MotoGP

Mesmo com queda, Rodrigo encabeça TL2 da Moto3 em Brno. Dalla Porta é quinto

Gabriel Rodrigo sofreu uma forte queda nos minutos finais do treino desta tarde de sexta-feira (2), mas ficou com a liderança com a marca de 2min08s125. 0s200 mais lento, Tony Arbolino ficou com o segundo tempo, à frente de Tatsuki Suzuki. Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta fez a 5ª marca

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Gabriel Rodrigo teve uma tarde de altos e baixos em Brno. Além de ter cravado o melhor tempo da Moto3 na tarde desta sexta-feira (2), o piloto da Gresini sofreu um forte tombo na curva 1 do traçado tcheco.
 
Retrato tradicional da Moto3, o treino desta tarde foi movimentado, com vários pilotos passando pela ponta da tabela. Nos minutos finais, porém, os tempos caíram mais seriamente, com Rodrigo levando a melhor ao cravar 2min08s125.
Gabriel Rodrigo (Foto: Gresini)
0s200 mais lento que o líder, Tony Arbolino fez o segundo tempo, seguido por Tatsuki Suzuki. Em sua temporada de estreia no Mundial, Celestino Vietti chegou a liderar a sessão, mas acabou em quarto, 0s394 atrás do ponteiro.
 
Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta foi 0s574 mais lento que Rodrigo e ficou com a quinta colocação, à frente de Jaume Masià, Arón Canet, Niccolò Antonelli e Romano Fenati. Marcos Ramírez completa a lista dos dez melhores.

O GP da Tchéquia de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Saiba como foi o 2º treino livre da Moto3 em Brno:

O céu nublado de mais cedo ganhou corpo e cobriu de vez a pista de Brno. Quando a Moto3 voltou para a pista, os termômetros marcavam 25°C, com o asfalto chegando a 33°C. A velocidade do vento estava em 5 km/h.
 
Antes mesmo de as primeiras voltas serem computadas nesta tarde, Kazuki Masaki sofreu uma queda na curva 5, mas escapou de maiores lesões.
 
Com 2min09s492, Tony Arbolino abriu o TL2 no topo da tabela, 0s404 melhor que Raúl Fernández. Romano Fenati vinha em segundo, à frente de Ai Ogura e Arón Canet.
 
Pouco depois, Darryn Binder caiu na curva 7, mas não se feriu com gravidade. A moto, por outro lado, foi ‘revirada do avesso’ pelos comissários para ‘desapegar’ da brita.
 
Enquanto isso, Arbolino baixou para 2min09s344 e se manteve na ponta, agora com 0s183 de vantagem para Tatsuki Suzuki. Fenati, Canet e Niccolò Antonelli fechavam o top-5.
 
Instantes depois, Fenati cravou 2min09s308 e assumiu o comando da atividade vespertina, 0s006 mais rápido que Arbolino, que caiu para segundo.
 
Alguns minutos mais tarde, Arón Canet foi a 2min09s257 e assumiu a ponta, 0s051 melhor que Fenati. Arbolino era agora o terceiro, à frente de Alonso López e John McPhee.
 
Minutos depois, Sergio Garcia levou um belo tombo em Brno, mas, apesar de ter precisado de uns instantes para recobrar o fôlego, voltou aos boxes de carona.
 
Enquanto isso, Kaito Toba foi a 2min09s076 e assumiu a liderança, 0s181 melhor que Canet. Lorenzo Dalla Porta tinha o terceiro posto.

Debutante no Mundial, Celestino Vietti aproveitou sua 11ª volta nesta tarde para registrar 2min08s519 e assumir a ponta, superando Toba por 0s557. Mais atrás, Antonelli também tinha melhorado e era agora o quinto colocado.

Depois de uma passagem final pelos boxes, Can Öncü sofreu uma queda na curva 3, mas não se feriu com gravidade.
 
Alheio aos problemas do piloto da Ajo, Gabriel Rodrigo foi a 2min08s125 e passou para a liderança da sessão, 0s200 melhor que Arbolino. Suzuki avançou para o terceiro posto, com Vietti caindo para a quarta colocação, 0s394 atrás do ponteiro.

Pouco depois de tomar a ponta, Rodrigo foi arremessado da moto na curva 1 de Brno e, apesar do forte impacto, conseguiu deixar a pista sozinho. Em seguida, Vietti e Dalla Porta que se acidentaram na curva 3.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Brno, Rodrigo ficou com a liderança, à frente de Arbolino e Suzuki.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.