Moto3: Kent faz volta voadora no fim, supera concorrentes e fecha 1º treino livre em Indianápolis na ponta

Sandro Cortese, Maverick Viñales, Miguel Oliveira e Jonas Folger lideraram boa parte da sessão desta sexta-feira (17), mas foram superados pelo inglês Danny Kent no final

No primeiro treino livre da Moto3 em Indianápolis, quatro pilotos brigaram intensamente pela primeira colocação, mas quem se deu bem foi o inglês Danny Kent. Sumido da briga durante grande parte da atividade, o piloto fez uma volta voadora quando o cronômetro estava zerado e fechou a atividade na primeira colocação.

A segunda colocação também não ficou com um dos pilotos que estava brigando pela ponta e o australiano Jack Miller acabou atrás de Kent. Só na terceira colocação apareceu Jonas Folger, que liderou uma parte do treino e ficou entre os quatro primeiros quase todo tempo.

O português Miguel Oliveira ficou em quarto, com Sandro Cortese em quinto e Maverick Viñales ficou na sexta colocação. Os pilotos voltam à pista ainda hoje para o segundo treino livre em terras americanas

Confira como foi o primeiro treino livre da Moto3 em Indianápolis

A primeira atividade da Moto3 na pista de Indianápolis foi bem movimentada nos primeiros minutos, com quase todos os pilotos do grid indo à pista. Hector Faubel foi o primeiro a completar uma volta rápida e foi abaixo da casa de 2min10. A tendência era que os tempos caíssem ainda mais ao longo de toda sessão. E foi o que aconteceu.

Kent finalizou a primeira sessão de treinos na primeira colocação (Foto: MotoGP)

Com a pista bastante suja, os pilotos encontraram certa dificuldade para melhorar os tempos, o que só aconteceu quando a sessão já ultrapassava a casa dos dez minutos. Jonas Folger pulou para a ponta da atividade com o tempo de 1min59s959, com Sandro Cortese na segunda colocação. Mas os dois não ficaram muito tempo nas primeiras colocações e logo foram superados por Éfren Vazquez, que superou Cortese por apenas 0s027.

Quem fez uma volta digna de aplausos foi Folger, já nos dez minutos finais de atividade, quando cravou 1min57s850 e abriu mais de 2s de vantagem para Vazquez. Outro que melhorou sua marca e saiu do pelotão intermediário foi Romano Fenati, que pulou para terceiro.

Então, o treino começou de verdade para Maverick Viñales ao assumir a primeira colocação ao virar sua volta mais rápida em 1min56s421. E ele trouxe Miguel Oliveira na cola, apenas 0s008 atrás. O vice-líder do campeonato perdeu a liderança da sessão nos três minutos finais para Oliveira, que cravou 1min55s198. Mas Folger não deixou barato, foi mais rápido que os dois e pulou para primeiro no minuto final.

E a disputa pela primeira colocação foi intensa entre Viñales, Oliveira, Folger e Cortese, mas nenhum dos quatro acabou na primeira colocação, que ficou com o inglês Danny Kent, que voou do bloco intermediário para finalizar a sessão na ponta ao superar Jack Miller, outro que pulou de uma posição bem abaixo e terminou em segundo.

Moto3, GP de Indianápolis, Indianápolis, 1º Treino Livre:
 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube