Márquez volta a exibir bom ritmo e lidera segundo treino da MotoGP em Sachsenring. 0s5 mais lento, Rossi é sétimo

Marc Márquez voltou a mostrar bom ritmo na Alemanha e foi o mais rápido no segundo treino desta sexta-feira. Bradley Smith ficou em segundo, com Andrea Iannone completando o top-3. Líder do Mundial, Valentino Rossi foi 0s538 mais lento que o ponteiro e ficou em sétimo

A cobertura completa do GP da Alemanha no GRANDE PRÊMIO

A mudança para o chassi de 2014 parece ter alterado a história de Marc Márquez nesta temporada. Depois de muito sofrer com o comportamento agressivo do motor da RC213V, o espanhol parece, enfim, ter se encontrado no protótipo da asa dourada.
 
Após liderar o primeiro treino em Sachsenring, o espanhol repetiu a dose na tarde desta sexta-feira (10) e, com seu melhor giro em 1min21s621, deixou a concorrência para trás para registrar o melhor tempo do dia. 
Marc Márquez ditou o ritmo em Sachsenring  (Foto: Honda)
0s119 mais lento, Bradley Smith fez a segunda marca, com Andrea Iannone aparecendo 0s084 atrás para completar um top-3 de três marcas diferentes – Honda, Yamaha e Ducati.
 
Com 1min21s886, Jorge Lorenzo ficou com o quarto tempo, à frente de Dani Pedrosa, que chegou a flertar com o topo da tabela. 0s474 mais lento que Márquez, Aleix Espargaró ficou cm o sexto tempo.
 
Valentino Rossi não conseguiu melhorar o tempo desta manhã e, com 1min22s159, ficou com a sétima marca, 0s538 atrás de Marc.
 
Scott Redding voltou a mostrar evolução e ficou com a sétima marca, à frente de Yonny Hernández e Andrea Dovizioso.
Saiba como foi o segundo treino da MotoGP em Sachsenring:
 
Embora o vento fosse gelado, os pilotos da MotoGP encontraram ótimas condições para o segundo treino livre em Sachsenring. Nesta tarde, a temperatura em Oberlungwitz estava em 17°C, com o asfalto chegando a 33°C. A velocidade dos ventos estava em 14 km/h.
 
Para a segunda sessão do dia, todos os pilotos exceto Scott Redding, Jack Miller, Dani Pedrosa e Pol Espargaró deixaram os boxes com o estreante pneu dianteiro assimétrico. Mais cedo, Marc Márquez havia cravado a melhor marca do primeiro exercício usando a borracha azul.
 
Com 1min22s660, Danilo Petrucci foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, seguido por Jorge Lorenzo, Aleix Espargaró, Valentino Rossi e Pol Espargaró. 
 
Na sequência, Lorenzo virou 1min2s345 e assumiu a ponta, mas foi batido por Márquez pouco depois, com o piloto da Honda virando 0s040 mais rápido. Petrucci era o terceiro, com Espargaró, Hernández e Rossi aparecendo na sequência.
Valentino Rossi ficou com o sétimo tempo (Foto: Yamaha)
O #99 não deixou por menos, superou Márquez por 0s049 e retomou o comando d sessão. Pedrosa subiu para a terceira colocação, à frente de Pedrosa, Petrucci, Pol, Hernández, Rossi, Redding, Smith e Álvaro Bautista.
 
Em sua quinta volta, Lorenzo anotou 1min22s097, aumentando sua vantagem na ponta. Pedrosa, então, pulou para segundo, 0s175 atrás do líder. Márquez vinha em terceiro, 0s348 à frente de Valentino.
 
Com 1min22s086, Pedrosa assumiu o comando da sessão, mas mal teve tempo de comemorar, já que Marc passou 0s263 mais rápido e recuperou a ponta. Lorenzo vinha 0s011 atrás do #26. 
 
Pedrosa tentou responder de imediato, mas perdeu tempo na parcial final e, com 1min21s889, apenas conseguiu reduzir a margem de Márquez para 0s066. Lorenzo vinha na sequência.
 
Com o primeiro terço do treino completo, os pilotos começaram a se dirigir aos boxes. Márquez liderava, à frente de Pedrosa, Lorenzo, Rossi, Smith, Petrucci, Redding, Dovizioso, Pol Espargaró e Crutchlow.
 
De volta à pista, Iannone anotou 1min22s601 e assumiu o sexto posto, 0s778 atrás do líder. Petrucci vinha logo atrás, seguido por Pol Espargaró, Crutchlow e Redding, que usava um pneu médio na frente da RC213V #45.
 
 Na sequência, o piloto da LCR baixou sua marca para 1min22s425 e pulou para a quinta colocação, 0s602 mais lento que Márquez.
 
Alguns minutos mais tarde, Pedrosa abriu uma ótima volta, mas perdeu tempo na parcial final e não conseguiu melhorar.
 
Com pouco mais de dez minutos para o fim da sessão, os pilotos foram para os boxes pela última vez. Enquanto alguns estavam na garagem, Redding anotou 1min22s380 e saltou para o quinto posto, 0s557 atrás do líder.
Scott Redding se destacou nesta sexta-feira (Foto: Marc VDS)
De volta à pista, Márquez baixou para 1min21s666 e ampliou para 0s223 sua vantagem em relação a Pedrosa. Lorenzo era o terceiro, com Rossi e Redding fechando o top-5.
 
Com 1min22s196, Hernández pulou para a quarta colocação, derrubando Rossi para o quinto posto por uma diferença de 0s161. 0s504 mais lento que Márquez, Redding saltou para a quarta colocação, atrás de Lorenzo.
 
Smith também conseguiu ser melhor e assumiu a quarta colocação, à frente de Redding, Hernández e Rossi. O italiano também tinha melhorado sua marca, mas não o bastante para alterar sua posição. 
 
O piloto da Tech3 cravou 1mi21s740 e assumiu o segundo posto, 0s074 atrás de Márquez. O britânico tinha ritmo para ponta, mas encontrou um piloto mais lento pelo caminho. 
 
Iannone também conseguiu melhorar e passou a ocupar o terceiro posto na tabela, 0s158 atrás de Márquez. Lorenzo vinha em quarto, com Pedrosa, Aleix e Rossi fechando o top-7.
 
Com o fim dos 45 minutos de sessão, ninguém superou Márquez, que registrou 1min21s621 em sua última volta. Smith e Iannone fecham o top-3.

MotoGP, GP da Alemanha, Sachsenring, 2º Treino Livre:

1 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:21.621  
2 38 BRADLEY SMITH ING TECH3 YAMAHA 1:21.740 +0.119
3 29 ANDREA IANNONE ITA  DUCATI 1:21.824 +0.203
4 99 JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:21.886 +0.265
5 26 DANI PEDROSA ESP  HONDA 1:21.889 +0.268
6 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP SUZUKI 1:22.095 +0.474
7 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:22.159 +0.538
8 45 SCOTT REDDING ING MARC VDS HONDA 1:22.170 +0.549
9 68 YONNY HERNÁNDEZ COL PRAMAC DUCATI 1:22.196 +0.575
10 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:22.340 +0.719
11 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:22.413 +0.792
12 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:22.425 +0.804
13 44 POL ESPARGARÓ ESP TECH3 YAMAHA 1:22.436 +0.815
14 25 MAVERICK VIÑALES ESP SUZUKI 1:22.507 +0.886
15 9 DANILO PETRUCCI ITA PRAMAC DUCATI 1:22.546 +0.925
16 69 NICKY HAYDEN EUA ASPAR HONDA 1:23.008 +1.387
17 63 MIKE DI MEGLIO FRA AVINTIA DUCATI 1:23.185 +1.564
18 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP APRILIA GRESINI 1:23.286 +1.665
19 76 LORIS BAZ FRA FORWARD YAMAHA 1:23.344 +1.723
20 43 JACK MILLER AUS LCR HONDA 1:23.427 +1.806
21 15 ALEX DE ANGELIS RSM IODA ART 1:23.821 +2.200
22 7 HIROSHI AOYAMA JAP HRC TEST TEAM 1:23.925 +2.304
23 50 EUGENE LAVERTY IRN ASPAR HONDA 1:23.952 +2.331
24 50 MICHAEL LAVERTY GBR APRILIA GRESINI 1:24.594 +2.973
25 71 CLAUDIO CORTI ITA FORWARD YAMAHA 1:25.160 +3.539

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube