MotoGP

Márquez supera Quartararo e encabeça TL3 na Alemanha. Dovizioso fica apenas em 14º

Marc Márquez superou Fabio Quartararo na reta final do terceiro treino livre por 0s168 e assegurou o melhor tempo na manhã deste sábado (6). 0s287 atrás do #93, Maverick Viñales ficou com o terceiro posto, enquanto Andrea Dovizioso aparece só em 14º

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Marc Márquez voltou a mostrar sua força em Sachsenring. Depois de liderar a sexta-feira, o #93 aproveitou a manhã deste sábado (6) para cravar o melhor tempo na terceira sessão de treinos livres da MotoGP.
 
Depois de Aleix Espargaró liderar boa parte da atividade, Fabio Quartararo tomou a ponta e por lá ficou até os instantes finais da sessão, quando Márquez aproveitou a 25ª das 26 voltas para cravar 1min20s347 e tomar a frente do francês por 0s168.
Marc Márquez (Foto: Repsol)
Vencedor do GP da Holanda, Maverick Viñales foi 0s287 mais lento que Marc e ficou com o terceiro tempo, à frente de Cal Crutchlow, Álex Rins, Franco Morbidelli, Danilo Petrucci, Jack Miller, Joan Mir e Pol Espargaró.
 
Só 0s007 mais lento que o catalão da KTM, Valentino Rossi ficou em 11º e, assim, terá de passar pelo Q1, a fase inicial do treino classificatório da MotoGP, mais uma vez na temporada 2019.
 
Vice-líder do Mundial, Andrea Dovizioso teve uma manhã ruim e, com 1min21s184, ficou apenas em 14º, 0s837 atrás do ponteiro.
 
O GP da Alemanha de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP



Saiba como foi o treino livre 3 do GP da Alemanha de MotoGP:
 
Em um dia de sol em Chemnitz, as temperaturas foram subindo com o passar das horas. Quando a MotoGP entrou na pista para o terceiro treino do fim de semana, os termômetros marcavam 24°C, como asfalto chegando a 33°C. A velocidade do vento era de 11 km/h.
 
Os primeiros minutos da sessão viram uma dobradinha dos irmãos Espargaró, com a Aleix levando a melhor com 1min21s086, 0s375 melhor do que Pol. Marc Márquez era o terceiro, à frente de Franco Morbidelli e Valentino Rossi.
 
Márquez, então, foi a 1min21s388 e assumiu o segundo posto, 0s302 mais lento que Aleix e sua Aprilia. Miller também melhorou e vinha agora em terceiro, 0s050 melhor que Pol, o quarto. Morbidelli caiu para quinto, à frente de Rossi, Dovizioso, Zarco, Rins e Crutchlow.

Neste início de sessão, depois de Fabio Quartararo escapar da pista duas vezes na curva 1, foi a vez de Maverick Viñales dar um passeio pela brita. O #12 se manteve na moto e logo deu sequência à sessão. Antes do espanhol, Franco Morbidelli também tinha feito um tour pela área de escape.
 
Depois de uma passagem pelos boxes, Joan Mir aproveitou um macio dianteiro e um médio traseiro para cravar 1min21s524 e saltar para o sétimo posto, 0s438 mais lento que Aleix, que seguia na ponta.

Alguns minutos depois, Miguel Oliveira foi a 1min21s527 e avançou para a oitava colocação, 0s441 mais lento que o líder dos trabalhos. Mais atrás, Takaaki Nakagami também tinha melhorado e ocupava o 11º posto.

Já com 15 minutos para o fim da sessão, Fabio Quartararo apareceu com um pneu médio na frente e um macio atrás para cravar 1min20s825 e, enfim, tirar a Aprilia do topo da tabela. O francês virou 0s261 melhor que Aleix.
 
Mir seguiu o mesmo caminho e, também com um pneu macio na traseira, assumiu o terceiro posto, 0s446 mais lento que o piloto da SIC.
 
O #20, aliás, foi ainda melhor na sequência, ampliando para 0s571 a margem em relação a Aleix. Logo depois, Maverick Viñales apareceu com 1min21s035 para pegar o segundo posto. O vencedor do GP da Holanda tinha um par de pneus duros na YZR-M1.

Cal Crutchlow também conseguiu melhorar e se instalou na quarta colocação, 0s671 atrás do líder. O britânico também já tinha um pneu macio na traseira da RC213V.
 
Álex Rins seguiu o mesmo caminho e subiu para quinto, 0s026 melhor que Mir, o sexto. Márquez vinha em sétimo, 0s873 atrás do ponteiro.
 
Rins foi ainda melhor na sequência e subiu para a quinta colocação. Enquanto isso, Rossi pulou para décimo, mas perdeu uma posição com a melhora de Nakagami.
 
Com 1min20s867, Danilo Petrucci saltou para a terceira colocação, seguindo para os boxes pouco depois.

Agora com um pneu duro na traseira da GSX-RR, Mir foi a 1min21s139 e assumiu o sexto posto. Na volta seguinte, o #36 avançou para a quarta colocação, 0s471 atrás de Quartararo. 
 
Com 1min21s125, Nakagami saltou para o sétimo posto, com Morbidelli melhorando para ocupar a nona colocação.
 
Com menos de três minutos para o fim, Márquez foi a 1min20s792 e saltou para a terceira colocação, 0s277 mais lento que Quartararo. Morbidelli era o quarto, à frente de Petrucci, Miller, Mir, Pol Espargaró, Rossi e Aleix.
 
Segundo na tabela, Viñales melhorou para 1min20s634 e reduziu a vantagem de Quartararo para 0s119. Crutchlow também foi melhor e assumiu o terceiro tempo, com Rins aparecendo em quarto.
 
Com poucos segundos ainda no relógio, Márquez passou em 1min20s347 e tomou a ponta de Quartararo por 0s168.

MotoGP, GP da Alemanha, Sachsenring, treino livre 3:

1 M MÁRQUEZ Honda 1:20.347  
2 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:20.515 +0.168
3 M VIÑALES Yamaha 1:20.634 +0.287
4 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:20.653 +0.306
5 A RINS Suzuki 1:20.679 +0.332
6 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:20.833 +0.486
7 D PETRUCCI Ducati 1:20.867 +0.520
8 J MILLER Pramac Ducati 1:20.891 +0.544
9 J MIR Suzuki 1:20.986 +0.639
10 P ESPARGARÓ KTM 1:21.019 +0.672
11 V ROSSI Yamaha 1:21.026 +0.679
12 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:21.086 +0.739
13 T NAKAGAMI LCR Honda 1:21.125 +0.778
14 A DOVIZIOSO Ducati 1:21.184 +0.837
15 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:21.375 +1.028
16 A IANNONE Aprilia Gresini 1:21.381 +1.034
17 J ZARCO KTM 1:21.435 +1.088
18 S BRADL Honda 1:21.443 +1.096
19 T RABAT Avintia Ducati 1:21.611 +1.264
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:21.832 +1.485
21 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:21.972 +1.625
22 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:22.150 +1.803
         
REC J FOLGER Tech3 Yamaha 1:21.442 162.2  km/h
MV M MÁRQUEZ Honda 1:20.270 164.6 km/h

 



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.