Pedrosa supera Lorenzo com folga e dita ritmo em treino livre pouco movimentado no Japão

Daniel Pedrosa bateu com facilidade a marca de Jorge Lorenzo e ditou o ritmo da última sessão de treinos livres da MotoGP em Motegi. Piloto da Honda ficou 0s265 à frente do rival da Yamaha

Daniel Pedrosa não teve grandes dificuldades para superar Jorge Lorenzo no terceiro treino livre da MotoGP em Motegi. Na manhã deste sábado (13) no Japão, o piloto da Yamaha começou a sessão na ponta, mas foi batido pelo rival da Honda ainda na primeira metade do exercício. 

Dani marcou 1min45s792 perto da barreira de 20 minutos para o fim do treino e não encontrou adversários para acompanhar seu bom ritmo. Lorenzo trabalhou no acerto da M1 até os minutos finais da sessão, mas não conseguiu descontar os 0s265 de vantagem do compatriota e ficou em segundo, à frente de seu companheiro de time, o norte-americano Ben Spies.

Pedrosa não teve grandes dificuldades para superar Lorenzo em Motegi (Foto: MotoGP)

Andrea Dovizioso, que foi o terceiro mais rápido nos treinos de sexta-feira, ficou com a quarta marca, 0s428 atrás de Jorge. Álvaro Bautista foi o quinto, seguido por Cal Crutchlow.

Casey Stoner, que vem enfrentando dificuldades para se movimentar na moto por conta das lesões no tornozelo direito, ficou em sétimo, com seu melhor giro em 1min46s480.

Valentino Rossi, que vem se mostrando mais satisfeito com o desempenho da GP12 desde as atualizações trazidas pela Ducati para a etapa de Misano, foi o oitavo mais rápido, à frente de Stefan Bradl e Nicky Hayden.

Aleix Espargaró voltou a ser o melhor entre os pilotos CRT. O espanhol da Aspar anotou 1min47s685 em seu melhor giro e ficou em 11º, à frente de Héctor Barberá e do wild-card Katsuyuki Nakasuga.

 

Saiba como foi o terceiro treino livre da MotoGP em Motegi:
 
Assim como aconteceu com a Moto3, o treino da MotoGP começou com tempo bom e pista seca. Lorenzo foi o primeiro a se instalar na primeira posição, ao anotar 1min47s107. Crutchlow vinha em segundo, seguido por Barberá, Hayden, Nakasuga, Abraham e Ellison. 
 
Stoner logo melhorou seu tempo de volta e subiu para a segunda posição ao registrar 1min47s955. Na sequência foi a vez de Hayden se instalar atrás de Lorenzo.
 
Dovizioso também melhorou o ritmo e passou a ocupar a segunda posição, à frente de Bautista, Pedrosa, Hayden, Rossi e Stoner. 
 
Enquanto Lorenzo seguia baixando suas marcas, Pedrosa pulou para o segundo posto, com 1min46s304. Bautista ficou com a terceira marca, à frente de Dovizioso, Crutchlow, Hayden, Rossi, Bradl, Spies, Barberá e Stoner.
Lorenzo dominou a parte inicial do treino, mas não teve como superar Pedrosa (Foto: MotoGP)
Dani seguia tentando melhorar e ritmo e baixou as parciais nos três primeiros setores, mas perdeu tempo no último trecho de Motegi e não conseguiu tomar a ponta de Lorenzo. 
 
Perto da barreira de 20 minutos para o fim do treino, Pedrosa fez uma nova tentativa de assumir a ponta da sessão e passou a ditar o ritmo do exercício com a marca de 1min45s792, 0s265 mais rápido que Lorenzo. Spies vinha em terceiro, seguido por Dovizioso e Bautista. 
 

MotoGP, GP do Japão, Motegi, 3º Treino Livre:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube