Pedrosa aponta problema com garfo da Honda como causa para forte queda em Brno e celebra ausência de fratura

Por conta de uma falha no garfo da RC213V, Dani Pedrosa sofreu uma forte queda no segundo treino livre em Brno. Exames não detectaram fratura, apenas uma forte contusão no tornozelo esquerdo

A cobertura completa do GP da República Tcheca no GRANDE PRÊMIO

Um dos favoritos à vitória em Brno, Dani Pedrosa não teve um bom início de trabalho na pista tcheca. Na tarde desta sexta-feira (14), o espanhol mal sofreu com o forte calor, já que teve uma forte queda ainda no início do exercício por conta de uma falha na RC213V.
 
O problema com o garfo do protótipo nipônico acabou derrubando óleo na pista, fazendo Valentino Rossi mais uma de suas vítimas. O #46 sofreu seu primeiro tombo na temporada.
Dani Pedrosa sofreu uma forte queda, mas não teve fraturas (Foto: Honda)
Após a queda, Dani seguiu direto para o caminhão da Honda e não voltou para a pista para completar a sessão. O piloto passou por um raio-x na clínica móvel do Mundial, onde não foram detectadas fraturas.
 
 “Tive um problema com o garfo dianteiro e não percebi até que um pouco de óleo atingisse a roda dianteira, já que estava inclinando para a direita na entrada da curva 14”, explicou Dani. “A moto me arremessou de forma bem violenta e tive um grande impacto no pé esquerdo”, seguiu.
 
“Fui até a Clinica Mobile para um check-up e eles fizeram um raio-x no meu tornozelo esquerdo”, detalhou. “Felizmente, eles confirmaram que não há fissura ou fratura, só uma forte contusão, então vou tratar esta noite e ver qual será a condição de manhã”, concluiu Dani.
Apesar de ter perdido a maior parte do segundo treino, Dani fechou o dia com o quarto melhor tempo, 0s285 atrás de Jorge Lorenzo.

#GALERIA(5416)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube