Márquez domina Lorenzo e fatura sexta pole da temporada 2015 da MotoGP em Silverstone. Rossi larga em quarto

Apesar da força mostrada ao longo dos treinos, Jorge Lorenzo foi facilmente dominado por Marc Márquez, que não deu chances e faturou sua sexta pole-position no ano. Dani Pedrosa completa a primeira fila, com Valentino Rossi largando logo atrás

A cobertura completa do GP da Grã-Bretanha no GRANDE PRÊMIO

Na terra da rainha, Marc Márquez atuou como um verdadeiro monarca. Mostrando força desde que deixou os boxes da Honda no Q2 na tarde deste sábado (29), o jovem bicampeão controlou os rivais com mão de ferro e conquistou sua sexta pole na temporada 2015 da MotoGP.
 
Forte ao longo de todos os treinos livres, Jorge Lorenzo foi facilmente dominado pelo #93, que quebrou o recorde de Silverstone já em seu primeiro giro no Q2. Na metade final da sessão, o espanhol tratou de melhorar ainda mais e conquistou a posição de honra com uma volta de 2min00s234.
Marc Márquez conquistou sua sexta pole no ano (Foto: Honda)
Lorenzo, por sua vez, fez o que pôde para alcançar o rival, mas não conseguiu descontar os 0s288 restantes para ameaçar Márquez. Já 0s482 mais lento que o companheiro de equipe, Dani Pedrosa completa a primeira fila.
 
Sofrendo ao longo de todo o fim de semana, Valentino Rossi ressurgiu na volta final para cravar 2min00s947 e ficar com a quarta colocação, à frente de Pol Espargaró e Bradley Smith. 
 
1s095 atrás do líder, Scott Redding vai abrir a terceira linha da grelha, seguido por Cal Crutchlow e Andrea Iannone. Aleix Espargaró fecha o rol dos dez primeiros.

Márquez sobra e domina quarto treino em Silverstone
 
Embora discreto, o sol seguia presente em Silverstone na tarde deste sábado, elevando a temperatura para 21°C na hora da quarta sessão livre da MotoGP. No asfalto, os termômetros marcavam 34°C, enquanto o vento soprava a uma velocidade de 11 km/h.
 
Sem demora, a maioria dos pilotos correu para a pista tão logo a luz verde foi acionada no final do pit-lane. Marc Márquez foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, 0s508 à frente de Jorge Lorenzo. Andrea Iannone vinha em terceiro, seguido por Valentino Rossi, Aleix e Pol Espargaró.
 
Márquez logo baixou para 2min01s491, abrindo 1s233 de margem para Iannone, que saltou para a segunda colocação, Lorenzo vinha em terceiro, 0s362 à frente de Rossi. Pedrosa tinha a quinta marca da sessão.
Andrea Iannone (Foto: Ducati)
Com 2min02s634, Aleix saltou para o segundo posto, mas ainda 1s143 atrás de Márquez. Rossi também foi melhor e assumiu o terceiro posto, 0s058 atrás do piloto da Suzuki.
 
Lorenzo logo subiu para o segundo lugar, mais viu Iannone virar 0s146 mais rápido para ficar com a posição e reduzir para 0s847 a vantagem de Marc.
 
Pouco depois, Héctor Barberá sofreu uma forte queda, mas não se feriu com gravidade e logo voltou para a pista.
 
Pol Espargaró subiu para a quinta colocação, 0s014 à frente de Rossi, que tinha acabado de melhorar seu registro. Mais na frente, Pedrosa ocupava a terceira posição, 0s893 atrás do companheiro de Honda.
 
Rossi, então, baixou para 2min02s577 e assumiu o quinto posto, 1s086 atrás do líder. Pol e Aleix Espargaró vinham na sequência, com Dovizioso, Smith e Redding fechando o top-10.
 
Em meados da sessão, o agito na pista diminuiu, com os pilotos seguindo para os boxes para novos ajustes. Márquez liderava com 0s847 de vantagem para Iannone, à frente de Pedrosa, Lorenzo, Rossi, Pol e Aleix Espargaró, Dovizioso, Smith e Redding.
 
No retorno à pista, Scott baixou seu tempo de volta para 2min02s653 e assumiu a oitava posição, 1s162 atrás do líder.
 
Com os pilotos focados no ritmo de prova, as posições da tabela pouco se alteraram, Márquez permanecia intocável no topo da tabela, 0s847 à frente de Iannone. Pedrosa era terceiro, com Lorenzo e Rossi fechando o top-5.
 
Com poucos segundos para o fim da sessão, Pol Espargaró anotou 2min02s459 e assumiu a quinta colocação, 0s051 atrás de Lorenzo. Dovizioso também foi melhor e subiu para sexto, à frente de Rossi. 
 
Márquez ficou com a liderança, com Iannone, Pedrosa, Lorenzo, Pol Espargaró, Dovizioso, Rossi, Aleix Espargaró, Redding e Smith completando a lista dos dez primeiros.
Hernández e Aleix Espargaró avançam ao Q2. Erro tático deixa Viñales em 13º no grid
 
Como estabelecido pelos treinos livres, Stefan Bradl, Héctor Barberá, Danilo Petrucci, Alex de Angelis, Karel Abraham, Álvaro Bautista, Maverick Viñales, Aleix Espargaró, Jack Miller, Eugene Laverty, Mike di Meglio, Yonny Hernández, Nicky Hayden, Claudio Corti e Loris Baz foram para a pista em busca das duas vagas finais no Q2.
 
Com 2min02s220, Aleix começou na ponta, 0s457 à frente de Baz. Miller vinha em terceiro, seguido por Bradl e Laverty.
 
Viñales, então, tomou a ponta com 2min02s016, mas logo levou o troco do companheiro de equipe, que foi 0s006 mais rápido. Baz vinha em terceiro, já 0s667 atrás do líder.
Maverick Viñales arriscou e ficou fora do Q2 (Foto: Suzuki)
Como sempre, os pilotos correram para os boxes em meados da sessão em busca de novos pneus. Aleix liderava, à frente de Viñales, Baz, Miller, Bradl, Hernández, Laverty, Petrucci, Bautista, Barberá, Hayden, Corti, Di Meglio, De Angelis e Abraham.
 
Sobrando na ponta, a dupla da Suzuki optou por permanecer nos boxes na segunda parte da sessão. Com dois minutos para o final, Hernández tirou da manga uma excelente primeira parcial. Enquanto o colombiano ia fazendo boas parciais, Maverick já lamentava.
 
Yonny até perdeu um pouco na terceira parcial, mas conseguiu recuperar no trecho final e saltou para a ponta com 0s122 de margem para Aleix. 
 
O erro tático da Suzuki acabou custando a Viñales a passagem ao Q2, deixado o #25 para largar em 13º, à frente de Bradl, Baz, Miller, Barberá, Petrucci, Laverty, Bautista, Hayden, Di Meglio, Corsi, Abraham e De Angelis.

Antes de encerrar sua participação no treino classificatório, De Angelis levou um tombo em Silverstone, mas não se feriu com gravidade.
Márquez anula rivais e fica com a pole em Silverstone
 
Líderes do Q1, Hernández e Aleix Espargaró se juntaram a Dovizioso, Pedrosa, Iannone, Crutchlow, Smith, Pol Espargaró, Redding, Rossi, Márquez  e Lorenzo para a fase final do treino classificatório.
 
Sem demora, os pilotos partiram para a pista tão logo o cronômetro foi acionado, com Lorenzo mudando de tática e aparecendo como último a deixar os boxes.
 
Como era de se esperar, os pilotos foram para a pista com os pneus mais macios que tinham à disposição. As duplas de Honda e Yamaha e seus pilotos satélites tinham o composto médio na traseira, enquanto aqueles que seguem o regulamento Aberto vinham com a borracha macia. Na dianteira, a opção branca reinava para todos.
 
Em sua primeira volta, Márquez já detonou o recorde de Silverstone, cravando 2min00s564. 0s225 mais lento, Lorenzo assumiu o segundo posto, à frente de Pol, Smith, Rossi e Redding.
 
A volta de Marc já era 0s127 mais rápida que o recorde estabelecido por ele mesmo em 2013 em 2min00s691.
Jorge Lorenzo ai largar à frente de Valentino Rossi (Foto: Yamaha)
No giro seguinte, Pedrosa abriu um giro excelente, mas acabou perdendo tempo ao encontrar Smith pelo caminho. Ainda assim, o #26 se colocou em segundo, 0s152 mais lento que Márquez. Lorenzo era o terceiro, seguido por Pol e Rossi.
 
Em meados da sessão, a maioria dos pilotos já estava nos boxes trocando os pneus, mas alguns seguiam rodando por uma volta mais, como Rossi e Lorenzo, por exemplo.
 
No retorno à pista, Márquez já abriu de cara uma ótima primeira parcial e tratou de manter o ritmo para cravar 2min00s234 e abrir 0s482 de vantagem para Pedrosa. 
 
Mais atrás, Smith baixou para 2min01s140 e pulou para o quinto posto, 0s042 à frente de Rossi, o sexto colocado.
 
Lorenzo também abriu um bom giro, mas perdeu nas parciais intermediárias. Ainda assim, o espanhol subiu para segundo, 0s288 atrás de Márquez.
 
Já com a bandeira quadriculada tremulando em Northamptonshire, Rossi acertou um giro em 2min00s947 e saltou para a quarta colocação, à frente de Pol e Smith.

MotoGP, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, Grid de largada:

1
93
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
2:00.234
 
2
99
JORGE LORENZO
ESP
YAMAHA
2:00.522
+0.288
3
26
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
2:00.716
+0.482
4
46
VALENTINO ROSSI
ITA
YAMAHA
2:00.947
+0.713
5
44
POL ESPARGARÓ
ESP
TECH3 YAMAHA
2:01.031
+0.797
6
38
BRADLEY SMITH
ING
TECH3 YAMAHA
2:01.140
+0.906
7
45
SCOTT REDDING
ING
MARC VDS HONDA
2:01.329
+1.095
8
35
CAL CRUTCHLOW
ING
LCR HONDA
2:01.376
+1.142
9
29
ANDREA IANNONE
ITA
 DUCATI
2:01.874
+1.640
10
41
ALEIX ESPARGARÓ
ESP
SUZUKI
2:01.880
+1.646
11
68
YONNY HERNÁNDEZ
COL
PRAMAC DUCATI
2:01.894
+1.660
12
4
ANDREA DOVIZIOSO
ITA
DUCATI
2:01.979
+1.745
13
25
MAVERICK VIÑALES
ESP
SUZUKI
2:02.016
+1.782
14
6
STEFAN BRADL
ALE
APRILIA GRESINI
2:02.657
+2.423
15
76
LORIS BAZ
FRA
FORWARD YAMAHA
2:02.677
+2.443
16
43
JACK MILLER
AUS
LCR HONDA
2:02.697
+2.463
17
8
HECTOR BARBERÁ
ESP
AVINTIA DUCATI
2:02.784
+2.550
18
9
DANILO PETRUCCI
ITA
PRAMAC DUCATI
2:02.800
+2.566
19
50
EUGENE LAVERTY
IRN
ASPAR HONDA
2:02.894
+2.660
20
19
ÁLVARO BAUTISTA
ESP
APRILIA GRESINI
2:02.908
+2.674
21
69
NICKY HAYDEN
EUA
ASPAR HONDA
2:02.946
+2.712
22
63
MIKE DI MEGLIO
FRA
AVINTIA DUCATI
2:03.641
+3.407
23
71
CLAUDIO CORTI
ITA
FORWARD YAMAHA
2:03.789
+3.555
24
17
KAREL ABRAHAM
TCH
AB HONDA
2:04.233
+3.999
25
15
ALEX DE ANGELIS
RSM
IODA ART
2:04.304
+4.070
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
DANI PEDROSA
ESP
HONDA
2:01.941
174.1 km/h
MELHOR VOLTA
MARC MÁRQUEZ
ESP
HONDA
2:00.234
176.6 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 21ºC | pista: 32ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube