Na Itália, Redding reafirma bom momento, exibe ritmo forte e vence pela segunda vez seguida na Moto2

Com a confiança em alta, Scott Redding voltou a brilhar na Moto2, conquistando sua segunda vitória seguida na Moto2. Nico Terol e Johann Zarco completam o pódio

As imagens do domingo no Mundial de Motovelocidade em Mugello
Acompanhe a cobertura do GP da Itália no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Scott Redding voltou a dar as cartas na Moto2 neste domingo (2). Embalado por seu primeiro triunfo na classe intermediária do Mundial de Motovelocidade, conquistado em Le Mans, o britânico chegou à Itália exibindo um ótimo ritmo e confirmou sua boa fase garantindo seu segundo triunfo seguido.

Largando na pole, o britânico perdeu a ponta para Takaaki Nakagami ainda na primeira curva, mas conseguiu manter a calma e recuperar a liderança. Mais adiante, o piloto da Marc VDS viu Nico Terol assumir a primeira posição, mas, de novo, acompanhou o espanhol e esperou o momento certo para ultrapassar e abrir.
Redding conquistou seu segundo triunfo seguido na temporada (Foto: Marc VDS)

Confira a classificação da Moto2 após a etapa de Mugello

Sofrendo com as vibrações de sua Suter, Terol não conseguiu acompanhar o ritmo de Redding, mas foi rápido o bastante para manter o segundo posto. Johann Zarco ficou em terceiro, recebendo a bandeirada 4s387 atrás de Scott.

Pol Espargaró acordou para a vida nas voltas finais e escalou o pelotão rapidamente. Rodando em nono na maior parte da disputa, o piloto da Pons começou a ultrapassar e garantiu o quarto lugar depois de uma ultrapassagem dupla em Mika Kallio e Jordi Torres, que foram quinto e sexto, respectivamente.

Simone Corsi conquistou o sétimo posto, recebendo a bandeirada 10s718 atrás do líder. Alex De Angelis aparece na sequência, à frente de Tom Lüthi. Dominique Aegerter completa o top-10.

Pelo Mundial, Redding lidera com 101 pontos, contra os 58 de Nico Terol, o segundo colocado. Kallio vem em terceiro, seguido por Rabat e Espargaró, que chegou aos 54 pontos.

Saiba como foi o GP da Itália de Moto2:
 
Contrariando a previsão inicial, o GP da Itália de Moto2 começou com pista seca, com as temperaturas na casa dos 20°C e o asfalto beirando os 40°C. Redding saiu na ponta, seguido por Nakagami e Schrotter. Scott saiu bem, mas perdeu a liderança para Nakagami para primeira curva. Terol chegou a assumir o segundo posto, mas Redding recuperou a posição. Logo na largada, Pradita caiu, arrastando Sucipto para fora.
 
Zarco tinha o quarto posto, seguido por Rabat, Kallio, Simeon, De Angelis, Corsi, Torres, Schrotter, Lüthi e Espargaró. Na ponta, Nakagami tentava fugir, mas Redding acompanhava o ritmo, seguido de perto por Terol. 
 
Mattia Pasini e Louis Rossi foram punidos por terem queimado a largada e tiveram de cumprir um ride-through.
 
Pressionando Takaaki, Redding conseguiu se afastar ligeiramente de Terol, que tinha de se defender da aproximação de Zarco. Na terceira volta, Scott mudou o traçado e passou Nakagami, tomando a liderança. Terol também ultrapassou o nipônico, que começou a ser atacado por Zarco.
Terol assumiu a vice-liderança no Mundial (Foto: Aspar)
Na ponta, Scott abriu 0s597 logo de cara, indicando que conseguiria escapar do pelotão e conquistar sua segunda vitória na Moto2. Nakagami errou na sequência e perdeu o terceiro posto para Zarco.
 
Bom início de prova também para Mika Kallio, que saiu do meio do grid para ocupar o sexto posto. Rabat, por outro lado, perdeu o ponto de frenagem no miolo de Mugello e escapou da pista, voltando em 25º.
 
Zarco aproveitou um erro de Terol e conseguiu passar, mas não conseguiu curtir a segunda posição por muito tempo, já que o piloto da Aspar recuperou a posição. 
 
Com 13 voltas para o fim, Nakagami errou na curva 10 e caiu, abandonando a disputa.
 
Na ponta, Terol conseguiu chegar em Redding na reta italiana e assumiu a liderança em Mugello. Zarco vinha em terceiro, seguido por Simeon, Kallio, De Angelis, Corsi, Torres, Espargaró e Schrotter. 
 
Mesmo líder, Terol não conseguiu escapar, sendo seguido de perto por Redding e Zarco. Com oito voltas para o fim, Scott passou Nico e recuperou a ponta, tratando de impor uma certa margem.
 
Com quatro giros para o fim, De Angelis e Simeon se tocaram, com o belga caindo e abandonando a disputa. Mais atrás, Espargaró enfim conseguiu entrar em uma briga de posições, subindo de nono para sétimo. Na frente, Redding já tinha mais de 1s de folga, com Zarco cada vez mais próximo de Terol para brigar pelo segundo posto.
 
Pol ganhou mais um posto, tomando o sexto lugar de Corsi. Pouco mais à frente, Torres e Kallio lutavam pelo quarto lugar, com o finlandês levando vantagem. Acordado no fim da disputa, Espargaró passou Torres e Kallio e assumiu o quarto lugar. 
 
Na frente, Redding abriu a última volta com bastante folga, pilotando seguro rumo aos seu segundo triunfo consecutivo na Moto2.
 
Moto2, GP da Itália, Mugello, Final:
1
Scott REDDING
ING
Marc VDS
Kalex
39:53.942
21 voltas
2
Nicolas TEROL
ESP
Aspar
Suter
+2:175
 
3
Johann ZARCO
FRA
Ioda
Suter
+4.387
 
4
Pol ESPARGARÓ
ESP
Pons 40 HP Tuenti
Pons Kalex
+9.787
 
5
Mika KALLIO
FIN
Marc VDS
Kalex
+9.851
 
6
Jordi TORRES
ESP
Aspar
Suter
+10.644
 
7
Simone CORSI
ITA
NGM Mobile                 
Speed Up
+10.718
 
8
Alex De ANGELIS
RSM
Forward
Speed Up
+10.844
 
9
Thomas LÜTHI
SUI
Interwetten                                   Suter
+10.900
 
10
Dominique AEGERTER
SUI
Technomag
Suter
+12.166
 
11
Toni ELÍAS
ESP
Avintia
Kalex
+12.173
 
12
Marcel SCHROTTER
ALE
SAG
Kalex
+15.871
 
13
Esteve RABAT
ESP
Pons 40 HP Tuenti
Pons Kalex
+27.919
 
14
Sandro CORTESE
ALE
IntactGP
Kalex
+28.688
 
15
Randy KRUMMENACHER
SUI
Technomag
Suter
+28.973
 
16
Ratthapark WILAIROT
TAI
Gresini
Suter
+29.323
 
17
Julián SIMÓN
ESP
Italtrans
Kalex
+32.176
 
18
Mike DI MEGLIO
FRA
JiR
MotoBI
+33.762
 
19
Ricard CARDÚS
ESP
Forward
Speed Up
+42.145
 
20
Anthony WEST
AUS
QMMF
Speed Up
+44.322
 
21
Kyle SMITH
ING
Avintia
Kalex
+45.584
 
22
Danny KENT
ING
Tech3
+45.962
 
23
Alberto MONCAYO
ESP
Arginano y Gines
Motobost
+51.091
 
24
Yuki TAKAHASHI
JAP
Team Asia
Moriwaki
+1:02.477
 
25
Mattia PASINI
ITA
NGM Mobile Racing
Speed Up
+1:11.895
 
26
Louis ROSSI
FRA
Tech 3
+1:25.369
 
 
Xavier SIMEON
BEL
SAG
Kalex
NC
 
 
Axel PONS
ESP
Pons 40 HP Tuenti
Pons Kalex
NC
 
 
Steven ODENDAAL
RSA
Arginano y Gines
Motobost
NC
 
 
Takaaki NAKAGAMI
JAP
Italtrans
Kalex
NC
 
 
Doni Tata PRANDITA
IDN
Gresini
Suter
NC
 
 
Rafid Topan SUCIPTO
IDN
QMMF
Speed Up
NC
 
 
Axel PONS
ESP
Pons 40 HP Tuenti
Pons Kalex
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
Pista Seca
 
ar: 21°C | pista: 37°C
 
 
 
 
 
 
 
 
MV
Pol ESPARGARÓ
ESP
Pons
Kalex
 
1:52.369
168.0 km/h
REC
Thomas LÜTHI
SUI
Interwetten
Suter
 
1:52.815
167.3 km/h
VMR
Johann ZARCO
FRA
Ioda
Suter
 
1:53.095
167.1 km/h

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube