Miller garante estreia em 2017 e se junta a Nakagami e Takahashi para defender Honda nas 8 Horas de Suzuka

Jack Miller vai estrear nas 8 Horas de Suzuka na edição 2017 da prova defendendo as cores da MuSASHI RT HARC-PRO, da Honda. Australiano vai formar um trio com Takaaki Nakagami e Takumi Takahashi

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Jack Miller vai fazer sua estreia no Mundial de Endurance da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) na temporada 2017. A Honda confirmou nesta quinta-feira (22) que o australiano vai defender a MuSASHI RT HARC-PRO na prova mais icônica do certame. 
 
A fábrica da asa dourada vai disputar a tradicional prova em Suzuka com a nova Fireblade CBR1000RR SP2 para tentar interromper uma sequência vitoriosa da Yamaha, que dominou a disputa nos últimos dois anos com a YZF-R1.
 
Além de Miller, a MuSASHI RT HARC-PRO, que venceu as 8 Horas de Suzuka em 2010, 2013 e 2014, vai contar com Takaaki Nakagami, da Moto2, e Takumi Takahashi, tricampeão da prova, a bordo da moto #634.
Jack Miller vai estrear nas 8 Horas de Suzuka em 2017 (Foto: Marc VDS)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Cal Crutchlow revelou recentemente que rejeitou uma excelente proposta para disputar as 8 Horas de Suzuka por não ter tempo para isso. O maior obstáculo para contar com pilotos da MotoGP na prova é o calendário, já que a corrida no Japão é realizada no período de férias do Mundial de Motovelocidade.
 
“Estou empolgado em correr pela primeira vez nas 8 Horas de Suzuka com um time altamente competitivo da Honda, o MuSASHI HARC-PRO”, disse Miller. “Corridas de endurance são diferentes de outras corridas de pista, e esta será uma grande oportunidade para mim”, seguiu.
 
“Vou mirar o pódio, lutando em uma corrida difícil, junto de um time muito talentoso e competitivo”, completou.
 
Também equipada pela Honda, a F.C.C TSR vai colocar Stefan Bradl, titular da marca no Mundial de Superbike, e Dominique Aegerter, da Moto2, a bordo da #5, que ainda tem uma vaga em aberto.
 
Dominante nos últimos anos, a Yamaha também vai contar com uma equipe estrelada em Suzuka. A marca dos três diapasões será representada na 40ª edição da prova por duas equipes de fábrica: Yamaha Factory e YART Yamaha, o time oficial da categoria. O primeiro vai contar com Katsuyuki Nakasuga e Alex Lowes, campeões no ano passado, e Michael van der Mark, que já participou da prova defendendo a Honda. Na YART, o trio será formado por Broc Parkes, Marvin Fritz e Kohta Nozane.
 
A edição 2017 das 8 Horas de Suzuka acontece entre os dias 28 e 30 de julho.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube