MotoGP congela desenvolvimento aerodinâmico e de motor até 2021 para conter custos

A FIM (Federação Internacional de Motociclismo) anunciou nesta quinta-feira (16) medidas para conter os custos como consequência da pandemia do novo coronavírus. Regulamento também foi modificado em Moto3 e Moto2

A FIM (Federação internacional de Motociclismo) anunciou nesta quinta-feira (16) o congelamento do desenvolvimento de motores e aerodinâmica nas temporadas 2020 e 2021 da MotoGP. A medida tem como objetivo cortar custos, uma consequência da pandemia do novo coronavírus.
 
Com o mundo vivendo uma era de isolamento social, a Comissão de GP se reuniu digitalmente na quarta-feira (15) e aprovou mudanças nos regulamentos técnicos da MotoGP, Moto2 e Moto3. O grupo de trabalho tem como titulares Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da empresa promotora Dorna; Paul Duparc, da FIM; Hervé Poncharal, da IRTA (Associação Internacional das Equipes de Corrida), e Takanao Tsubouchi, da MSMA (Associação das Fábricas de Motocicletas Esportivas). Participaram, ainda, Jorge Viegas, presidente da FIM; Corrado Cecchinelli, diretor de tecnologia do Mundial; Carlos Ezpeleta, também da Dorna, e Mike Trimby, da IRTA.
A MotoGP vetou o desenvolvimento de motores e carenagens (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #56
QUEM VAI SER O PRÓXIMO BRASILEIRO NA F1?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

No caso da classe rainha, as fábricas não podem mais fazer modificações nos motores e no pacote aerodinâmico homologados a distância no mês passado. Essa medida é válida também para as fábricas que contam com o sistema de concessões, previsto em regulamento para permitir o desenvolvimento acelerado de construtores que ainda estão longe da briga pela vitória. Ou seja, KTM e Aprilia não poderão desenvolver suas motos livremente ao longo do ano.
 
Com a medida, os times vão chegar ao primeiro evento de 2021 com as motos homologadas ainda neste ano e, a partir daí, o regulamento normal de atualizações será colocado em vigor, o que significa dizer que as fábricas sem concessões não poderão evoluir o motor e terão direito a apenas uma atualização aerodinâmica por piloto. 
 
“No primeiro evento de 2021, os pilotos poderão escolher entre qualquer motor e especificação aerodinâmica que a fábrica homologou em 2020”, diz o texto do novo regulamento.
 
No caso das classes menores, as fábricas ficam impedidas de desenvolver qualquer aspecto das motos nas temporadas 2020 e 2021. Além disso, a Comissão de GP também vetou a introdução do sistema que ajusta a altura da moto em Moto3 e Moto2. Esse sistema foi introduzido pela Ducati na divisão principal nos testes coletivos passados.
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora