Márquez desfila bom ritmo e segue na liderança no terceiro treino da MotoGP em Sachsenring. Rossi é terceiro

Marc Márquez voltou a exibir um ritmo forte e, com 1min21s083, garantiu a liderança na terceira sessão de treinos livres para o GP da Alemanha de MotoGP. 0s138 mais lento, Jorge Lorenzo aparece em segundo, à frente de Valentino Rossi

A cobertura completa do GP da Alemanha no GRANDE PRÊMIO

 Depois de ditar o ritmo nas duas primeiras sessões de treinos em Sachsenring, Marc Márquez voltou a exibir uma boa forma na manhã deste sábado (11). O espanhol dominou praticamente todo o terceiro treino livre, mas também teve perfeitas condições de reagir à aproximação dos rivais.
 
Apesar do crescimento da dupla da Yamaha nos minutos finais, Marc teve pista livre em seu último giro para cravar 1min21s083 e ficar com o topo da tabela de tempos. 0s138 mais lento, Jorge Lorenzo aparece em segundo.
Marc Márquez segue na liderança da MotoGP (Foto: AP)
Líder do Mundial, Valentino Rossi não tardou em melhorar a marca de sexta-feira, mas levou a sessão toda para aparecer na parte de cima da tabela. Com 1min21s274, o italiano ficou a 0s191 de Marc.
 
Já 0s479 mais lento que o líder, Andrea Dovizioso garantiu a quarta colocação, logo à frente de Bradley Smith. Dani Pedrosa surge para fechar o top-6.
 
Com seu melhor giro em 1min21s689, Aleix Espargaró garantiu a sétima posição, à frente de Cal Crutchlow, que sofreu uma queda em meados do treino.
 
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP em Sachsenring:
 
Com o sol brilhando no céu de Oberlungwitz, a temperatura subiu na manhã deste sábado. Na hora do treino da MotoGP, os termômetros marcavam 22°C, com o piso chegando aos 28°C. A velocidade dos ventos era de 2 km/h.
 
A sessão desta manhã começou com Marc Márquez na liderança do resultado combinado, 0s119 à frente de Bradley Smith. Andrea Iannone vinha na sequência, com Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa.
 
Ainda nos primeiros instantes da sessão, Aleix Espargaró sofreu uma queda na curva um, mas o acidente não teve maiores consequências.
 
Para a sessão desta manhã, a maioria dos pilotos seguiu trabalhando com o pneu assimétrico dianteiro, inclusive Pedrosa, que nunca tinha testado a borracha azul. Michael Laverty, por outro lado, vinha com a borracha macia, assim como Scott Redding, que continuou trabalhando com a borracha média.
 
Logo nos primeiros minutos, Valentino Rossi anotou 1min21s918 e melhorou sua marca combinada, assumindo o sexto posto, 0s297 atrás do líder.
Jorge Lorenzo ficou com a segunda marca nesta manhã (Foto: Yamaha)
Pouco depois, Márquez baixou para 1min21s619, mantendo a ponta. Pedrosa virou 0s063 mais lento e se instalou no segundo posto. Smith tinha o terceiro posto no resultado combinado, seguido por Iannone, Lorenzo, Rossi, Aleix, Crutchlow, Hernández e Redding.
 
Com pouco mais de dez minutos de sessão, os pilotos partiram para a primeira parada nos boxes. Assim como Mugello e Sepang, na pista de Sachsenring a aderência varia muito da manhã para tarde, com o agarre caindo após o almoço.
 
Nesta manhã, com a temperatura mais alta do que na manhã de sexta-feira, as condições já eram bem diferentes, permitindo que muitos pilotos melhorassem suas marcas logo nos primeiros minutos do treino. 
 
No retorno à pista, Scott Redding tinha a RC213V calçada com um pneu dianteiro duro, tentando buscar mais estabilidade na dianteira.
 
Oitavo colocado no resultado combinado, Cal Crutchlow sofreu uma queda sem consequências em meados da sessão. 
 
Enquanto alguns pilotos trabalhavam para melhorar suas marcas, outros já estavam parados nos boxes pela segunda vez. Restando mais de 15 minutos no cronômetro, Márquez, Pedrosa, Smith, Iannone, Lorenzo, Rossi, Aleix, Crutchlow, Hernández e Redding eram os pilotos com vaga garantida direto no Q2.
 
Depois de todos fazerem a segunda e última parada, a pista voltou a ganhar em agitação, com os pilotos empenhados em garantir o passe direto para a fase final da classificação. 
 
Antes de parar, aliás, Redding tinha baixado para 1min21s962 e saltado para o sétimo posto no resultado combinado dos treinos livres.
 
De volta à pista, Smith anotou 1min21s568 e tirou Márquez da liderança, abrindo 0s051 de margem para o espanhol. Pedrosa tinha a terceira marca.
Valentino Rossi defende a liderança do Mundial mais uma vez neste fim de semana (Foto: Yamaha)
Pouco depois, Pol Espargaró melhorou sua primeira. Primeiro, o #44 pulou para o 11º posto e, na sequência, para a sexta colocação, 0s320 atrás do companheiro de Tech3.
 
Com1min21s221, Lorenzo assumiu a ponta, seguido por Dovizioso, que virou 0s341 mais lento. Smith caiu para terceiro, à frente de Márquez, Pedrosa, Iannone, Crutchlow, Pol, Rossi e Redding.
 
Márquez reagiu, cravou 1min21s125 e recuperou a liderança, abrindo 0s096 de vantagem para Lorenzo. Mais atrás, Viñales virou 0s797 mis lento que o ponteiro e assumiu a décima colocação.
 
Aleix Espargaró, ainda com a moto reserva, anotou 1min21s689 e assumiu o sexto posto, caindo uma posição na sequência, com Rossi passando para assumir o terceiro posto, 0s149 atrás do líder.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando, ninguém conseguiu tirar Márquez do topo da tabela. Lorenzo e Rossi completam o top-3.
 
Andrea Iannone colocou a segunda Ducati na nona colocação, com Pol Espargaró aparecendo 0s805 mais lento que o líder para completar a lista dos dez melhores.
 

#GALERIA(5380)

MotoGP, GP da Alemanha, Sachsenring, 3º Treino Livre:

1 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:21.083  
2 99 JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:21.221 +0.138
3 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:21.274 +0.191
4 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:21.562 +0.479
5 38 BRADLEY SMITH ING TECH3 YAMAHA 1:21.568 +0.485
6 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:21.622 +0.539
7 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP SUZUKI 1:21.689 +0.606
8 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:21.766 +0.683
9 29 ANDREA IANNONE ITA  DUCATI 1:21.837 +0.754
10 44 POL ESPARGARÓ ESP TECH3 YAMAHA 1:21.888 +0.805
11 25 MAVERICK VIÑALES ESP SUZUKI 1:21.922 +0.839
12 45 SCOTT REDDING ING MARC VDS HONDA 1:21.962 +0.879
13 68 YONNY HERNÁNDEZ COL PRAMAC DUCATI 1:22.001 +0.918
14 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:22.030 +0.947
15 9 DANILO PETRUCCI ITA PRAMAC DUCATI 1:22.156 +1.073
16 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP APRILIA GRESINI 1:22.334 +1.251
17 43 JACK MILLER AUS LCR HONDA 1:22.393 +1.310
18 69 NICKY HAYDEN EUA ASPAR HONDA 1:22.572 +1.489
19 63 MIKE DI MEGLIO FRA AVINTIA DUCATI 1:22.648 +1.565
20 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA ART 1:22.975 +1.892
21 76 LORIS BAZ FRA FORWARD YAMAHA 1:23.013 +1.930
22 50 EUGENE LAVERTY IRN ASPAR HONDA 1:23.027 +1.944
23 7 HIROSHI AOYAMA JAP AB HONDA 1:23.345 +2.262
24 70 MICHAEL LAVERTY IRN APRILIA GRESINI 1:23.466 +2.383
25 71 CLAUDIO CORTI ITA FORWARD YAMAHA 1:23.658 +2.575
             
RECORDE DANI PEDROSA ESP HONDA 1:21.846 161.4 km/h
MELHOR VOLTA MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:20.937 163.2 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 22ºC | pista: 27ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube