No erro de Fenati, Cortese assume ponta e vence em Misano. Viñales fica em quinto

Sandro Cortese aproveitou um erro de Romano Fenati para assumir a ponta e ficou com a vitória no GP de San Marino de Moto3. Luis Salom ficou com o segundo posto, à frente do piloto do Team Italia FMI

Mais uma vez, a Moto3 promoveu uma corrida eletrizante. Neste domingo (16), Romano Fenati dominou a maior parte da corrida, mas errou e acabou ultrapassado por Sandro Cortese. Apesar da pressão, o piloto da Red Bull KTM Ajo conseguiu manter a frente e venceu pela terceira vez na temporada.

Cortese teve uma boa largada, mas perdeu a ponta para Fenati ainda nas primeiras voltas. Enquanto Sandro tinha de se defender dos rivais, o piloto do Team Italia FMI conseguiu abrir uma discreta vantagem, mas o líder do Mundial logo conseguiu se recuperar e voltou a pressionar pela liderança. 

 

Fenati garantiu vaga no pódio nos últimos metros (Foto: MotoGP)

O titular da Red Bull KTM Ajo se aproveitou de um pequeno erro de Fenati para assumir a ponta e conseguiu abrir enquanto o resto do pelotão brigava pelo segundo posto. O italiano chegou a cair para a quinta colocação, enquanto Álex Rins e Maverick Viñales brigavam pela vaga final do pódio italiano.

Nos últimos metros, o piloto da Estrella Galicia 0,0 partiu para o ataque a acabou colocando Viñales para fora da pista. Fenati se aproveitou, passou a dupla e ficou com o terceiro posto.

Rins cruzou a linha de chegada do circuito Marco Simoncelli na quarta colocação, à frente de Viñales. Jonas Folger foi o sexto, com Éfren Vázquez em sétimo e Niccolò Antonelli em oitavo. Miguel Oliveira e Arthur Sissis completam a lista dos dez primeiros colocados.

Com o resultado, Sandro chegou aos 225 pontos e abriu 46 de vantagem para Viñales na classificação do Mundial de Moto3. Salom aparece em terceiro com 169 pontos.

Saiba como foi a corrida deste domingo:
 
Cortese largou na pole pela sexta vez no ano e teve a companhia de Fenati e Antonelli na primeira fila. O piloto da Red Bull KTM Ajo saiu bem e manteve a ponta. O mesmo não aconteceu com Niccolò, que teve um início ruim e perdeu posições. Folger assumiu a segunda colocação na largada, à frente de Kent e Sissis.
 
Viñales, que partiu do 11º lugar, teve um início muito ruim e caiu para a 17ª colocação. Enquanto Cortese e Folger tentavam escapar na ponta, Kent tinha trabalho para tentar segurar o pelotão. O piloto não resistiu muito tempo, acabou ultrapassado e despencou para o sétimo posto.
 
Ainda na primeira curva, Kevin Calia, Giulian Pedone, Danny Webb e Alan Techer caíram, abandonando a disputa.
Cortese abriu 46 pontos de vantagem na liderança do Mundial (Foto: MotoGP)

Na ponta, Fenati conseguiu alcançar Salom e Cortese e assumiu a ponta na segunda volta. Em casa, o italiano conseguiu abrir uma pequena vantagem para Cortese. Salom também conseguiu passar Folger pelo segundo lugar.
 
Mais atrás, Viñales tentava superar o início ruim e começava a escalar o pelotão. Com três voltas completadas, o piloto da Blusens Avintia aparecia em oitavo.
 
No giro seguinte, Cortese recuperou a liderança ao ultrapassar Fenati por dentro. O italiano tentou responder, mas Sandro defendeu e manteve a frente.
 
Com 18 voltas para o fim, Cortese errou e acabou sendo ultrapassado por Fenati e Salom. Mais atrás, Folger vencia uma batalha com Antonelli pelo quarto lugar. Na sequência Oliveira assumiu a quarta posição, seguido por Niccolò e Jonas.
 
O piloto da Aspar segui perdendo rendimento e caiu para a sétima posição, tendo de se defender dos ataques de Viñales. Rins apareceu na disputa e ultrapassou Maverick.
 
Na liderança, Fenati seguia na ponta e conseguia abrir uma discreta vantagem para Salom. Cortese vinha em terceiro, seguido de perto por Miguel Oliveira. 
 
Com 15 voltas para o fim, Cortese passou Salom e foi atrás de Fenati enquanto Oliveira pressionava Salom pela terceira posição. 
 
Precisando de um bom resultado para se aproximar de Cortese na classificação da Moto3, Viñales aparentava ter dificuldades com o rendimento da FTR Honda em Misano e ocupava a nona posição na nona volta da disputa.
 
Com bom ritmo, Oliveira passou Salom e assumiu o terceiro lugar. O piloto da RW reagiu e recuperou a posição. Rins chegou e passou o companheiro de Estrella Galicia 0,0, andando próximo de Luis.
Salom segue em terceiro na classificação da Moto3 (Foto: MotoGP)

Perto de completar a primeira metade da corrida, Fenati seguia na liderança, sustentando uma diferença de 0s396 para Cortese. O piloto da Red Bull conseguiu passar quando faltavam 12 voltas para o fim. Romano respondeu, recuperou a frente, mas foi ultrapassado novamente. 
 
Na curva 15, Cortese abriu demais e perdeu a ponta para Fenati. Mais atrás, Rins ganhou a posição de Salom e assumiu o terceiro posto. 
 
Com nove voltas para o fim, Viñales passou Vázquez e chegou ao quinto lugar. Na ponta, Cortese tentava passar Fenati enquanto se defendia dos ataques de Rins.
 
Faltando sete voltas para a bandeira quadriculada, o primeiro pelotão era formado por nove pilotos: Fenati, Cortese, Rins, Salom, Viñales, Vázquez, Folger, Oliveira e Antonelli.
 
Álex conseguiu passar Sandro, mas o líder do Mundial retomou a posição. Salom atacou o representante da Estrella Galicia 0,0, mas o espanhol soube se defender e manteve a frente.
 
Rins insistiu e passou Cortese, que agora era perseguido por Viñales. Sandro retomou a segunda posição, mas seguiu pressionado por Álex. 
 
Salom conseguiu ultrapassar Maverick e voltou a ocupar a quarta colocação. Na frente, Fenati conseguiu abrir 0s612, enquanto Cortese lutava para se defender dos ataques de Rins. O espanhol passou, mas logo foi ultrapassado.
 
Restando quatro giros para o fim, Cortese conseguiu chegar em Romano e passou a atacar o italiano pela ponta. Na passagem seguinte, o piloto da Red Bull KTM Ajo aproveitou um erro de Fenati e assumiu a ponta, seguido por Rins. Romano conseguiu passar o rival espanhol, que deu o troco e manteve a frente. Salom passou os dois e assumiu a segundo colocação. Na sequência, Viñales chegou e passou.
 
O piloto da Blusens passou Rins e assumiu a terceira colocação. Na abertura da última volta, Maverick deixou Salom para trás e partiu para o ataque pela ponta. No miolo de Misano, Viñales foi para cima de Sandro, que fechou a porta. Salom aproveitou que Maverick teve de reduzir a velocidade, e ganhou a posição. Nos metros finais, Rins atacou Maverick pelo terceiro lugar e colocou o espanhol para fora da pista. Fenati se aproveitou e ficou com a última posição do pódio, atrás de Cortese e Salom.

Moto3, GP de San Marino, Misano, Final:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube