Márquez ignora problema na largada, tem atuação esplêndida e vence oitava no ano em Motegi

Marc Márquez deu mais uma demonstração de seu talento e garantiu sua oitava vitória na temporada após despencar para a 28ª colocação ainda na primeira curva. Pol Espargaró e Tito Rabat completam o pódio

►Veja as melhores imagens deste domingo de Mundial de Motovelocidade em Motegi

É bastante improvável que alguém consiga tirar o título das mãos de Marc Márquez em 2012 e o piloto espanhol pretende conquistar o Mundial de Moto2 em grande estilo. Neste domingo (14), o piloto da Catalunya teve mais uma atuação de gala e mostrou que não vai mesmo aliviar na parte final da temporada.

Márquez teve um problema na largada e acabou despencando no grid, fazendo a primeira curva na 28ª posição. Após uma volta, o espanhol já aparecia em nono e seguia firme e forte escalando o pelotão. Antes de completar a primeira metade da disputa, o campeão de 2010 das 125cc lutava pela ponta com Tito Rabat.

Márquez caiu para 28ª após problema na largada (Foto: MotoGP)

A experiência do piloto da Catalunya falou mais alto e Rabat não conseguiu resistir por muito tempo. Tito ainda controlou aos avanços de Espargaró, mas acabou perdendo a posição para o companheiro de Pons, que se dedicou, então, a tomar a liderança de Marc.

Pol conseguiu se aproximar e chegou a ameaçar a liderança do rival, mas Márquez conseguiu controlar e garantiu seu oitavo triunfo na temporada. Espargaró cruzou a linha de chegada 0s415 atrás do rival, seguido por seu companheiro de Pons. 

Depois de lutar com Toni Elías na maior parte da corrida, Scott Redding aproveitou a queda do espanhol da Italtrans e segurou Thomas Lüthi nas voltas finais para garantir a quarta colocação. Simone Corsi ficou com o sexto posto, à frente de Takaaki Nakagami, Johann Zarco e Axel Pons. Dominique Aegerter completa a lista dos dez primeiros colocados.

Eric Granado ficou com a 28ª colocação na prova deste domingo. Largando em último, o brasileiro cruzou a linha de chegada 1min40s787 atrás de Márquez e fez sua melhor volta em 1min54s900.

Com o resultado, Marc chegou aos 283 pontos e abriu 53 pontos de vantagem para Espargaró. Andrea Iannone vem em terceiro, seguido por Lüthi.
 

Saiba como foi a corrida deste domingo:

 
Espargaró saiu bem e manteve a ponta, mas logo foi superado por Redding. Márquez ficou na largada e acabou perdendo muitas posições ainda nos primeiros metros.
 
Rabat ficou com o terceiro posto, mas pressionou o companheiro de Pons até que assumiu a segunda posição. Atrás, Márquez iniciou a escalada do pelotão e já aparecia em sétimo com 22 voltas para o fim.
 
Na ponta, Redding seguia liderando, mas era acompanhado de perto por Rabat. Elías, que fez um bom início de prova, passou Espargaró e assumiu a terceira colocação. 
 
Rabat, comprovando a ótima forma do fim de semana, assumiu a ponta ao passar Redding e começou a abrir vantagem no comando da prova. 
 
Com o piloto da Pons se afastando do pelotão, Espargaró aproveitou para passar Elías e reassumir o terceiro posto. Márquez conseguiu deixar Lüthi para trás e subiu para quinto com 20 giros para o fim. 
 
Redding logo perdeu o segundo posto para Pol e ainda foi ultrapassado por Elías. Na sequência, Márquez assumiu o terceiro posto, deixando Toni e Scott para trás.
Espargaró tentou buscar Márquez, mas errou e ficou em segundo (Foto: MotoGP)
Com 17 voltas para o fim, Espargaró errou e abriu caminho para a ultrapassagem de Márquez. Os dois quase se tocaram, mas conseguiriam evitar um incidente. 
 
Rabat seguia na liderança, mas Márquez vinha se aproximando. Na abertura do nono giro, Marc chegou forte, mas Titio conseguiu defender. Com a dupla brigando pela ponta, Pol conseguiu se aproximar e voltou à briga pela ponta. Alguns metros mais adiante, o piloto da Catalunya passou e assumiu a ponta da disputa.
 
Mais atrás, Elías passou Redding, que deu o troco e recuperou a quarta colocação. Lüthi vinha em sexto, à frente de Nakagami, Corsi, Mika Kallio e Zarco. 
 
Na liderança, Márquez teve um pouco de dificuldade para escapar de Rabat, mas não demorou para abrir uma boa vantagem. Com 11 voltas para o fim, Espargaró passou o companheiro de Pons e passou a tentar buscar Márquez.
 
Com oito voltas para o fim, Marc tinha 0s866 de vantagem para Espargaró, que vinha se aproximando. Rabat não conseguiu acompanhar e acabou se afastando dos ponteiros.
 
Faltando apenas quatro voltas para o fim, Márquez tinha 0s476 de folga para Espargaró. Rabat vinha tranquilo em terceiro, enquanto Redding e Elías batalhavam pelo quarto posto. A sorte do piloto da Italtrans não durou muito, já que ele caiu e abandonou a prova na volta seguinte.
 
Na ponta, Pol conseguiu se aproximar e derrubou a diferença para 0s194. O piloto da Pons tentou atacar, mas Márquez manteve a ponta. No giro seguinte, Espargaró escorregou demais o pneu traseiro e acabou deixando Marc abrir outra vez. 
 
Com Elías fora, Lüthi entrou na disputa pelo quarto lugar e Redding precisou se concentrar para manter a posição. 
 
Com os pneus mais desgastados, Márquez deixou Espargaró chegar, mas conseguiu defender e garantiu seu oitavo triunfo na temporada.

Moto2, GP do Japão, Motegi, Final:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube