram entre os mesmos pilotos. A única mudança foi a entrada de Niccolo Bulega, que se colocou no quarto posto e assegurou vaga ao Q2.

Marini domina Q2 e garante terceira pole-position da temporada

Como manda o protocolo das classificações, os quatro mais rápidos do Q1 se juntaram aos 14 pilotos para dar início a fase final da classificação. Quem abriu a tabela de tempos como o mais veloz foi Luca Marini ao anotar 1min43s603.

O líder da classificação do campeonato seguia baixando sua marca. No quarto giro de quatro feitos, baixou o antigo tempo para 1min43s355. O italiano da VR46 era 0s181 mais veloz que Navarro, o segundo colocado. Dixon completava a primeira fila provisória.

O piloto da VR46 vinha em desempenho absoluto em Montmeló, com nenhum piloto fazendo frente ao italiano. Entre os primeiros colocados, a única mudança visível foi Sam Lowes virando tempo suficiente para se colocar em terceiro.

Com a bandeira quadriculada, Marini conseguiu sua terceira pole-position de 2020. Navarro larga em segundo, com Lowes completando o top-3. Fabio Di Giannantonio e Dixon, que passou pelo Q1, fecham os cinco primeiros.

LEIA TAMBÉM
+ Rossi assina contrato de um ano com Yamaha e corre pela SRT na temporada 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube