Mir aproveita pole, supera duelo intenso no Red Bull Ring e vence pela primeira vez na carreira. Líder da Moto3, Binder é 2º

Joan Mir não desperdiçou a pole-position e depois de uma prova intensamente disputada, garantiu sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Líder do Mundial, Brad Binder ficou em segundo, com Enea Bastianini completando o pódio

Joan Mir conquistou sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Neste domingo (14), o piloto da Kiefer tirou proveito máximo da pole-position e superou uma intensa disputa para vencer pela primeira vez na carreira.

 
Além de marcar o debute de Mir no topo do pódio, o triunfo em Spielberg também coloca fim a uma sequência: desde a etapa de Misano do ano passado, nenhum pole-position venceu na Moto3.
Joan Mir recebeu bandeirada na frente no REd Bull Ring (Foto: Kiefer)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

A classificação do Mundial de Moto3 após o GP da Áustria

Líder do Mundial, Brad Binder recebeu a bandeirada em segundo, 0s279 atrás de Mir. Enea Bastianini superou Fabio Quartararo por 0s008 e completa o pódio.

Philipp Oettl teve uma boa atuação, mas recebeu a bandeirada em quinto, 3s534 à frente de Jorge Martin. Bo Bendsneyder ficou em sétimo, seguido por Fabio Di Giannantonio e Nicolò Bulega. Livio Loi completa o rol dos dez melhores.
 
Única mulher do grid, María Herrera teve uma boa atuação neste domingo. A espanhola conquistou o 14º posto e somou mais dois pontos no Mundial.
 
Falando na classificação da Moto3, a derrota não saiu cara para Brad Binder. Segundo na tabela, Jorge Navarro sofreu uma queda no Red Bull Ring e não pontual. Terceiro, Romano Fenati foi punido pela VR46 por indisciplina e sequer correu.
Assim, Binder chega aos 179 pontos, 67 a mais que Navarro, o segundo colocado. Fenati soma 93, apenas três a mais que Francesco Bagnaia. Bulega completa o top-5.
 
Saiba como foi o GP da Áustria de Moto3:
 
Em uma cravada dos meteorologistas, o domingo em Spielberg começou com sol e tempo firme. Às vésperas da largada da Moto3, os termômetros marcavam 24°C, com o asfalto chegando a 23°C. 
 
Estreante no Mundial, Joan Mir conquistou em Spielberg sua primeira pole-position e tenta quebrar uma escrita neste fim de semana, já que ninguém saindo da posição de honra vence na Moto3 desde a etapa de Misano do ano passado.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Líder do Mundial, Binder tem a segunda colocação, à frente de Enea Bastianini. Rival pelo título, Jorge Navarro tem a 18ª posição de partida.
 
Para este fim de semana, a Dunlop, fornecedora única da categoria, disponibilizou os pneus dianteiros macios e médios, e traseiros médios ‘M1’ e duros ‘H3’. No grid, todos os pilotos optaram por um par de pneus médios.
 
Quando as luzes se apagaram na pista do distrito de Murtal, Binder logo saltou para a ponta, com Bastianini também colocando Mir para trás para assumir a segunda colocação. Canet era o quarto, à frente de Bagnaia.
 
Ainda nos primeiros metros, Bastianini atacou e passou Binder, com Mir aparecendo para deixar o sul-africano em terceiro. 
 
Na segunda volta, Mir conseguiu voltar à ponta, passando Bastianini antes de entrar na Castrol Edge, a primeira curva do Red Bull Ring. Canet, por sua vez, acabou despencando no pelotão, indo parar em décimo.
 
Tão logo assumiu a ponta, Mir tratou de abrir vantagem, chegando a exibir 0s4 de diferença para Enea. Vendo Joan escapar, Binder agiu e passou o piloto da Gresini, de cara se aproximando do rival da Kiefer. Quartararo vinha em quarto.
 
Na chegada a curva 4, a Rauch, Binder passou por dentro para assumir a ponta, mas ficou pouco por lá, já que Bastianini apareceu na reta principal e usou o vácuo para voltar à ponta. Mir também passou o líder do Mundial, mas levo o troco rapidamente.
 
Na abertura da volta seguinte, foi Binder quem usou a reta para passar, mas Bastianini reagiu rápido e recuperou o comando da disputa. Mir também atacou e passou Brad, mas o sul-africano deu o troco no espanhol. Rápido, Quartararo chegou ao primeiro pelotão e passou a pressionar.
Brad Binder ampliou no Red Bull Ring sua vantagem no Mundial (Foto: Ajo)
Na quarta volta, o piloto da Red Bull KTM Ajo retomou a ponta na Rauch. Quartararo também passou Mir e se instalou em terceiro. Oettl era o quinto, à frente de Di Giannantonio, Martín, Bagnaia, Bulega e Locatelli.
 
Na sequência, Bastianini foi por dentro e retomou a ponta, mas Binder não demorou para responder e voltar à primeira posição.
 
Na reta, Binder defendeu bem a ponta, mantendo Bastianini em segundo. Metros depois, o italiano se colocou à frente, mas a resposta não tardou a chegar.
 
O #33, então, errou e escapou da linha rápida, permitindo a passagem de Mir e Quartararo. Na sequência, Oettl se colocou adiante do italiano.
 
Na sétima volta, Quartararo partiu para o ataque e assumiu a liderança com uma bela manobra por dentro, mas logo viu o rival da Red Bull KTM Ajo usar o vácuo e recuperar a ponta. Candidato ao título, Navarro vinha apenas em 12º.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Na passagem seguinte, Quartararo, de novo, conseguiu voltar à liderança, com Oettl passando Mir pelo terceiro posto. O francês conseguiu se manter na ponta, mas o alemão caiu para quarto mais uma vez.
 
Na nona volta, Binder retomou a liderança com uma manobra por dentro na curva 3, com Oettl passando Quartararo para se instalar em terceiro.
 
Lá atrás, Navarro se enroscou com Bo Bendsneyder, mas conseguiu se manter na pista, saltando para 11º pouco depois.
 
Quem também mostrou reação foi Bastianini. O italiano voltou ao terceiro posto, à frente de Mir e Quartararo.
 
Com Brad de volta à liderança, a diferença entre os ponteiros subiu um pouco, com o sul-africano colocando 0s342 de margem para Oettl. Terceiro, Bastianini tinha 0s5 de atraso para o rival da SchedlGP.
 
Enquanto Oettl tentava colar em Binder, Mir reagiu e passou Bastianini na reta principal, mas perdeu a posição pouco depois, inclusive para Quartararo.
Um pouco depois, Oettl errou e saiu da linha, permitindo a passagem de Quartararo e Bastianini, que se instalaram em segundo e terceiro, respectivamente. Líder, Binder vinha 0s6 à frente.
 
Philipp não demorou a se recompor e passou Enea para assumir a terceira colocação. Enquanto isso, Quartararo já tinha cortado pela metade a vantagem do piloto da Red Bull KTM Ajo.
 
Mais atrás, Navarro seguia escalando o pelotão e aparecia em sétimo com nove voltas para o fim da corrida. Pouco depois, o titular da Estrella Galicia 0,0 bateu Locatelli e assumiu a sexta colocação.
 
Na frente, Oettl superou Quartararo e, pouco depois, tomou a ponta de Binder. A resposta veio rápida, com o líder do Mundial retomando a liderança, após aproveitar uma manobra de Quartararo para dar um bote duplo. Bastianini também passou Oettl e logo partiu para cima de Fabio.
 
Na 16ª volta, Quartararo assumiu a liderança, à frente de Bastianini e Binder. Na curva 3, Brad chegou a passar, mas levou o troco de Fabio logo na sequência. O #41 insistiu e recuperou o comando da disputa no Red Bull Ring. Mir era o terceiro.
 
Na sequência, Mir passou Quartararo na Remus, a terceira curva de Spielberg e, pouco depois, tomou a ponta. Bastianini também passou o líder do Mundial, que errou na Rauch e permitiu a passagem de Oettl também.
Enea Bastianini completou o pódio na Áustria (Foto: Gresini)
Apesar da luta entre Quartararo e Bastianini, Mir não conseguia escapar na ponta, mantendo uma diferença de 0s09 para o companheiro de equipe.
 
Com cinco voltas para o fim, o sonho de título de Navarro sofreu mais um duro golpe. O espanhol caiu na curva três e não conseguiu ligar a moto. Um resultado que caiu dos céus para Binder, já que Fenati tampouco pontuou no Red Bull Ring — o italiano sequer correu.
 
Enquanto isso, Mir ia firme na ponta, Oettl, Binder, Bastianini e Quartararo aparecendo na sequência.
 
No fim da 20ª volta, Oettl passou Mir e assumiu a liderança, mas o troco veio ainda nos primeiros metros do traçado austríaco.
 
Binder reagiu e voltou para a liderança, mas Bastianini agiu rápido e, com uma manobra dupla, assumiu a ponta. Mir não deixou por menos e voltou a passar, com Quartararo aparecendo para ocupar o terceiro posto, à frente de Brad e Oettl.
 
Na última volta, Bastianini passou Mir e assumiu a ponta, mas Binder aproveitou o vácuo duplo para voltar à liderança na terceira curva. Pouco depois, Joan voltou ao ataque e recuperou a ponta, com Quartararo aparecendo em segundo.
 
Binder agiu rápido e voltou ao segundo posto, já 0s221 atrás de Mir. O novato no Mundial seguiu firme para receber a bandeirada na frente, à frente de Brad e Bastianini.

#GALERIA(5750)

Moto3, GP da Áustria, Red Bull Ring, corrida:

1 36 JOAN MIR ESP KIEFER KTM 37:23.325
2 41 BRAD BINDER RSA RED BULL KTM AJO +0.279
3 4 ENEA BASTIANINI ITA GRESINI Honda +0.431
4 20 FABIO QUARTARARO FRA KIEFER KTM +0.439
5 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM +0.600
6 88 JORGE MARTÍN ESP ASPAR Mahindra +4.134
7 64 BO BENDSNEYDER HOL RED BULL KTM AJO +4.161
8 4 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda +4.970
9 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM +4.972
10 11 LIVIO LOI BEL RW Kalex Honda +5.262
11 21 FRANCESCO BAGNAIA ITA ASPAR Mahindra +5.415
12 58 JUANFRAN GUEVARA ESP RBA KTM +5.871
13 55 ANDREA LOCATELLI ITA KIEFER KTM +5.905
14 6 MARÍA HERRERA ESP HUSQVARNA LAGLISSE +12.775
15 76 HIROKI ONO JAP TEAM ASIA Honda +12.839
16 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda +12.942
17 40 DARRYN BINDER RSA AMBROGIO Mahindra +14.090
18 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA ONGETTA Honda +14.406
19 84 JAKUB KORNFEIL TCH SEPANG Honda +14.517
20 62 STEFANO MANZI ITA ASPAR Mahindra +14.545
21 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda +14.663
22 12 ALBERT ARENAS ESP SAXOPRINT Peugeot +17.132
23 7 ADAM NORRODIN MAL SEPANG Honda +17.443
24 17 JOHN McPHEE ING SAXOPRINT Peugeot +28.306
25 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM +28.405
26 42 MARCOS RAMIREZ ESP AMBROGIO Mahindra +40.123
27 89 KHAIRUL IDHAM PAWI MAL TEAM ASIA Honda +40.361
28 43 STEFANO VALTULINI ITA TEAM ITALIA Mahindra +1:04.040
29 3 FABIO SPIRANELLI ITA CIP Mahindra +1:04.058
30 77 LORENZO PETRARCA ITA TEAM ITALIA Mahindra +1:04.513
  9 JORGE NAVARRO ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda NC
  19 GABRIEL RODRIGO ARG RBA KTM NC
  53 MARCO BEZZECCHI ITA ASPAR Mahindra NC
  24 TATSUKI SUZUKI JAP CIP Mahindra NC
PADDOCK GP #41 ABORDA F1, MOTOGP, OLIMPÍADA E MORTE DE CLAUSON

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube