Mir acerta volta voadora no fim e garante liderança do terceiro treino do Moto3 em Termas de Río Hondo

Líder da sexta-feira, Joan Mir voltou a mostrar sua velocidade neste sábado (8) e garantiu a liderança da terceira sessão de treinos livres da Moto3 na Argentina. Arón Canet ficou com o segundo posto, à frente de Jorge Martín

Joan Mir é o homem a ser batido na Argentina. Vencedor do GP do Catar e líder do primeiro dia de treinos, o espanhol reafirmou seu bom momento neste sábado (8), acertou uma volta voadora no fim e garantiu a liderança da terceira sessão de treinos livres da Moto3 na Argentina.
 
Com o melhor de seus 17 giros em 1min49s824, Mir fechou a sessão com 0s042 de margem para Arón Canet, o segundo colocado. Jorge Martín assegurou a terceira colocação.
Joan Mir liderou o terceiro treino em Termas de Río Hondo (Foto: Kiefer)
0s149 atrás do líder, Gabriel Rodrigo ficou com o quarto posto, apenas 0s022 à frente de Tony Arbolino, que faz, aos 16 anos, sua estreia no Mundial de Motovelocidade.
 
Darryn Binder ficou com o sexto posto, seguido por Philipp Oettl, Niccolò Antonelli e John McPhee. Romano Fenati completa a lista dos dez melhores.

Saiba como foi o terceiro treino da Moto3 na Argentina:
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Apesar da previsão de chuva para o sábado, a Moto3 entrou na pista nesta manhã com o asfalto seco, embora com a temperatura mais baixa do que no primeiro dia de trabalhos em Termas de Río Hondo. No início dos 40 minutos de sessão, os termômetros registravam 18°C, com o asfalto chegando a 22°C. A velocidade do vento estava em 16 km/h.
 
Assim como aconteceu no primeiro dia na Argentina, Romano Fenati abriu a sessão na ponta, 0s119 à frente de Joan Mir. Marcos Ramírez tinha o terceiro posto, acompanhado do Tatsuki Suzuki e Arón Canet.
 
Na sequência, Phillip Oettl saltou para a ponta, abrindo 0s312 de margem para Fenati. Mir era terceiro, à frente de Migno e Ramírez.
 
Minutos depois, Canet cravou 1min50s752 e assumiu a ponta, 0s017 à frente de Migno. Oettl caiu para terceiro.
 
Passados os primeiros 15 minutos, os pilotos partiram para a primeira rodada de pit-stops. Canet tinha o comando da sessão, com Migno, Oettl, Rodrigo, Binder, Guevara, Martín, Fenati, Bulega e Suzuki formando o top-10.
 
De volta à pista, Mir baixou para 1min50s560 e assumiu a ponta, com Fenati assumindo o segundo posto, 0s050 atrás. Canet era agora o terceiro.
 
Líder do primeiro dia de treinos em Termas de Río Hondo, Mir logo baixou sua marca, ampliando para 0s118 a vantagem em relação a Fenati. 
 
Com 1min50s181, Antonelli tomou a ponta, abrindo 0s129 de margem para Mir. Já a melhor marca do fim de semana. Na sequência, Fenati avançou para o segundo posto, mas caiu para terceiro com McPhee virando 0s075 melhor. Oettl seguiu o mesmo caminho pouco depois e passou Romano pelo terceiro posto.
 
Com pouco mais de oito minutos para o fim, o estreante Tony Arbolino cravou 1min49s995 e assumiu a ponta, 0s180 à frente de Oettl, o segundo colocado. Instantes depois, Gabriel Rodrigo pulou para a segunda colocação, diminuindo para 0s171 a margem do italiano de 16 anos.
 
No minuto final, Bulega baixou para 1min49s792 e assumiu o comando da sessão, 0s032 à frente de Mir, que também melhorou para alcançar o segundo posto. Canet subiu para terceiro, seguido por Rodrigo e Arbolino.
 
Nos instantes finais, Guevara sofreu uma queda na saída da curva dez, mas apesar da estranheza do tombo, o piloto escapou ileso.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Termas de Río Hondo, Mir garantiu um giro em 1min49s824 e arrematou a terceira sessão de treinos, 0s042 à frente de Canet. Martín ficou com o terceiro posto.
 

#GALERIA(6981)

Moto3, GP da Argentina, Termas de Río Hondo, segundo treino livre:

1 36 JOAN MIR ESP KIEFER Honda 1:49.824  
2 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:49.866 +0.042
3 88 JORGE MARTÍN ESP GRESINI Honda 1:49.881 +0.057
4 19 GABRIEL RODRIGO ARG RBA KTM 1:49.973 +0.149
5 14 TONY ARBOLINO ITA SIC58 Honda 1:49.995 +0.171
6 40 DARRYN BINDER RSA WORLDWIDE KTM 1:50.128 +0.304
7 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 1:50.175 +0.351
8 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA RED BULL KTM AJO 1:50.181 +0.357
9 17 JOHN MCPHEE ING BRITISH TALENT TEAM Honda 1:50.207 +0.383
10 5 ROMANO FENATI ITA ONGETTA Honda 1:50.282 +0.458
11 27 KAITO TOBA JAP TEAM ASIA Honda 1:50.301 +0.477
12 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM 1:50.307 +0.483
13 24 TATSUKI SUZUKI JAP SIC58 Honda 1:50.333 +0.509
14 58 JUANFRAN GUEVARA ESP RBA Mahindra 1:50.353 +0.529
15 64 BO BENDSNEYDER HOL RED BULL KTM AJO 1:50.484 +0.660
16 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM 1:50.517 +0.693
17 11 LIVIO LOI BEL KIEFER Honda 1:50.592 +0.768
18 21 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda 1:50.625 +0.801
19 84 JAKUB KORNFEIL TCH SAXOPRINT Peugeot 1:50.778 +0.954
20 7 ADAM NORRODIN MAL SIC Racing Team Honda 1:50.828 +1.004
21 41 NAKARIN ATIRATPHUVAPAT TAI TEAM ASIA Honda 1:50.986 +1.162
22 42 MARCOS RAMÍREZ ESP WORLDWIDE KTM 1:51.012 +1.188
23 33 ENEA BASTIANINI ITA ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 1:51.015 +1.191
24 12 MARCO BEZZECCHI ITA CIP Mahindra 1:51.031 +1.207
25 6 MARÍA HERRERA ESP ARGIÑANO & GINÉS KTM 1:51.036 +1.212
26 71 AYUMU SASAKI JAP SIC Racing Team KTM 1:51.334 +1.510
27 48 LORENZO DALLA PORTA ITA ASPAR Mahindra 1:51.559 +1.735
28 75 ALBERT ARENAS ESP ASPAR Honda 1:51.929 +2.105
29 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda 1:52.041 +2.217
30 96 MANUEL PAGLIANI FRA CIP Mahindra 1:53.499 +3.675
31 4 PATRIK PULKKINEN FIN SAXOPRINT Peugeot 1:54.167 +4.343
             
RECORDE MIGUEL OLIVEIRA POR RED BULL KTM AJO 1:48.977 158.7 km/h
MELHOR VOLTA MIGUEL OLIVEIRA POR RED BULL KTM AJO 1:48.461 159.5 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 18ºC | pista: 22ºC

PADDOCK GP #72 TRAZ ÁTILA ABREU E DISCUTE ETAPAS DA STOCK CAR, F1, INDY E MOTOGP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube