Márquez esmaga tempo de Lorenzo e controla segundo treino da MotoGP em Barcelona. Rossi fecha em décimo

Marc Márquez ignorou a tentativa de Jorge Lorenzo e detonou a marca do espanhol por 0s405 para comandar o segundo treino da MotoGP em Montmeló. 0s544 mais lento que o líder, Jonas Folger foi a melhor Yamaha. Valentino Rossi fechou o treino com o décimo posto

Marc Márquez ignorou a ameaça dos rivais e garantiu a liderança na segunda sessão de treinos da MotoGP em Montmeló. Depois de liderar o primeiro treino desta sexta-feira (9), o campeão vigente aproveitou suas duas últimas voltas para conter os avanços de Jorge Lorenzo e garantir a melhor marca do dia.
 
Com seu melhor registrou 1m44s295, Márquez fechou a sexta-feira com 0s405 de margem para Lorenzo, o segundo colocado. 0s544 atrás do piloto da Honda. Jonas Folger aparece como melhor Yamaha.
Marc Márquez foi o mais rápido em Montmeló (Foto: michelin)
Vencedor do GP da Itália, Andrea Dovizioso ficou com a quarta colocação, já 0s588 mais lento que Marc. Danilo Petrucci aparece na sequência.
 
A surpresa da sessão ficou por conta de Tito Rabat. O espanhol mostrou uma boa performance e ficou com o sexto tempo, 0s141 à frente de Johann Zarco, o sétimo. Dani Pedrosa fez o oitavo melhor registro.
 
Álvaro Bautista sofreu duas quedas na sessão e ficou com a nona colocação, 0s002 à frente de Valentino Rossi, que fecha a lista dos dez primeiros.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Saiba como foi o segundo treino da MotoGP na Catalunha:
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Com o sol brilhando no céu de Montmeló, as temperaturas seguiram subindo na tarde desta sexta-feira. Quando os pilotos da MotoGP voltaram para a pista, os termômetros marcavam 28,9°C, com o asfalto chegando a 45,8°C.
 
Jorge Lorenzo foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, mas logo teve sua marca superada por Dovizioso, que registrou 1min45s820. Crutchlow ficou com o segundo posto, com Rossi em terceiro.
 
O #4 baixou seu tempo na sequência e permaneceu no topo da tabela, agora 0s398 mais rápido que Márquez. Crutchlow era o terceiro, à frente de Iannone, Lorenzo e Rossi.
 
Márquez, então, alcançou 1min45s159 e assumiu a liderança, 0s095 mais rápido do que o italiano da Ducati. Aleix Espargaró avançou para a terceira colocação, seguido por Iannone.
 
A fase intermediária da sessão foi de poucas mudanças na tabela, mas Rabat, por exemplo, foi um dos que conseguiu melhorar. Com 1min45s642, o espanhol saltou para o terceiro posto, 0s025 à frente de Lorenzo, que também avançou. O piloto da Marc VDS fez seu tempo no vácuo do espanhol da Ducati.
 
Na passagem seguinte, Lorenzo subiu para terceiro, 0s246 mais lento que Márquez, que seguia na ponta e estava parado nos boxes.
 
Pouco depois, Viñales registrou 1min45s840 e avançou para a quinta colocação, 0s681 mais lento que Márquez.
 
Com pouco mais de 16 minutos para o fim, Bautista perdeu a frente na curva 14 — na saída da nova chicane — e caiu, mas não se feriu. Ao tentar voltar para a pista, Álvaro sofreu um novo tombo, tampouco sem maiores consequências físicas.
 
Os boxes, então, voltaram a ganhar em movimentação, com os pilotos fazendo os últimos ajustes antes do ataque final à tabela de tempos.
 
Antes de entrar, Barberá sofreu uma queda na curva dez e parece ter machucado a mão. O piloto da Avintia tinha o 14º tempo, 1s275 atrás do líder.
De volta à pista, Bautista saltou para o terceiro posto, 0s128 mais lento que Márquez, que seguia na ponta com o tempo registrado na quinta de suas 17 voltas. No giro seguinte, o #19 foi ainda mais longe, batendo o piloto da Honda para ocupar o topo da folha de tempos com 0s043 de vantagem.
 
Na sequência, Pedrosa se instalou em segundo, reduzindo para 0s030 a margem do piloto da Aspar. Mais atrás, Folger avançou para a sétima colocação, à frente de Aleix, Rabat e Baz.
 
Com pouco menos de três minutos para o fim da sessão, Pedrosa registrou 1min45s098 e tomou a ponta de Bautista por 0s018, mas também ficou pouco no comando, já que Lorenzo apareceu com uma volta em 1min44s700. Folger também foi melhor e reduziu para 0s139 a vantagem do #99.
 
Mais atrás, Rossi subiu para a nona colocação, 0s722 mais lento que o ex-companheiro de Yamaha.
 
Falando em Lorenzo, a liderança do piloto de Palma de Maiorca também foi curta. Márquez cravou 1min44s478 e recuperou o topo da tabela, 0s222 mais rápido que Jorge. Folger, Dovizioso e Petrucci vinham na sequência.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Montmeló, Rossi melhorou e ficou com o décimo tempo, 0s823 atrás de Márquez, que também foi melhor em seu giro final.

MotoGP, GP da Catalunha, Montmeló, 2º Treino Livre:
1 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:44.268  
2 99 JORGE LORENZO ESP DUCATI 1:44.700 +0.432
3 94 JONAS FOLGER ALE TECH3 YAMAHA 1:44.839 +0.571
4 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:44.883 +0.615
5 9 DANILO PETRUCCI ITA DUCATI 1:44.890 +0.622
6 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 1:44.922 +0.654
7 5 JOHANN ZARCO FRA TECH3 YAMAHA 1:45.063 +0.795
8 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:45.098 +0.830
9 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP ASPAR DUCATI 1:45.116 +0.848
10 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:45.118 +0.850
11 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:45.311 +1.043
12 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 1:45.375 +1.107
13 29 ANDREA IANNONE ITA SUZUKI 1:45.465 +1.197
14 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP APRILIA 1:45.554 +1.286
15 76 LORIS BAZ ESP AVINTIA DUCATI 1:45.755 +1.487
16 25 MAVERICK VIÑALES ESP YAMAHA 1:45.810 +1.542
17 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 1:45.868 +1.600
18 17 KAREL ABRAHAM RTC ASPAR DUCATI 1:45.932 +1.664
19 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:45.967 +1.699
20 22 SAM LOWES ING APRILIA 1:46.682 +2.414
21 44 POL ESPARGARÓ ESP KTM 1:46.946 +2.678
22 50 SYLVAIN GUINTOLI FRA SUZUKI 1:47.002 +2.734
23 38 BRADLEY SMITH ING KTM 1:47.892 +3.624
             
RECORDE PISTA NOVA        
MELHOR VOLTA MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:44.268 160.5 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 26°C | pista: 44ºC

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube