Morbidelli voa no fim e lidera treino 2 da MotoGP na Catalunha. Dovizioso é só 18º

Apesar de ter sofrido uma queda em meados da sessão, o piloto da SRT Yamaha aproveitou a última de suas 12 voltas na tarde desta sexta-feira (25) para assegurar a liderança da MotoGP

Franco Morbidelli se impôs nesta sexta-feira (25) na Catalunha. O ítalo-brasileiro usou a última voltas que completou no segundo treino do fim de semana para destronar os rivais e assegurar a melhor marca do dia.

Franco se instalou no comando da sessão vespertina ainda nos primeiros minutos e nem mesmo uma queda foi capaz de abalar a competitividade. Ainda assim, o vencedor do GP de San Marino chegou a escorregar na tabela, mas usou o giro decisivo para cravar 1min39s789 e tomar a ponta de Brad Binder por 0s219.

Franco Morbidelli fez o melhor tempo mesmo após uma queda (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Também na volta final, Johann Zarco, que também sofreu uma queda na sessão, se meteu no segundo posto, 0s109 atrás de Morbidelli, o que derrubou o sul-africano da KTM para a terceira colocação.

Maverick Viñales ficou com o quarto lugar, à frente de Takaaki Nakagami e Joan Mir. Pol Espargaró aparece na sequência, com Alex Márquez, Valentino Rossi e Álex Rins fechando o top-10.

Líder do Mundial, Andrea Dovizioso fez a mais rápida das 19 voltas que completou em 1min41s124 e ficou em 18º, 1s335 atrás do líder.

Saiba como foi o treino livre 2 da MotoGP na Catalunha:

O sol seguiu brilhando em Montmeló, o que elevou as temperaturas em relação aos treinos da manhã. Quando a MotoGP voltou para a pista, os termômetros mediam 22° C, com o asfalto chegando a 33°C. A velocidade do vento também tinha aumentado e agora estava em 13 km/h.

Álex Rins abriu a sessão na ponta com 1min42s181, à frente de Rossi, Morbidelli e Mir. Franco, porém, não esperou para virar o jogo a favor da Yamaha e, com 1min41s143, assumiu o comando, liderando Quartararo, Pol Espargaró e Binder.

Brad, então, avançou para segundo, 0s228 atrás de um Morbidelli que tinha acabado de ser ainda mais rápido. Pol também melhorou e agora vinha em terceiro, à frente de Rins, Quartararo, Viñales e Rossi.

Com pouco menos de 15 minutos de sessão, Zarco sofreu uma queda na curva 5 do traçado catalão, mas escapou de lesões. O francês da Avintia Ducati tinha a 22º tempo.

Nessa primeira parte da sessão, a maioria dos pilotos estava calçada com um par de pneus médios, com exceção de Dovizioso e Bagnaia, que tinham um par de macios. A ideia era economizar pneus macios para o fim de semana.

Restando 24 minutos para o fim da sessão, Morbidelli perdeu a frente e caiu na curva 10, mas não se feriu. O ítalo-brasileiro logo correu para a Yamaha, mas a moto foi levada para a via de serviço para seguir para os boxes da SRT.

Logo em seguida, Stefan Bradl caiu na curva 2, mas também escapou ileso. O alemão vinha na primeira volta do pneu.

Alheio ao revés do companheiro de equipe, Álex Márquez saltou para a oitava colocação, 0s749 mais lento que o líder. O irmão de Marc vem mostrando melhor desempenho desde o dia de testes da MotoGP em Misano.

De volta à pista com um par de médios, Zarco saltou para oitavo, 0s661 atrás de Morbidelli. Na sequência, o francês voltou aos boxes da Avintia.

Quem também melhorou foi Joan Mir. O espanhol subiu para décimo e, na sequência, aproveitou macio traseiro novo para avançar para o segundo posto, 0s062 atrás do líder. O piloto da Suzuki, contudo, perdeu imediatamente a posição, já que Rossi virou 0s060 melhor.

Mir, então, apertou o passo e cravou 1min40s441, tomando a ponta de Morbidelli por 0s132. Rossi era agora o terceiro, seguido por Binder, Pol, Rins, Quartararo, Viñales, Lecuona e Zarco.

Na sequência, os tempos começaram a cair para valer, já que a maioria tinha um pneu macio na traseira. Nakagami avançou para o segundo lugar, 0s031 atrás de Mir. Márquez também foi mais rápido e se colocou em terceiro, à frente de Zarco.

Binder tratou de responder e massacrou a marca de Mir ao cravar 1min40s008, 0s433 melhor que o piloto de Palma de Maiorca.

Já com a bandeira quadriculada tremulando em Montmeló, Viñales saltou para a segunda colocação, 0s200 atrás de Binder. Morbidelli, então, lançou uma volta em 1min39s789 e assumiu a ponta, com Zarco aparecendo para ocupar o segundo posto, 0s109 atrás do piloto da SRT Yamaha.

LEIA TAMBÉM
Com Dovizioso, MotoGP tem menor pontuação na liderança após sete etapas em 35 anos

MotoGP 2020, GP da Catalunha, Barcelona, Treino livre 2:

1F MORBIDELLISRT Yamaha1:39.789 
2J ZARCOAvintia Ducati1:39.898+0.109
3B BINDERKTM1:40.008+0.219
4M VIÑALESYamaha1:40.208+0.419
5T NAKAGAMILCR Honda1:40.412+0.623
6J MIRSuzuki1:40.441+0.652
7P ESPARGARÓKTM1:40.474+0.685
8Á MÁRQUEZHonda1:40.478+0.689
9V ROSSIYamaha1:40.502+0.713
10A RINSSuzuki1:40.538+0.749
11J MILLERPramac Ducati1:40.626+0.837
12C CRUTCHLOWLCR Honda1:40.754+0.965
13A ESPARGARÓAprilia Gresini1:40.791+1.002
14F QUARTARAROSRT Yamaha1:40.860+1.071
15I LECUONATech3 KTM1:40.871+1.082
16M OLIVEIRATech3 KTM1:41.028+1.239
17B SMITHAprilia Gresini1:41.095+1.306
18A DOVIZIOSODucati1:41.124+1.335
19S BRADLHonda1:41.260+1.471
20F BAGNAIAPramac Ducati1:41.337+1.548
21T RABATAvintia Ducati1:41.673+1.884
22D PETRUCCIDucati1:42.257+2.468

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube