Michelin programa treino extra de 20 minutos para teste de pneus na Austrália

O GP da Austrália da MotoGP vai ter um treino extra em sua programação. Para testar o novo composto traseiro da Michelin, os pilotos irão para a pista por 20 minutos em Phillip Island

Os pilotos da MotoGP vão ter trabalho extra durante a passagem pela Austrália. Durante a etapa na Tailândia, a Michelin anunciou uma sessão extra de treinos com duração de 20 minutos para um teste de pneus em Phillip Island.
 
A atividade vai acontecer ainda na sexta-feira, acontecendo entre 15h55 e 16h15 do horário local [1h55 a 2h15 no horário de Brasília]. Os resultados obtidos no ensaio não entrarão no tempo combinado para a classificação.
 
O treino vai ter o objetivo de colher dados para a fornecedora de pneus da MotoGP sobre a nova especificação de borracha traseira para pista seca em um circuito que exige muito do calçado. A construção tem um novo design para melhorar o desempenho em todos os traçados e já foi testado em Barcelona, Brno e Misano para ser introduzido em 2020.
Michelin vai testar novo pneu traseiro na Austrália (Foto: Reprodução)

O composto levado pela Michelin em Phillip Island vai ser assimétrico com o lado esquerdo mais duro e especificações do atual pneu para combater o enorme estresse que a borracha fica exposta em circuitos como o australiano.
 

Cada piloto vai ter um pneu com a nova especificação disponível e vai poder escolher entre o macio e o médio. Os competidores ainda terão um calçado dianteiro extra de sua composição de escolha – macio, médio ou duro, e vai ser pedido para realizarem um mínimo de 11 voltas cronometradas.
 
Com a sessão de 20 minutos realizada e os dados analisados, será concluído então se o pneu vai ser utilizado ou não no GP da Austrália da próxima temporada.
 

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar