MotoGP

Martín detona recorde de Sepang e crava 11ª pole do ano na Moto3. 0s03 atrás, Bezzecchi é segundo

Jorge Martín aproveitou a última de suas 13 voltas na tarde desta sábado (3) na Malásia para cravar a 11ª pole-position na temporada 2018 da Moto3. Só 0s032 mais lento, Marco Bezzecchi sai em segundo, com Tony Arbolino fechando a primeira fila malaia
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Jorge Martín começou a caçada decisiva pelo título da Moto3 com o pé direito. Com uma volta voadora no fim do treino classificatório deste sábado (3), o #88 assegurou a 11ª pole-position da temporada 2018 e ainda estabeleceu um novo recorde para Sepang, superando a marca anterior por 0s347.
 
Arón Canet abriu a sessão classificatória no topo da tabela, mas um tombo ainda no início da tarde acabou afastando o #44 da briga na maior parte da atividade. John McPhee, então, assumiu a pole provisória e por lá ficou até os últimos minutos do treino.
 
Já na reta final da sessão, os pilotos partiram para os boxes para os últimos ajustes e voltaram à pista com tempo para fazerem, no muito, duas tentativas.
 
Com o cronômetro travado, McPhee até melhorou para 2min12s081, mas logo foi superado por Martín, que foi 0s350 melhor e ainda destruiu o recorde da pista, em poder de Joan Mir desde o ano passado. Tony Arbolino pulou para segundo, mas foi batido em seguida por Bezzecchi, que vai sair coladinho no rival pelo título.
Jorge Martín cravou a 11ª pole de 2018 (Foto: Gresini)
Arbolino, então, ficou com o último posto da primeira fila, 0s016 melhor que McPhee, o quarto colocado. Vencedor do GP da Austrália, Albert Arenas vem em quinto, com Enea Bastianini completando o top-6.
 
Com 2min12s543, Tatsuki Suzuki ficou com a sétima colocação, escoltado por Kazuki Masaki e Ayumu Sasaki. De volta após lesão, Niccolò Antonelli completa o rol dos dez melhores.
 
Ainda com chances de título em 2018, Fabio Di Giannantonio foi 1s066 mais lento que o companheiro de Gresini neste sábado e vai largar apenas em 13º.
 
Saiba como foi a classificação da Moto3 na Malásia:

A Moto3 foi a primeira classe a ir para a pista para a classificação. Seguindo o clima das atividades anteriores, a chuva não marcou presença, mas o tempo seguia encoberto. O termômetro marcava 25ºC e o asfalto chegava a 45°C.
 
A bandeira estava verde para a classificação da Moto3. Tão logo que o relógio começou a rodar, os pilotos já deixaram os boxes para irem para a pista. Quem abriu os trabalhos em Sepang foi Canet, que anotou 2min13s181.
 
Então, instantes depois, o #44 foi a primeira vítima da sessão. Na curva 3, o piloto acabou caindo sozinho, mas logo se levantou para retornar aos boxes da equipe.
Apesar da queda, Canet ainda liderava a sessão dez minutos após o início. Quem vinha na sequência era Arenas, Martín, Bezzecchi e Toba completando os cinco pilotos mais velozes do momento.

Poucos minutos depois, as coisas começaram a mudar na tabela da sessão. McPhee era o novo líder, com 2min12s786. Martín, Arbolino, Canet, Bezzecchi, Perez, Foggia, Arenas, Antonelli e Sasaki completavam o top-10.
 
Faltavam 18 minutos para encerrar o cronômetro e o tempo a ser batido seguia sendo do #17, que acabava de voltar para a pista. Na sequência, os demais pilotos também deixavam os boxes e voltavam ao traçado.
 
Quando a classificação entrou na metade final, Bezzecchi assumiu a pole-position provisória, mas não por muito tempo, já que McPhee tratou logo de batê-lo ao fazer 2min12s141. Darryn Binder, Martín e Arbolino fechavam o top-5.

Restando apenas sete minutos para o fim, todos os pilotos estavam nos boxes para a segunda parada antes das últimas voltas rápidas. Na ponta, a ordem seguia intacta.
 
Passados cinco minutos, os pilotos estavam todos de volta ao traçado e com o objetivo de dar sua última volta rápida, já que restava pouco mais de dois minutos no cronômetro. O tempo a ser superado era 2min12s141.
 
Com o final da classificação, então, quem ficou com a pole-position para a corrida na Malásia foi Martín, que encontrou a volta perfeita e fez 2min11s731. Bezzecchi sai em segundo, com Arbolino, McPhee e Arenas completando o top-5.

Moto3 2018, GP da Malásia, Sepang, Grid de largada:

1 J MARTÍN Gresini Honda 2:11.731  
2 M BEZZECCHI Prüstel KTM 2:11.763 +0.032
3 T ARBOLINO Snipers Honda 2:12.065 +0.334
4 J MCPHEE CIP KTM 2:12.081 +0.350
5 A ARENAS Ángel Nieto KTM 2:12.211 +0.480
6 E BASTIANINI LEOPARD Honda 2:12.222 +0.491
7 T SUZUKI SIC58 Honda 2:12.543 +0.812
8 K MASAKI RBA KTM 2:12.627 +0.896
9 A SASAKI PETRONAS Honda 2:12.637 +0.906
10 N ANTONELLI SIC58 Honda 2:12.679 +0.948
11 D BINDER Red Bull KTM Ajo 2:12.748 +1.017
12 C VIETTI VR46 KTM 2:12.763 +1.032
13 F DI GIANNANTONIO Gresini Honda 2:12.797 +1.066
14 L DALLA PORTA Leopard Honda 2:12.812 +1.081
15 A CANET Estrella Galicia 0,0 Honda 2:12.873 +1.142
16 D FOGGIA VR46 KTM 2:12.940 +1.209
17 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 2:12.975 +1.244
18 A NORRODIN PETRONAS Honda 2:13.089 +1.358
19 M RAMÍREZ Worldwide KTM 2:13.113 +1.382
20 K TOBA Asia Honda 2:13.160 +1.429
21 V PEREZ Avintia KTM 2:13.181 +1.450
22 J KORNFEIL Prüstel KTM 2:13.644 +1.913
23 A MIGNO Ángel Nieto KTM 2:13.679 +1.948
24 N ATIRATPHUVAPAT Asia Honda 2:13.718 +1.987
25 P OETTL Schedl GP Honda 2:13.955 +2.224
26 A WONGTHANANON VR46 Mastercamp KTM 2:14.502 +2.771
27 S NEPA CIP KTM 2:14.692 +2.961
28 M YURCHENKO Snipers Honda 2:14.868 +3.137
         
REC A NORRODIN SIC Honda 2:12.775 150.2 km/h
MV J MARTÍN Gresini Honda 2:11.731 151.4 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 25ºC | pista: 42ºC