“Muito mais satisfeito” do que em Jerez, Lorenzo destaca bom ritmo, mas vê Márquez pouco mais rápido

Satisfeito com o ritmo da M1 em Le Mans, Jorge Lorenzo destacou evolução da moto em relação do GP da Espanha. Espanhol afirmou que o pole Marc Márquez está um pouco mais rápido e alertou para a chance de chuva

As imagens do sábado no Mundial de Motovelocidade em Le Mans
Acompanhe a cobertura do GP da França no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Desta vez, não deu para Jorge Lorenzo. Apesar do bom ritmo exibido em Le Mans, o piloto da Yamaha não conseguiu fazer frente a Marc Márquez neste sábado (18) e o estreante representante da Honda conquistou a pole-position para o GP da França.
 
Mesmo tendo perdido a posição de honra, Lorenzo se mostrou animado, especialmente por conta na melhora do ritmo da M1 em relação ao GP da Espanha. 
Lorenzo se mostrou animado com ritmo da M1 em Le Mans (Foto: Yamaha)
“O nosso ritmo é muito bom, muito melhor do que em Jerez quando fiz duas voltas e aí na terceira ou quarta volta era impossível manter o mesmo ritmo”, comparou. “Aqui nesta pista, com as melhoras que fizemos na moto, é muito mais fácil manter um ritmo constante, então estou muito mais satisfeito”, comentou. 
 
O bicampeão explicou que tentou fazer uma volta perfeita, mas avaliou que Márquez está um pouco mais rápido. Ainda, Jorge alertou para o risco de chuva e disse que não sabe o que esperar com o piso molhado.
 
“Tentei fazer uma volta perfeita, mas Marc estava um pouco mais rápido do que eu. Não sei o que vai acontecer se chover amanhã, porque não testamos no molhado”, declarou. “No ano passado foi ok, mas cada ano é diferente, então não sei o que esperar. Prefiro uma corrida com pista seca. No entanto, se chover pode ser uma possibilidade de recuperar alguns pontos se não cometermos erros”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube