MotoGP adia GP da Argentina para novembro e início de temporada para maio

Depois de alterações nos GPs do Catar, da Tailândia e das Américas, chegou a vez de o GP da Argentina ser empurrado para novembro. Com a mudança, o campeonato da classe rainha deve começar apenas pelo GP da Espanha

A temporada 2020 não vai começar tão cedo para a MotoGP. Na esteira do adiamento da etapa da Patagônia do Mundial de Motocross, a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) anunciou nesta quarta-feira (11) que o GP da Argentina também foi transferido para novembro. Assim, a classe rainha vai começar o campeonato apenas pelo GP da Espanha.
 
Inicialmente, a prova da Argentina estava prevista para o dia 19 de abril, mas, por conta da epidemia de coronavírus, a corrida foi transferida para 22 de novembro, empurrando a etapa de Valência mais uma semana.
O GP da Argentin é mais uma etapa adiada do Mundial (Foto: Yamaha)
Paddockast #51
QUEM VENCEU 'DRIVE TO SURVIVE' 2?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

A corrida do Ricardo Tormo estava agendada para 15 de novembro, mas, na terça-feira, foi transferida para o dia 22 para acomodar o GP das Américas, que deveria acontecer no início de abril. Agora, a corrida, que costuma encerrar a temporada, foi empurrada ainda mais para trás.
Dorna e FIM têm produzido uma série de mudanças na programação por conta da epidemia. O GP do Catar, tradicional abertura do campeonato, foi cancelado para a classe rainha. Depois, o GP da Tailândia também foi transferido para a reta final do campeonato. Ontem, foi a vez da prova de Austin.

Por contrato, a Dorna tem obrigação de organizar, pelo menos, 13 corridas, mas Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da empresa espanhola, segue firme no propósito de realizar as 19 etapas restantes.

A epidemia de coronavírus, porém, representa um desafio e tanto. A Covid-19 chegou a 110 países, já soma mais de 113 mil casos e 4012 mortes. No Brasil, são 34 casos confirmados. A Argentina, por sua vez, teve 12 casos, com uma vítima fatal. 

 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube