Multicampeão, Rossi evita pensar em se aposentar. E justifica com humor: “MotoGP sem mim seria como Copa sem Itália”

Valentino Rossi sabe que é uma estrela. E, tal qual a seleção italiana, no dia em que não participar de um Mundial deixará saudades, terá sua falta sentida. Mas se a Itália não estará na Copa de 2018, não se deve esperar Rossi longe da MotoGP tão cedo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Valentino Rossi tem sete títulos da MotoGP. A Itália, quatro títulos da Copa do Mundo de futebol. Dois multicampeões, e que brigam entre os maiores da história do mundo esportivo. Então, quando um está ausente do principal torneio de seu esporte, é claro que a falta é sentida. É o caso da seleção italiana na Copa de 2018. Mas não será o caso de Rossi no futuro próximo.

O italiano, após conquistar pela sexta vez o Rali de Monza, no último domingo, deu entrevista ao portal 'GPOne' e afirmou que não pensa em se aposentar tão cedo, mesmo já aos 38 anos. E ainda lidou com o assunto com humor.

"O Mundial de MotoGP, sem mim, seria como uma Copa do Mundo sem a Itália. Tentarei seguir um pouco mais", brincou.

Valentino Rossi (Foto: Michelin)

Ele, inclusive, já pensa seriamente na temporada 2018, feliz com os testes recentes que fez com a Yamaha. "Estamos na direção correta. Vamos ver em fevereiro. Gostaria de ter uma moto competitiva", disse.

Por fim, Rossi ainda comentou sobre seu 2017 – que, como o da seleção italiana, não foi dos mais positivos. "Sou sincero, sei que não foi um grande ano. Fiz algumas boas corridas, mas nosso potencial é maior do que o que se viu no final do ano. Temos que trabalhar duro."

FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube