Na chuva, Zarco sobra e comanda primeiro treino livre da Moto2 no circuito Marco Simoncelli

Johann Zarco foi o mais rápido no primeiro treino livre da Moto2 em Misano. Francês anotou 1min52s183 em seu último giro e destruiu a marca de Gino Rea por uma diferença de 0s551. Marc Márquez não deixou os boxes da Catalunya nesta atividade e não marcou tempo

Johann Zarco mostrou um bom desempenho no primeiro treino livre para o GP de San Marino de Moto2 e dominou a atividade com sobras. A atividade desta sexta-feira (14) teve seus primeiros minutos pouco movimentados por conta da chuva que começou a cair em Misano, mas o piloto da JiR não demorou a deixar os boxes e logo impôs seu domínio no circuito italiano. 

O companheiro de Eric Granado, que não vai disputar a etapa de San Marino por conta de uma lesão no ombro, comandou a folha de tempos a maior parte da atividade, mas sempre acompanhado por Gino Rea e Andrea Iannone. Na parte final da atividade, o britânico da Gresini assumiu a ponta ao anotar 1min52s734, mas Zarco voltou à pista após uma rápida passagem pelos boxes da JiR e destruiu a marca do rival.
Zarco sobrou no primeiro treino em Misano (Foto: MotoGP)

Iannone sofreu uma queda nos últimos minutos do treino e viu Anthony West bater sua marca e completar o top-3 da atividade. Xavier Simeon ficou com o quinto tempo, à frente de Yuki Takahasi, Marcel Schrotter, Claudio Corti e Thomas Lüthi. Mika Kallio completa a lista dos dez primeiros colocados. 

Marc Márquez, por sua vez, nem deixou os boxes da Catalunya. O líder da temporada optou por não treinar já que as condições do asfalto não eram as melhores.

Saiba como foi o primeiro treino desta sexta:
 
Voltou a chover em Misano poucos instantes antes de o cronometro ser acionado para marcar os 45 minutos de treino livre da Moto2. Por conta da chuva, os primeiros instantes da atividade foram bastante calmos, com a maioria dos pilotos permanecendo nos boxes.
 
O primeiro a sair foi Steven Odendaal, que substituiu o lesionado Ricard Cardus na Arguiano. Na sequência, Dominique Aegerter também foi à pista, mas os dois estavam apenas avaliando o asfalto. 
 
Enquando Tomoyoshi Koyama e Marco Colandrea se juntavam a eles na pista, Odendaal anotava sua primeira volta rápida em 2min11s287. Não demorou, o substituto de Roberto Rolfo, que decidiu interromper sua passagem pela Moto2 por motivos pessoais, assumiu a ponta da tabela com 2min05s925.
 
Zarco e Randy Krummenacher também deixaram os boxes e o piloto da JiR logo se instalou na ponta da tabela de tempos com 2min04s591. 
 
Com as condições do asfalto mais estáveis, outros pilotos se juntaram ao grupo que estava na pista, com Gino Rea assumindo o comando da atividade, 1s932 à frente de Zarco, que vinha em segundo. Odendaal era o terceiro, seguido por Krummenacher.
 
Zarco logo recuperou a ponta ao anotar 1min56s261. Rea vinha em segundo, acompanhado por Koyama, Krummenacher, Lüthi, Takahashi, Miki Di Meglio, Kallio, Odendaal e Corti.
 
Iannone, que fechou com a Pramac para temporada de 2013 da MotoGP, deixou os boxes da Speed Master para se instalar na terceira colocação da folha de tempos, 2s867 atrás de Zarco, que seguia na ponta.
 
Com pouco mais de 16 minutos para o fim da sessão, West assumiu a ponta ao anotar 1min54s752. Iannone também foi mais rápido e subiu para o segundo posto, apenas 0s038 atrás do tempo de Anthony. Johann logo respondeu, baixou para 1min53s963 e reassumiu a liderança da atividade.  
 
Andrea tentou baixar o tempo do francês da JiR, mas Zarco também foi mais rápido e manteve a ponta por uma diferença de 0s033 para o rival da Speed Master.
 
Enquanto Zarco seguia baixando suas marcas, Espargaró brigava para escalar a tabela. Faltando dez minutos para o fim da atividade, o piloto da Pons aparecia em quinto, 2s764 distante da melhor marca do exercício. Márquez, por outro lado, seguia nos boxes da Catalunya, esperando as condições do asfalto melhorarem para se juntar aos companheiros de Moto2.
 
Com 1min52s734, Rea assumiu a liderança da atividade, à frente de Zarco, West, Iannone, Schrotter, Simeon, Espargaró, Bradley Smith, Tito Rabat e Koyama. 
 
Faltando apenas cinco minutos para o fim da sessão, a Catalunya sinalizou que Márquez não participaria da sessão ao fechar os boxes com um biombo. Na pista, Iannone sofreu uma forte queda na curva 10 de Misano e deixou a pista caminhando apesar de estar visivelmente com dores. Um pouco mais atrás, na curva 4, Simeon também de acidentou, mas em uma queda muito mais discreta.
 
Em seu último giro, Zarco fez suas melhores marcas nas primeiras duas parciais e bateu o tempo de Rea no terceiro setor, assumido a ponta da tabela na última volta com 1min52s183, 0s551 de vantagem para Gino.
 
Moto2, GP de San Marino, Misano, 1º treino livre:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube