MotoGP

Para evitar subjetividade, MotoGP promove mudança no regulamento técnico para 2020

O regulamento técnico da MotoGP vai sofrer mudanças para a temporada 2020. Através de um comunicado oficial, a FIM divulgou que, buscando acabar com as 'áreas cinzas' da aerodinâmica, alterações serão feitas e aplicadas a partir da primeira corrida do próximo ano

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A temporada 2019 ainda não terminou, mas a de 2020 já entrou em pauta. Em uma reunião, a MotoGP definiu mudanças no regulamento técnico do próximo ano, assim evitando as ‘áreas cinzas’ das regras aerodinâmicas.
 
Em um encontro realizado no dia 15 de julho, a Comissão de Corridas, composta por Carmelo Ezpeleta, Paul Duparc, Hervé Poncharal e Takano Tsubouchi, tomou a decisão de revisar e atualizar o regulamento, vigentes para 2020.
 
Foi realizada uma extensa consulta com os fabricantes que estão no grid da classe rainha do Mundial de Motovelocidade. Após isso, o grupo responsável autorizou as mudanças, que correspondem ao desenho do corpo aerodinâmico.
 
Ainda não foram divulgados todos os detalhes das novas normas impostas pela FIM, mas já é conhecido que as regras entram em vigor na primeira corrida da temporada 2020.
Regulamento técnico vai sofrer mudanças para 2020 (Foto: Suzuki)
Inclusive, a confederação enviou um comunicado oficial sobre as alterações. “Após grande consulta com todas as fábricas participantes da MotoGP, a Comissão de Corridas revisou e atualizou todos os regulamentos do corpo aerodinâmico.”
 
“As novas regras são destinadas a todas as ‘áreas cinzas’ dos antigo regulamentos e também incluem, quando apropriado, seções específicas do ‘Guia do corpo aerodinâmico do diretor-técnico’”.
 
“A proposta foi enviada pelo diretor-técnico em consulta com a FIM e aprovação das fábricas e após aprovado por toda a comissão. As fabricantes agora têm até a primeira corrida de 2020 para desenhar os componentes aerodinâmicos, quando o novo regulamento começa”.
 
“Os detalhes do regulamento vão estar disponíveis para consulta em breve no site da FIM”, encerrou.
 
No início do campeonato, houve uma polêmica de um dispositivo apresentado pela Ducati no Catar. Localizada na frente do pneu traseiro, a equipe italiana afirmava que tinha a função de diminuir a temperatura da borracha, enquanto suas adversárias apontaram ganho aerodinâmico. Após investigações, o time foi inocentado de quebrar o regulamento.
 
Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.