Márquez repete domínio e fecha dia final de testes da MotoGP em Sepang na ponta. Yamaha completa top-3

A Honda e Marc Márquez continuaram a dar as cartas na Malásia. O jovem espanhol, mais uma vez, liderou as ações em Sepang pelo terceiro dia consecutivo e fechou a semana impondo mais um domínio sobre os rivais. Valentino Rossi e Jorge Lorenzo completaram o top-3

 

Repetindo o domínio imposto nos dois dias anteriores, Marc Márquez e a Honda novamente comandaram as ações na Malásia nesta quinta-feira (6), terceiro e último dia da primeira bateria de testes da MotoGP em 2014. Ainda, a liderança na sessão final de atividades veio com uma quebra de recorde.

Graças a uma temperatura mais amena no início da manhã em Sepang, o atual campeão conseguiu virar 1min59s533, marca que superou em 0s074 o melhor tempo registrado na pista malaia no teste anterior e que pertencia a Casey Stoner, também com uma moto da Honda em 2012.

Marc Márquez foi o mais rápido do dia em Sepang (Foto: Getty Images)

No período da tarde, Márquez ainda exibiu um forte desempenho em simulação de corrida, com 15 voltas consecutivas na casa de 2min01s. Durante a manhã, praticamente todos os pilotos andaram em ritmo de classificação, aproveitando o clima menos escaldante da Malásia neste início de fevereiro.

A segunda colocação da tabela ficou com Valentino Rossi. O italiano concluiu os treinos com o melhor tempo em 1min59s727 depois de 55 voltas. A outra Yamaha de Jorge Lorenzo logo apareceu em terceiro.

O bicampeão precisou de apenas dois giros, ainda pela manhã, para cravar 1min59s866. Depois, assim como Márquez, o dono da M1 #99 se dedicou à simulação de corrida, ao trabalho quanto à durabilidade dos pneus e ao acerto com relação ao consumo de combustível, dentro da nova regulamentação que limita em 20 l o tanque para as motos de fábrica da categoria.

De novo mostrando uma performance impressionante, Aleix Espargaró foi o melhor entre os pilotos da classe Open do Mundial. O espanhol percorreu consistentes 43 voltas e virou na melhor delas 1min59s998, o que o colocou na quarta posição da tabela de tempos.

O quinto tempo ficou com Stefan Bradl e a satélite LCR. Dani Pedrosa, com a Honda de fábrica, veio na sequência, em sexto, à frente de Andrea Dovizioso, que apresentou uma elogiosa melhora no desempenho da Ducati após os dois primeiros dias de testes malaios. A esquadra italiana prometeu ainda mais atualizações para os próximos treinos.

Pol Espargaró, com a Tech3, também evoluiu e terminou em oitavo. Andrea Iannone colocou a Pramac em nono, enquanto Álvaro Bautista completou os dez primeiros.

A Bridgestone, fornecedora única de pneus da MotoGP, também aproveitou os três dias de atividades para testar os novos compostos, que vieram com uma pequena alteração por conta do grande calor em Sepang.

Agora, os pilotos descansam e retomam o trabalho de pré-temporada no fim deste mês, entre os dias 26 e 28, também na Malásia, para a segunda bateria de treinos coletivos. A primeira etapa do Mundial está marcada para 23 de março, em Losail, no Catar.

MotoGP, Sepang, Treinos coletivos, dia 3:

1 Marc MÁRQUEZ ESP Honda
RC213V
  1:59.533   10/40
2 Valentino ROSSI ITA Yamaha
YZR-M1
  1:59.727 +0.194 11/55
3 Jorge LORENZO ESP Yamaha
YZR-M1
  1:59.866 +0.333 2/65
4 Aleix ESPARGARÓ ESP Forward
FTR-Yamaha
  1:59.998 +0.465 7/43
5 Stefan BRADL ALE LCR
RC213V
  2:00.112 +0.579 11/38
6 Dani PEDROSA ESP Honda
RC213V
  2:00.223 +0.690 29/55
7 Andrea DOVIZIOSO ITA Ducati
Desmosedici
  2:00.370 +0.837 10/40
8 Pol ESPARGARÓ ESP Tech3 Yamaha
YZR-M1
  2:00.655 +1.122 8/65
9 Andrea IANNONE ITA Pramac Ducati
Desmosedici
  2:00.725 +1.192 13/57
10 Álvaro BAUTISTA ESP Gresini
RC213V
  2:00.788 +1.255 3/63
11 Bradley SMITH ING Tech3 Yamaha
YZR-M1
  2:00.896 +1.363 10/65
12 Cal CRUTCHLOW ING Ducati
Desmosedici
  2:01.057 +1.524 58/58
13 Nicky HAYDEN EUA Aspar
RCV1000R
  2:01.514 +1.981 21/59
14 Colin EDWARDS EUA Forward
FTR-Yamaha
  2:01.731 +2.198 41/47
15 Michele PIRRO ITA Ducati Test Team
Desmosedici
  2:01.782 +2.249 12/67
16 Hiroshi AOYAMA JAP Aspar
RCV1000R
  2:02.383 +2.850 61/66
17 Randy DE PUNIET FRA Suzuki Test Team   2:02.486 +2.953 17/66
18 Yonny HERNÁNDEZ COL Pramac Ducati
Desmosedici Open
  2:02.556 +3.023 31/65
19 Kozuke AKIYOSHI JAP HRC Test Team
RC213V
  2:02.619 +3.086 3/58
20 Katsuyuki NAKASUGA JAP Yamaha Test Team
YZR-M1
  2:02.788 +3.255 13/38
21 Scott REDDING ING Gresini
RCV1000R
  2:02.833 +3.300 42/60
22 Michael LAVERTY ING Paul Bird
ART
  2:03.187 +3.654 12/41
23 Héctor BARBERÁ ESP Avintia
FTR
  2:03.304 +3.771 49/54
24 Broc PARKES AUS Paul Bird
ART
  2:03.402 +3.869 40/43
25 Mike DI MEGLIO FRA Avintia
FTR-Kawasaki
  2:04.516  +4.983 28/58
26 Nobuatsu AOKI JAP Suzuki Test Team   2:05.686 +6.153 10/12
27 Karel ABRAHAM TCH AB
RCV1000R
  2:05.974 +6.441 6/12

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube