MotoGP

McPhee sobra e comanda quina da Honda no terceiro treino livre da Moto3 em Termas de Río Hondo

Com 1min48s959, John McPhee colocou a SIC no topo da tabela na terceira sessão de treinos livres da Moto3 na Argentina. 0s313 mais lento, Niccolò Antonelli ficou com o segundo posto, com Marcos Ramírez completando o top-3

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
John McPhee fechou a terceira sessão de treinos livres para o GP da Argentina no topo da tabela. O #17 apareceu forte no terço final da atividade desta manhã de sábado (30) e respondeu aos ataques da concorrência quando necessário.
 
Em uma manhã nublada, McPhee fez a melhor de suas 17 voltas em 1min48s959, 0s313 melhor do que Niccolò Antonelli. Mais 0s104 atrás, Marcos Ramírez aparece para ocupar o terceiro posto.
John McPhee (Foto: MotoGP)
Já 0s424 atrás do líder, Lorenzo Dalla Porta fez o quarto tempo, 0s082 melhor que Romano Fenati, o quinto. Raul Fernández vem na sequência, seguido por Tatsuki Suzuki, Kaito Toba, Tony Arbolino e Alonso López.
 
Com o resultado dos três treinos disputados até aqui, McPhee, Antonelli, Ramírez, Dalla Porta, Fenati, Fernández, Suzuki, Toba, Arbolino, López, Jaume Masià, Atón Canet, Gabriel Rodrigo e Ai Ogura são os 14 pilotos que avançam direto ao Q2 no treino classificatório.
 
Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #12: Quem sobrevive a 'Drive to Survive'?



Resultado de imagem para icon itunes Ouça pelo iTunes 
Resultado de imagem para icon spotify Ouça pelo Spotify


Saiba como foi o terceiro treino da Moto3 em Termas de Río Hondo:
 
Assim como na sexta-feira, o sábado amanheceu nublado e com temperaturas baixas no traçado localizado em Santiago del Estero. Às vésperas do início dos treinos do fim de semana, os termômetros marcavam 20°C, com a pista chegando a 22°C. A velocidade do vento era de 6 km/h.
 
Tão logo o pit-lane foi aberto, os pilotos entraram na pista para dar início aos 40 minutos de sessão. Ainda no início da sessão, Kazuki Masaki caiu na curva 1 depois de ficar pendurado na moto para tentar salvar, mas não se feriu e correu ― literalmente ― para a moto para voltar para a pista.
 
Enquanto isso, Romano Fenati tomou a ponta com 1min51s385, 0s561 à frente de Jakub Kornfeil.
 
Também neste início de sessão, Sergio Garcia ― que faz sua primeira prova no Mundial ― perdeu a traseira da moto e acabou derrubando Alex Viu. Os pilotos não se machucaram, mas a moto da Estrella Galicia 0,0 ficou bem danificada, já que foi atingida por Makar Yurchenko.
 
Ileso em início tumultuado de sessão, Suzuki assumiu a liderança com 1min50s134, 0s130 mais rápido que Fernández. López vinha na sequência, seguido por Masià e Canet.
 
Na sequência, Masià chegou a 1min50s080 e se instalou no topo da tabela, 0s007 melhor que Sasaki, que também tinha acabado de melhorar. Suzuki vinha em terceiro, seguido por McPhee e Fernández.
 
A liderança do jovem espanhol, porém, durou pouco, já que McPhee virou 0s010 melhor para se colocar no topo da tabela. No giro seguinte, John foi ainda melhor e ampliou para 0s278 sua vantagem na ponta. O #17 era o único rodando abaixo de 1min50s.
 
Dalla Porta, então, foi a 1min49s905 e assumiu o segundo posto, 0s103 mais lento do que o líder. Parado nos boxes, Masià tinha o terceiro tempo, à frente de Sasaki, Suzuki e Ramírez.
 
Correndo em casa, Gabriel Rodrigo alcançou 1min49s799 e removeu McPhee da liderança por 0s003. Mais atrás, Antonelli subiu para o quarto posto.
 
Logo depois, Suzuki entrou no time de 1min49s e assumiu a ponta a superar Rodrigo por 0s242. Canet também foi mais rápido e subiu para o segundo posto.
 
Na última rodada de pit-stops, Suzuki liderava um top-10 que tinha ainda Canet, Rodrigo, McPhee, Pérez, Dalla Porta, Antonelli, Migno, Masià e Sasaki separados por 0s530.

Com pouco mais de dois minutos para o fim da sessão, Antonelli cravou 1min49s272, 0s104 à frente de Ramírez. Dalla Porta era o terceiro, seguido por Suzuki e Masià.
 
Pouco antes, Rodrigo foi ao chão após perder a traseira da Honda da Gresini. O argentino não se feriu, mas acabou perdendo a chance de participar dos minutos finais da atividade.
 
Na sequência, McPhee veio com 1min49s170 e recuperou o comando, abrindo 0s102 de diferença para Antonelli. Ramírez tinha o terceiro tempo.
 
Já com o cronômetro zerado, McPhee baixou sua marca mais uma vez para chegar em 1min48s959, abrindo 0s313 de margem para Antonelli. Ramirez, Dalla Porta e Fenati fechavam o top-5.




Moto3, GP da Argentina, Termas de Río Hondo, treino livre 3:

1 J MCPHEE SIC HONDA 1:48.959  
2 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:49.272 +0.313
3 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:49.376 +0.417
4 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:49.383 +0.424
5 R FENATI Snipers Honda 1:49.465 +0.506
6 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:49.501 +0.542
7 T SUZUKI SIC58 Honda 1:49.536 +0.577
8 K TOBA Asia Honda 1:49.566 +0.607
9 T ARBOLINO Snipers Honda 1:49.572 +0.613
10 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:49.630 +0.671
11 J MASIÀ Worldwide KTM 1:49.666 +0.707
12 A CANET MAX KTM 1:49.716 +0.757
13 G RODRIGO RBA KTM 1:49.799 +0.840
14 A OGURA Asia Honda 1:49.804 +0.845
15 A SASAKI SIC HONDA 1:49.828 +0.869
16 V PEREZ Avintia KTM 1:49.888 +0.929
17 A MIGNO Worldwide KTM 1:49.915 +0.956
18 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:50.005 +1.046
19 K MASAKI RBA KTM 1:50.133 +1.174
20 D FOGGIA VR46 KTM 1:50.193 +1.234
21 F SALAC Prüstel KTM 1:50.233 +1.274
22 D BINDER CIP KTM 1:50.273 +1.314
23 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:50.425 +1.466
24 C VIETTI VR46 KTM 1:50.443 +1.484
25 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:50.517 +1.558
26 R ROSSI Gresini Honda 1:52.355 +3.396
  S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda sem tempo  
  M YURCHENKO RBA KTM sem tempo  
  A VIU Ángel Nieto KTM sem tempo