Márquez pode conquistar Moto2 já na Austrália. Confira matemática do título

Com 36 pontos de vantagem e cinco adversários na disputa, o irmão de Marc Márquez pode conquistar a taça com duas provas de antecedência

Álex Márquez está próximo de seguir os passos do irmão Marc e conquistar um título na temporada 2019. Líder da Moto2 com 234 pontos, 36 a mais do que o adversário mais próximo, ele pode se tornar campeão neste domingo (27) em Phillip Island, na Austrália.
 
Com boa vantagem no campeonato, a matemática está a favor de Márquez nas provas finais da temporada, precisando de apenas 14 pontos a mais que seus rivais na Austrália. Além do espanho, Tom Luthi, Augusto Fernández, Jorge Navarro, Brad Binder e Luca Marini ainda possuem chances de título.
Álex Márquez tem a chance de garantir o título na Austrália (Foto: Marc VDS)

Assim, Márquez pode garantir a taça se vencer a prova e Tom Luthi não ficar entre os cinco melhores e se Augusto Fernández não terminar no pódio.
 
Se o irmão de Marc Márquez terminar em segundo lugar na Austrália, Luthi não pode ficar no top 10, Fernández não pode chegar entre os cinco melhores e Binder não pode vencer.
 
Se ficar na terceira posição, Márquez precisará contar com uma combinação de resultados ainda maior: Luthi não pode ser 14º oi melhor, Fernández não pode ficar entre os nove melhores, Navarro não poderá chegar no pódio, Binder ou Marini não podem vencer a etapa.
 
Durante a temporada, o pior resultado de Márquez foi a sétima posição na primeira prova do ano, no Catar. Se não conseguir concretizar o título na primeira tentativa, na Austrália, Márquez ainda terá chances na Malásia e em Valência.
 

O GP da Austrália de Moto2 está marcado para o sábado, às 23h20 (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.


 
Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA HISTÓRIA DA FÓRMULA 1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube