MotoGP

Márquez deixa Lüthi para trás na Itália, dispara na ponta e vence a segunda seguida na Moto2. Baldassarri é 4º

Na nona das 21 voltas da corrida deste domingo (2), Álex Márquez tomou a ponta em Mugello para disparar na ponta e vencer pela segunda vez na temporada 2019 da Moto2. 1s928 atrás, Luca Marini ficou em segundo, com Tom Lüthi fechando o top-3

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Nada como a confiança para devolver Álex Márquez à briga na Moto2. Vindo de vitória no GP da França, o #73 deixou Tom Lüthi para trás na nona das 21 voltas da corrida e disparou na ponta para alcançar seu segundo triunfo na temporada 2019.
 
Depois de ser destronado por Marcel Schrötter na classificação, Lüthi não titubeou e tomou a ponta do companheiro de IntactGP logo na largada. Os dois, no entanto, seguiram grudadinhos, com Márquez vindo bem perto atrás, assim como Luca Marini e Jorge Navarro. 
 
Na sexta volta, Márquez passou Schrötter, que, na sequência, também foi superado por Marini. O piloto da IntactGP ainda deu o troco, mas o #10 conseguiu manter a posição.
Álex Márquez (Foto: Reprodução)
Na abertura do nono giro, Márquez grudou em Lüthi na reta e tomou a liderança na curva 2, a Luco. O #73, então, passou a imprimir um ritmo forte e logo se afastou de Tom, abrindo uma margem de 0s7. 
 
Enquanto Álex se afastava mais e mais, Lüthi virou presa de Marini, que assumiu o segundo posto com nove voltas para o fim. Apesar de ainda ter algum tempo pela frente, o piloto da VR46 pouco pôde fazer e manteve o segundo posto para receber a bandeirada com 1s928 de atraso para o rival da Marc VDS.
 
Lüthi, por sua vez, não conseguiu manter a pressão em Marini e ainda virou alvo de Lorenzo Baldassarri, que vinha em prova de recuperação depois de largar apenas em 15º. O líder do Mundial, porém, acabou perdendo contato nas voltas finais e teve de se conformar com o quarto posto.

Companheiro de Balda na Pons, Augusto Fernández ficou com o quinto posto, só 0s012 à frente de Enea Bastianini, o sexto. Jorge Navarro recebeu a bandeirada em sétimo, com Schrötter, que ainda se recupera de fraturas no pé, despencando pata o oitavo posto.
 
Já 11s466 atrás de Márquez, Sam Lowes recebeu a bandeirada em nono, com Fabio Di Giannantonio fechando o rol dos dez melhores à frente de Mattia Pasini. 

Com o resultado na Toscana, Baldassarri agora tem apenas dois pontos de vantagem para Márquez na liderança da Moto2. Lüthi caiu para terceiro, à frente de Navarro, Schrötter e Marini.

Paddockast #20
Punições tardias, circuitos chatos... O que tem de acabar no esporte a motor?



Saiba como foi o GP da Itália de Moto2:
 
Assim como aconteceu ao longo de todo o fim de semana, o domingo amanheceu com sol e tempo firme em Mugello. Antes da largada da classe intermediária, os termômetros mediam 27°C, com o asfalto chegando aos 43°C. A velocidade do vento estava em 3 km/h.
 
Pela terceira vez na carreira, Marcel Schrötter tinha a pole-position, à frente de Tom Lüthi. Álex Márquez vinha na sequência, com Nicolò Bulega abrindo a fila seguinte ao lado de Jorge Navarro e Luca Marini. Líder da Moto2, Lorenzo Baldassarri vinha apenas em 15º.
 
Com a largada autorizada no circuito italiano, Lüthi conseguiu dar o bote em cima de Schrötter para assumir a primeira colocação do pelotão. Quem vinha na terceira colocação era Márquez. Enquanto isso, Lecuona protagonizou a primeira queda da prova na curva 3.
No encerramento do primeiro giro, o suíço sustentava uma vantagem de 0s212 para Marcel. Enquanto isso, o #73 estava 0s642 atrás da dupla da ponta. Marini e Navarro completavam o top-5 daquele momento.
 
Com 18 giros para a bandeira quadriculada, Schrötter tentou se aproveitar do vácuo de seu companheiro para tentar superá-lo, mas sem sucesso. A diferença entre eles era de apenas 0s091.
 
A ordem da tabela era Lüthi, Schrötter, Márquez, Marini, Navarro, Sam Lowes, Bastianini, Corsi, Baldassarri e Bulega.
 
Então, com cinco voltas completadas na corrida, Álex enfim conseguiu dar o bote em cima do #23 para assumir a segunda colocação. Aproveitando o movimento, Marini também atacou Marcel, ultrapassando-o, mas logo recebendo o troco. Pouco depois, o #10 reassumiu o terceiro posto.
 
Uma animada briga pela primeira colocação tomou conta de Mugello. Márquez esperou o momento certo para dar a investida em cima de Lüthi, assumindo a liderança. O suíço tentou atacar o espanhol, mas sem sucesso. Mais para trás, Bulega e Corsi iam ao chão em incidentes separados.
Quem vinha fazendo uma grande corrida de recuperação era Baldassarri. Depois de largar apenas da 15ª colocação do grid, o piloto vinha escalando posição a posição, aparecendo em sétimo com 12 voltas para o fim.
 
Márquez já sustentava uma vantahem de 0s976 na primeira colocação. Lüthi era o segundo, com Marini, Navarro, Schrötter, Baldassarri, Fernández, Bastianini, Lowes e Pasini completando os dez primeiros.
 
A corrida caminhava para suas últimas cinco voltas e o titular da Estrella Galicia se aproximava se mais uma vitória na temporada. Marini era o segundo, com Lüthi completando o pódio. Baldassarri e Navarro fechavam o top-5.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Mugello, Márquez trouxe mais uma vitória para casa. Quem chegou em segundo foi Marini, com Lüthi, Baldassarri e Fernández completando os cinco primeiros da corrida.

Moto2 2019, GP da Itália, Mugello, Final:

1 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex 39:31.262 21 voltas
2 L MARINI VR46 Kalex +1.928  
3 T LÜTHI Intact Kalex +2.242  
4 L BALDASSARRI PONS Kalex +3.653  
5 A FERNÁNDEZ PONS Kalex +3.973  
6 E BASTIANINI Italtrans Kalex +3.985  
7 J NAVARRO Speed UP +4.986  
8 M SCHROTTER Intact Kalex +6.215  
9 S LOWES Gresini Kalex +11.466  
10 F DI GIANNANTONIO Speed UP +13.050  
11 M PASINI SIC Kalex +13.934  
12 X VIERGE Marc VDS Kalex +17.176  
13 R GARDNER SAG Kalex +19.894  
14 T NAGASHIMA SAG Kalex +20.055  
15 B BINDER Red Bull KTM Ajo +20.591  
16 J MARTÍN Red Bull KTM Ajo +20.672  
17 D AEGERTER Forward MV Agusta +24.081  
18 A LOCATELLI Italtrans Kalex +26.677  
19 B BENDSNEYDER RW NTS +36.831  
20 L TULOVIC Kiefer KTM +41.874  
21 P OETTL Tech3 KTM +44.611  
22 S ODENDAAL RW NTS +45.131  
23 M BEZZECCHI Tech3 KTM +45.136  
24 D PRATAMA Team Tady Kalex +1:01.819  
25 X CARDELUS Angel Nieto KTM +1:40.942  
  J ROBERTS American KTM NC  
  J DIXON Angel Nieto KTM NC  
  S CORSI Tasca Kalex NC  
  N BULEGA VR46 Kalex NC  
  S MANZI Forward MV Agusta NC  
  T NAGOE Team Tady Kalex NC  
  I LECUONA American KTM NC  
         
VMR A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex 1:51.881 168.7 km/h
REC T LÜTHI Interwetten Kalex 1:52.084 168.4 km/h
MV M SCHRÖTTER IntactGP Kalex 1:51.129 169.9 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 28ºC | pista: 46ºC




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.