MotoGP

Novo recapeamento de Silverstone assegura extensão do acordo para receber MotoGP até 2021

Depois do cancelamento da etapa de 2018 por conta dos problemas de drenagem do circuito, Silverstone concordou em fazer um novo recapeamento do traçado. Com a obra, o acordo para sediar a MotoGP foi renovado até 2021

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Resultado de imagem para emoji racing Grandes Entrevistas: Luca Marini
🏍️ Confira a classificação do Mundial de MotoGP após o GP da Espanha

Silverstone seguirá sendo a casa da MotoGP no Reino Unido até, pelo menos, 2021. Depois do cancelamento do GP da Grã-Bretanha do ano passado, os responsáveis pelo traçado concordaram com um novo reasfaltamento e, assim, estenderam o contrato com o Mundial de Motovelocidade por mais um ano.
 
O traçado britânico tinha sido recapeado antes da corrida de 2018, mas a nova superfície apresentou problemas de drenagem, forçando o cancelamento da corrida. Em março passado, Silverstone já tinha concordado em refazer o serviço.
Chuva causou transtornos em Silverstone (Foto: Red Bull KTM Ajo)
Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #16: Devemos amar Senna acima de tudo e todos? E domínio da Mercedes torna F1 chata?

 Ouça no Spotify
 Ouça no iTunes
 Ouça no Android
 Ouça no playerFM

Ao contrário do que aconteceu antes, quando o serviço foi feito pela Aggregate Industries, desta vez, o recape, que deve acontecer em junho, será feito pela Tarmac. Além disso, o trabalho será acompanhado por Jarno Zaffelli, projetista responsável por Termas de Río Hondo e que, entre outros, acompanhou o recapeamento recente de Sepang.
 
“Chegar neste ponto envolveu muito trabalho da equipe de Silverstone, mas, em meio a tudo isso, nós focamos em garantir que tomássemos as decisões certas para garantir o futuro de nossos eventos mais importantes: a F1 e a MotoGP”, disse Stuart Pringle, diretor da pista. “Temos uma companhia globalmente renomada trabalhando no recapeamento da pista e um dos designers de circuito mais respeitados em Jarno Zaffelli trabalhando como consultor durante os trabalhos”, continuou.
 
“A extensão do contrato com a MotoGP é uma notícia excelente para todos nós em Silverstone e nos permite planejar o desenvolvimento futuro da MotoGP em longo prazo, assim como todas as atividades em duas rodas no nosso circuito”, destacou. “Nós estamos ansiosos para fazer do fim de semana da MotoGP o melhor evento de motociclismo do calendário do Reino Unido”, frisou.
 
Diretor-executivo da Dorna, a promotora da MotoGP, Carmelo Ezpeleta celebrou a ampliação do acordo e destacou a importância de Silverstone no calendário do Mundial. 
 
“A extensão do contrato com Silverstone é a marca da confiança que temos no circuito para receber um evento bem sucedido da MotoGP nos próximos três anos”, disse Ezpeleta. “Silverstone é uma das mais históricas de todas as praças da MotoGP e nós temos trabalhado próximos a Silverstone para garantir que a corrida tenha um futuro de sucesso”, seguiu.
 
“Nós vamos ajudar com qualquer mudança que tenha de ser feira em relação a superfície da pista depois dos eventos de 2018”, completou.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.