MotoGP

Nakagami bate Márquez por 0s025 e lidera dia final de testes de pós-temporada em Jerez. Lorenzo é quarto

Takaaki Nakagami comandou o dia final de testes coletivos de pós-temporada da MotoGP, em Jerez de la Frontera, na Espanha. Guiando a LCR Honda, o japonês foi apenas 0s025 mais veloz que Marc Márquez, o segundo colocado. Maverick Viñales completou o top-3. Mostrando maior adaptação à Honda, Jorge Lorenzo acabou em quarto
Warm Up / Redação GP, de Curitiba
 Takaaki Nakagami em Jerez (Foto: Reprodução/MotoGP)
O último dia de testes coletivos da MotoGP em 2018 terminou com a liderança de Takaaki Nakagami. Em Jerez de la Frontera, o japonês da LCR estabeleceu o tempo mais veloz desta quinta-feira (29) na pista do sul da Espanha ao virar 1min37s945 na melhor de suas 66 voltas. A marca superou em apenas 0s025 o registro feito pelo pentacampeão Marc Márquez, na Honda de fábrica. O espanhol também andou muito e percorreu 56 giros ao longo da derradeira atividade do pós-temporada da categoria rainha da Motovelocidade no mundo. Apenas os dois pilotos guiaram na casa de 1min37s. 
 
Márquez se concentrou nos ajustes mais finos em termos de acerto, além da avaliação de diferentes pneus. Ainda, Marc trabalhou para promover melhorias no motor e não deixou de terminar o dia com a última ‘salvada’ da temporada, quando exagerou em uma curva e teve de usar toda a sua conhecida habilidade para evitar uma queda. 
Takaaki Nakagami em Jerez (Foto: Reprodução/MotoGP)

Com um total de 78 voltas, Maverick Viñales foi capaz de colocar a Yamaha na terceira colocação na tabela, com a marca de 1min38s066. O #12, assim como o companheiro Valentino Rossi, usaram o teste para focar em duas especificações diferentes de motor. Rossi completou a sessão apenas na 11ª posição.  
 
Ainda pilotando uma Honda negra, Jorge Lorenzo exibiu uma grande forma em cima da nova moto. O #99 ficou a 0s160 do melhor tempo da sessão, após completar 65 passagens pelo circuito que leva o nome de Angel Nieto. O tricampeão seguiu trabalhando nas atualizações trazidas pela fabricante japonesa. Lorenzo ficou a 0s039 apenas de Viñales, o que pode significar uma adaptação melhor à moto nipônica. Danilo Petrucci, alçado ao lugar de Jorge na Ducati, colocou a moto vermelha na quinta colocação. 
Jorge Lorenzo (Foto: Divulgação/MotoGP)
Franco Morbidelli novamente apresentou um ritmo forte e obteve a sexta melhor marca do dia, com 1min38s118, depois de 68 voltas. Trabalhando em diferentes configurações, Jack Miller terminou a sessão com o sétimo tempo, logo à frente de Andrea Dovizioso, com a outra Ducati de fábrica, e do estreante Francesco Bagnaia, também da Pramac. A Suzuki, com Álex Rins em cima, completou os dez primeiros colocados. O giro do espanhol foi 0s577 mais lento que o do líder do dia, revelando o grande equilíbrio do grid.
 
Agora a MotoGP volta apenas em fevereiro de 2019, no circuito de Sepang, na Malásia, para os testes de pré-temporada. 

MotoGP 2018, Jerez de la Frontera, Testes coletivos, Dia 2:

1 T NAKAGAMI LCR Honda 1:37.945   66
2 M MÁRQUEZ Honda 1:37.970 +0.025 56
3 M VIÑALES Yamaha 1:38.066 +0.121 78
4 J LORENZO Honda 1:38.105 +0.160 65
5 D PETRUCCI Ducati 1:38.109 +0.164 68
6 F MORBDELLI SIC Yamaha 1:38.118 +0.173 68
7 J MILLER Pramac Ducati 1:38.207 +0.262 57
8 A DOVIZIOSO Ducati 1:38.292 +0.347 44
9 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:38.333 +0.388 50
10 A RINS Suzuki 1:38.522 +0.577 63
11 V ROSSI Yamaha 1:38.596 +0.651 67
12 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:38.761 +0.816 58
13 T RABAT Avintia Ducati 1:38.876 +0.931 60
14 J MIR Suzuki 1:38.931 +0.986 55
15 P ESPARGARÓ KTM 1:39.144 +1.199 60
16 A BAUTISTA Ducati 1:39.338 +1.393 65
17 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:39.744 +1.799 40
18 A IANNONE Aprilia Gresini 1:39.826 +1.881 36
19 J ZARCO KTM 1:39.864 +1.919 64
20 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:40.156 +2.211 11
21 B SMITH Aprilia Gresini 1:40.325 +2.380 59
22 S GUINTOLI Suzuki 1:40.498 +2.553 65
23 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:40.520  +2.575 54
24 M OLIVEIRA KTM 1:40.577  +2.632 61
25 M BAIOCCO Aprilia Gresini 1:40.907  +3.962 48