Na casa da Honda, Lorenzo mostra força da Yamaha, bate Pedrosa e fica com pole em Motegi

Jorge Lorenzo bateu Daniel Pedrosa em sua última tentativa e garantiu a pole-position para o GP do Japão. Cal Crutchlow confirmou força da Yamaha e completa a primeira fila em Motegi

 

► As melhores imagens deste sábado de MotoGP no circuito de Motegi

A casa pode ser da Honda, mas quem levou a melhor neste sábado (13) foi a Yamaha. Jorge Lorenzo bateu Daniel Pedrosa nos segundos finais da classificação e sai na pole-position no GP do Japão de MotoGP. Cal Crutchlow confirmou a força do time de Iwata e completa a primeira fila.

O espanhol da Honda teve uma atuação bastante apagada durante a tarde deste sábado no Japão, mas apareceu nos minutos finais para quebrar o recorde do circuito e se colocar à frente das quatro Yamaha que dominavam o treino.

Lorenzo garantiu a pole em seu último giro na sessão (Foto: MotoGP)

A alegria do piloto, entretanto, durou pouco, já que Lorenzo cravou 1min44s969 e tomou a posição de honra no grid com 0s246 de vantagem para o vice-líder do Mundial. Crutchlow, que chegou a liderar a sessão, ficou a 0s288 do campeão de 2010. 

Ben Spies também exibiu um ritmo forte em Motegi, mas caiu no fim do treino classificatório e não conseguiu uma vaga na primeira fila. Álvaro Bautista mostrou um bom acerto em sua Honda satélite e vai largar na quinta colocação, à frente de Andrea Dovizioso.

Ainda longe de seu tradicional ritmo, Casey Stoner garantiu que sétima posição no grid de Motegi e terá a companhia de Stefan Bradl e Valentino Rossi na terceira fila. Nicky Hayden completa o top-10.

Entre as CRT, o melhor colocado foi Aleix Espargaró, que vai largar na 13ª posição. Randy De Puniet vem na sequência, seguido por Karel Abraham e Colin Edwards.


Saiba como foi a classificação da MotoGP em Motegi:

 
Lorenzo começou os trabalhos na ponta ao anotar 1min49s915. Bautista tinha a segunda marca, seguido por Rossi, Bradl e Espargaró. Álvaro cravou 1min46s568 e tomou a ponta com 0s031 de folga.
 
Lorenzo respondeu de imediato e recuperou a liderança com 1min46s362. Bautista foi bem nas três primeiras parciais, mas perdeu tempo no último setor e continuou em segundo, à frente de Pedrosa, Spies, Nakasuga e Bradl. O germânico, aliás, sofreu uma queda na curva 1 de Motegi, mas não se machucou. 
Crutchlow também mostrou um ótimo desempenho na pista de Motegi (Foto: MotoGP)
O piloto da Gresini seguiu exibindo um bom ritmo e recuperou a liderança da sessão ao registrar 1min46s209. Lorenzo voltou a responder e assumiu a ponta com 0s075 de diferença.
 
Com pouco menos de 15 minutos de sessão, Pedrosa assumiu a pole-provisória ao anotar 1min46s087, 0s039 à frente de Jorge. Bautista continuava exibindo um bom ritmo e vinha em terceiro, seguido por Spies, Crutchlow, Dovizioso, Bradl, Stoner e Rossi.
 
Quase quinze minutos mais tarde, Lorenzo recuperou a primeira posição ao anotar 1min45s937 e deixar Pedrosa para trás por uma diferença de 0s150. Crutchlow também aumentou o ritmo e subiu para a terceira posição. Bautista reagiu e tomou a terceira colocação. Bradl foi mais veloz e passou Cal, assumindo a quarta posição. 
 
O piloto da Tech 3 foi ainda mais rápido, anotou 1min45s964 e se instalou na segunda colocação, 0s027 atrás de Lorenzo. O companheiro de Andrea Dovizioso vinha em ritmo de bater a marca de Jorge, mas deu de cara com Iván Silva e acabou não conseguindo melhorar. 
 
Mais atrás, Stoner também conseguiu melhorar e subiu para o sexto posto com o tempo de 1min46s514. De volta à pista após uma rápida passagem pelos boxes da Yamaha, Lorenzo veio para baixar sua marca, mas acabou perdendo tempo e não conseguiu melhorar.
 
Com 20 minutos para o fim, Spies calçou a M1 com compostos macios e tomou a pole-position provisória ao anotar 1min45s506, abrindo 0s431 de vantagem para Lorenzo. A marca de Spies, aliás, estabeleceu um novo recorde para o circuito. O tempo anterior – 1min45s267 – havia sido registrado por Stoner em 2011.
 
Dovizioso também melhorou seu tempo de volta. O italiano cravou 1min45s868 e assumiu o segundo lugar, à frente de Lorenzo e Crutchlow. Pedrosa era o melhor entre os representantes da Honda e tinha o quinto lugar, à frente de Bautista, Bradl e Stoner. 
Pedrosa sofreu com as vibrações da RC213V em Motegi (Foto: MotoGP)
Álvaro apertou o ritmo, registrou 1min45s786 e subiu para o segundo lugar, 0s280 atrás de Spies. Após deixar os boxes da Honda, Stoner fez uma ótima primeira parcial e seguiu em boa volta, subindo de quarto para segundo com 1min45s745.
 
Na sequência, Crutchlow mandou 1min45s257 e tomou a pole de Spies. O piloto escapou da pista na sequência, mas conseguiu evitar a queda e seguir no treino. 
 
Também de volta à pista, Lorenzo subiu para a terceira colocação, à frente de Stoner, Bautista, Dovizioso, Pedrosa, Bradl, Rossi e Hayden. Dani conseguiu melhorar e subiu para a quarta colocação.
 
Com 1min45s252, Pedrosa tomou a ponta após bater a marca de Crutchlow por 0s005 e ainda assegurou o novo recorde do circuito. Na sequência, o espanhol foi ainda mais rápido, levando a diferença para o piloto da Tech 3 para 0s042.
 
Com menos de um minuto para fim, Spies vinha em um ritmo forte, mas acabou se acidentando na curva dez. Lorenzo, então, veio forte, e baixou para 1min44s969 e assumiu a liderança.

MotoGP, GP do Japão, Motegi, Grid de Largada:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube