Márquez alega ter dado espaço a Rossi e afirma: “Não entendi o que ele quis ali”

Marc Márquez se defendeu do enrosco com Valentino Rossi no final da classificação em Misano e garantiu que fez o que era possível para se manter longe do rival

A rivalidade entre duas das maiores lendas da história do esporte a motor parece ter sido reavivada neste sábado (14). No final da classificação do GP de San Marino, Marc Márquez e Valentino Rossi se encontraram algumas vezes na pista na mesma volta, o que acabou em uma quase colisão e, claro, a perda de ritmo de ambos. Márquez, que abriu a volta atrás, se defendeu dizendo que não tentou pegar carona no giro de Rossi, mas, sim, que foi atrapalhado pelo italiano, que estava muito lento.
 
O espanhol afirmou que não entendeu o movimento de Rossi, assim como o jeito que o veterano se colocou na pista. Márquez ainda garantiu que não passou Valentino no giro anterior pela ordem de classificação na tabela dos tempos naquele momento.
 
"Eu não entendi o que aconteceu porque esse tipo de ultrapassagem em classificação fica meio estranho. Não sei qual foi a intenção dele, melhor perguntar a ele. De qualquer jeito, serei claro porque já estão dizendo que eu segui de novo o Valentino e não foi isso. Saí dos boxes e eu conferi, estava completamente sozinho. Aí, quando eu cheguei na reta, Valentino estava esperando ou então muito lento e eu só parei atrás dele porque estava na frente dele nos tempos e não queria forçar até minha última volta", disse.
Marc Márquez se defendeu na treta com Valentino Rossi (Foto: Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

Só que, segundo Marc, deixar a distância para Vale não foi suficiente e o italiano atrapalhou estando lento de novo na volta seguinte. O piloto da Honda falou ainda do momento em que as motos se tocam de leve e explicou que Rossi acelerou do nada, já com volta cancelada e que passou em uma velocidade muito acima do normal para uma curva.

 
"Nós abrimos a última volta, deixei uma diferença entre nós e aí escapamos na curva 6, ele tocou a faixa verde, então teve a volta cancelada. Eu estava rápido, mas não muito rápido. Tive a chance de ultrapassar na reta. Ok, eu realmente excedi os limites da pista ali, mas só fui descobrir pela TV, na moto não dá para ver bem isso. Segui acelerando, mas chegamos na curva 14 e, do nada, vi uma moto vindo muito rápida por dentro em uma velocidade em que não se faz curva. Sorte a minha que evitei o contato, tive boa reação e aí minha segunda reação, para deixar claro, não foi pedir desculpas, mas entender o que estava rolando, eu realmente não entendi. De toda forma, o melhor para mim era mesmo evitar a batida", completou.
 
Com a confusão no final, Márquez vai largar apenas de quinto e Rossi sairá somente do sétimo lugar, tendo sido o pior do quarteto da Yamaha na classificação.
 

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar