MotoGP

Márquez avalia escolha de pneus em Valência como “maior erro do ano”: “Pedi desculpas para a Honda”

Marc Márquez lamentou ter terminado a temporada 2018 no chão. Em Valência, acabou levando um tombo na sétima volta da corrida, chegando a pedir desculpas para a Honda pelo incidente e pela escolha equivocada de pneus
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Marc Márquez (Foto: Divulgação/MotoGP)
Marc Márquez terminou a temporada 2018 da MotoGP no chão. No GP da Comunidade Valenciana acabou sofrendo com o misto de condições complicadas e uma escolha errada de pneu e que lhe rendeu uma queda.
 
O titular da Honda já havia levado um tombo durante a classificação do sábado, o que lhe garantiu apenas a quinta colocação do grid de largada. No incidente, chegou até mesmo a deslocar o ombro.
 
Na prova, as condições estavam bastante difíceis. O espanhol foi ganhando terreno ao longo da disputa, mas a chuva apertava a medida que o tempo passava. Quando finalmente tentou avançar em cima de Andrea Dovizioso no sétimo giro, foi ao chão.
Marc Márquez (Foto: Divulgação/MotoGP)
“Cometi o maior erro da temporada ao escolher o pneu médio. Parou de chover um momento antes da corrida e decidi mudar e colocar o pneu médio traseiro de último momento. Tenho que aprender com isso. Já na largada vi que não estava bem”, explicou.
 
Marc foi o único piloto do grid que tomou a decisão do pneu médio, o que o fez lamentar ainda mais. “A primeira coisa que fiz quando cheguei ao box foi pedir desculpa para a equipe e a Honda. É verdade que sou o campeão, mas busco a perfeição”, apontou.
 
Com a queda, Márquez voltou a sentir seu ombro esquerdo. Pensando nisso, reconheceu que não vai poder dar 100% nos primeiros testes pré-temporada, que acontecem nesta semana. “Nos testes teremos que ser precisos, não dar muitas voltas, pois minha condição física não me permite”, encerrou.