MotoGP cancela coletiva de imprensa marcada para quinta-feira e convoca reunião de emergência em Valência

Na esteira de toda a grande polêmica envolvendo Valentino Rossi e Marc Márquez no último GP da Malásia, a MotoGP enviou um comunicado no qual informa que cancelou a entrevista coletiva prévia do GP da Comunidade Valenciana e convocou todos os pilotos e chefes de equipe para uma reunião de emergência com a cúpula da FIM e também da Dorna para a próxima quinta-feira

O verdadeiro terremoto na MotoGP causado pelo incidente envolvendo Valentino Rossi e Marc Márquez continua dando o que falar. E, inclusive, levou a organização do Mundial de MotoGP a convocar uma reunião de emergência e cancelar a entrevista coletiva previamente marcada para a próxima quinta-feira (5), às vésperas dos treinos livres que vão abrir o GP da Comunidade Valenciana, prova que marcará a decisão do título de 2015.
 
O anúncio da mudança de programação foi feito na tarde desta segunda-feira (1) via site da própria MotoGP. Desta forma, a reunião de emergência contará com todos os pilotos do grid, chefes de todas as equipes da classe rainha e também a alta cúpula da Federação Internacional de Motociclismo e da Dorna, responsável por promover e organizar a categoria.
A cúpula do Mundial de MotoGP, formada por Carmelo Ezpeleta e Vitto Ippolito, convocou reunião de emergência para a próxima quinta-feira em Valência (Foto: FIM)
“Na sequência dos recentes eventos que tiveram lugar no GP da Malásia e após mais desdobramentos ao longo da semana seguinte e atendendo às circunstâncias excepcionais, o Gabinete Permanente do Mundial de MotoGP da FIM, composto por Vito Ippolito, presidente da FIM, e Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports, convocou os pilotos e respectivos chefes das equipes da MotoGP para falarem sobre a situação às 15h30 locais (12h30 pelo horário brasileiro de verão) de quinta-feira, 5 de novembro”, diz o comunicado.
 
“Por este motivo, a conferência de imprensa de pré-evento marcada para as 17h locais será cancelada”, complementou a MotoGP.
 
E foi justamente na entrevista coletiva prévia da etapa da Malásia que a ‘treta’ entre Rossi e Márquez começou de fato naquele fim de semana, quando o piloto da Yamaha acusou o jovem bicampeão de ter ajudado Jorge Lorenzo na corrida em Phillip Island. Na prova em Sepang. Valentino e Marc travaram um duro embate nas voltas iniciais, mas o duelo terminou na 7ª volta, quando o espanhol tentou passar o italiano e caiu após um toque.
 
O #46 foi considerado culpado pelo acidente de Márquez e recebeu três pontos de punição por direção irresponsável. Como já tinha um ponto por uma infração anterior, o italiano vai largar em último na Comunidade Valenciana.
 
A Yamaha recorreu à FIM para tentar reverter a sanção da direção de prova, mas a entidade confirmou a punição. Na última sexta-feira, Rossi recorreu ao Tribunal Arbitral do Esporte para tentar se livrar da punição na etapa final da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube