“Não queria dizer tchau e ir para casa”: Rossi diz que foi “muito difícil” correr na Áustria

Após a corrida, o piloto da Yamaha contou que tinha falado com a namorada, que estava “destruída”, mas ainda não tinha conversado com os pais após escapar duas vezes de ser atingido no Red Bull Ring

Valentino Rossi admitiu que não foi fácil voltar para a pista após o acidente que marcou o GP da Áustria de domingo (16). O piloto de 41 anos afirmou que estava assustado até mesmo depois da bandeirada no Red Bull Ring.

Ainda na nona volta, uma disputa entre Johann Zarco e Franco Morbidelli causou um enorme acidente, com a moto do francês passando muito perto de atingir a cabeça de Valentino Rossi. O piloto da Avintia derrubou o ítalo-brasileiro na curva 3, a Yamaha da SRT voltou para pista e atravessou entre Maverick Viñales e Rossi, que contornavam a curva de 90°. Enquanto o italiano tentava entender o que aconteceu, a Ducati também passou muito, muito perto de atingi-lo.

A prova foi imediatamente paralisada, e Rossi voltou aos boxes claramente assustado com o que tinha vivenciado.

Valentino Rossi foi recepcionado pelos meninos da Academia VR46 ao fim da corrida (Foto: Yamaha)

“Foi muito assustador. Foi terrível”, disse Rossi. “Temos de rezar para alguém, todo mundo tem de rezar para quem decidiu. Mas, porra. Me sinto mal. Fiquei assustado, muito, pois hoje foi muito perigoso”, comentou.

Apesar do susto, Rossi alinhou no grid para a relargada e terminou a corrida como melhor Yamaha, em quinto. O multicampeão, porém, reconheceu que foi “muito difícil” voltar para a pista.

“No fim, não tenho escolha. Pois eu não queria dizer tchau para todo mundo e ir para casa. Então tinha de relargar”, justificou.

O piloto contou, também, que já tinha tido a chance de falar com a namorada, a modelo Francesca Sofia Novello, mas ainda não tinha conversado com os pais, Stefania Palma e Graziano Rossi.

“Você tenta não pensar, mas é realmente difícil. Até mesmo agora, não é fácil”, contou. “Eu já falei com a minha namorada, ela está destruída! Mas ainda não falei com a minha mãe e Graziano. Com certeza, vou ligar para eles agora. Especialmente para o Graziano”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube