Marini escapa na ponta e vence GP da Espanha com folga na Moto2

Luca Marini tomou a ponta ainda no início da corrida deste domingo (19) na Moto2 e tratou de abrir vantagem para ficar com o topo do pódio em Jerez de la Frontera. Tetsuta Nagashima ficou com o segundo posto, com Jorge Martín completando o pódio

Luca Marini espantou os fantasmas do abandono no GP do Catar com uma vitória dominante no GP da Espanha deste domingo (19). O piloto da VR46 tratou de impor um ritmo forte para vencer pela quarta vez na carreira no Mundial de Motovelocidade, desta vez à frente de Tetsuta Nagashima e Jorge Martín.

Proprietário da pole-position, Martín saiu bem e manteve a ponta, mas logo foi superado por Marini, que tomou o comando e tratou de abrir vantagem.

Luca Marini é irmão de Valentino Rossi por parte de mãe (Foto: VR46)

Líder do Mundial desde o triunfo em Losail, o #45 ainda tentou acompanhar o ritmo de Marini, mas a diferença foi se mantendo na casa de 1s2. Com sete voltas para o fim, Tetsuta deu uma escorregada e viu a margem de Luca subir para 1s4, mas o japonês se recompôs rápido e voltou a reduzir a distância.

6s200 atrás do irmão de Valentino Rossi, Sam Lowes ficou com o quarto posto, à frente de Arón Canet e Hafizh Syahrin, que deu um passo e tanto em relação ao 19º lugar do GP do Catar.

Remy Gardner recebeu a bandeirada em sétimo, seguido por Lorenzo Baldassarri e Enea Bastianini. Xavi Vierge fecha um top-10 separado por 19s590.

Paddockast #70 | O QUE ESPERAR DA MOTOGP 2020?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Saiba como foi o GP da Espanha de Moto2:

O italiano da VR46, porém, não facilitou e tratou de manter uma diferença estável até receber a bandeirada após 23 voltas com 1s271 de vantagem para Nagashima. Martín fecha o pódio espanhol.

O grid do circuito de Jerez de La Frontera já estava tomado pela Moto2. Na corrida, a temperatura atingia quentes 30ºC com céu limpo, enquanto o asfalto chegava a 47ºC. O vento soprava a 2 km/h.

Na pole-position, Jorge Martín. Estreante na classe intermediária, era a primeira posição de honra do grid. Jorge Navarro e Sam Lowes completaram a primeira fila de saída. Luca Marini, Marco Bezzecchi e Aron Canet apareciam na sequência.

Luzes apagadas e saída tranquila para o piloto da KTM Ajo, que manteve a primeira posição. Já Navarro não teve tanta sorte, indo ao chão ainda nos primeiros metros da corrida. Canet e Marini apareciam na sequência.

Sem respeitar o distanciamento social, a briga pela quarta colocação esquentava. Testuta Nagashima, atual líder da classificação, precisava lidar com a pressão de Lowes e Bezzecchi, que estavam na cola do japonês e chegaram a tocar motos.

No final do primeiro giro, Martín abriu 0s188 de respiro para o agora segundo colocado Luca. Canet sugiu em terceiro, com Nagashima, Bezzecchi, Lowes, Marcel Schrötter, Remy Gardner, Xavi Vierge e Enea Bastianini fechando o top-10.

Neste primeiro momento de disputa, Thom Lüthi, Stefano Manzi e Augusto Fernández tinham melhor desempenho de largada. Enquanto os dois primeiros ganharam seis posições, o terceiro subiu cinco postos.

O #10 da VR46 conseguiu bater o espanhol da KTM Ajo para se colocar em primeiro. O italiano virava ligeiramente mais rápido que o adversário a cada setor, abrindo 0s337 no giro seguinte. Pouco depois, foi a vez de Tetsuta bater Jorge e ficar em segundo.

O primeiro escalão do pelotão contava com cinco nomes disputando posições: Marini, Nagashima, Martín, Canet e Bezzecchi. O quinteto estava 1s028 distante do restante dos demais pilotos.

Na volta 17, Marini anotou 1min42s172, anotando o melhor giro da prova. Entretanto, Nagashima cravou 1min42s076 na volta seguinte e superou o italiano.

Enquanto isso, Chantra e Marco Ramírez se envolveram em um acidente. A dupla se tocou e caiu na curva 6, abandonando a prova. Quem também teve golpe de azar foi Bezzecchi: quando era o terceiro, teve queda violenta na curva 10.

A temperatura do asfalto aumentou durante a corrida, batendo incríveis 60ºC com 13 voltas para o fim. Isso tornava a pista escorregadia e aumentava os riscos de quedas.

Neste ponto, Marini apenas controlava o ritmo para escapar na primeira colocação. O piloto da VR46 estava com vantagem de 1s040 para o japonês da KTM Ajo. Martín estava em terceiro separado por 2s260 da dupla.

Dos quatro setores do circuito de Jerez, Nagashima conseguiu diminuir a distância para o ponteiro no segundo e no quarto, limando 0s132 no final do nono giro.

Marini vinha para reverter a situação negativa da primeira etapa de 2020. No Catar, o italiano sofreu forte queda e acabou zerado na corrida, deixando caminho livre para Tetsuta conseguir a primeira vitória do ano.

Forçando a moto #45 da KTM Ajo, o segundo colocado viveu breve momento de tensão. O motivo é que na curva 6, balançou com violência, mas conseguindo controlar. Isso permitiu para o #10 abrir para 1s399.

Nagashima insistia em apertar o ritmo para alcançar Marini, mas a diferença entre os competidores apenas crescia. Três voltas para o final e o italiano estava 1s538 à frente do japonês. Enquanto isso, Martín estava 4s490 atrás da dupla. Lowes e Canet completavam a corrida.

A curva 9 fez uma vítima nos últimos giros da corrida. Thomas Lüthi acabou no chão e não viu a bandeira quadriculada.

Fim de corrida e Marini venceu de forma dominante na Espanha. Nagashima cruzou a linha de chegada em segundo, com Martín fechando o pódio do dia. Lowes e Canet completaram os cinco primeiros.

Moto2 2020, GP da Espanha, Jerez, corrida

1L MARINIVR46 Kalex 23 voltas
2T NAGASHIMARed Bull KTM Ajo+1.271 
3J MARTÍNRed Bull KTM Ajo+4.838 
4S LOWESMarc VDS Kalex+6.200 
5A CANETAspar Speed UP+10.794 
6H SYAHRINAspar Speed UP+15.578 
7R GARDNERSAG Kalex+17.426 
8L BALDASSARRIFlexbox HP 40 Kalex+19.416 
9E BASTIANINIItaltrans Kalex+19.505 
10X VIERGEPetronas SRT Kalex+19.590 
11S MANZIForward MV Agusta+21.260 
12GARZÓFlexbox HP 40 Kalex+21.405 
13A FERNÁNDEZMarc VDS Kalex+24.550 
14N BULEGAGresini Kalex+26.232 
15S CORSIForward MV Agusta+27.303 
16E PONSGresini Kalex+32.566 
17J ROBERTSTennor American Kalex+33.951 
18J DIXONPetronas SRT Kalex+36.432 
19L DALLA PORTAIntaltrans Kalex+43.699 
20A IZDIHARTeam Asia KTM+43.889 
21J RAFFINRW NTS+1:02.884 
22K DANIELSAG Kalex+1:09.455 
23M RAMÍREZTennor American Kalex+1 volta 
 T LÜTHIIntact KalexNC 
 F DI GIANNANTONIOSpeed UPNC 
 M SCHROTTERIntact KalexNC 
 M BEZZECHIVR46 KalexNC 
 B BENDSNEYDERRW NTSNC 
 S CHANTRATeam Asia KTMNC 
 J NAVARROSpeed UPNC 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube