Perto de estreia na MotoGP, Binder cita quantidade “insana de trabalho” com KTM

O sul-africano está animado com o início da temporada 2020 da MotoGP. Além de os primeiros treinos com a moto que considerou 'insana', o piloto ainda destacou a grande preparação realizada durante a pré-temporada

Brad Binder está prestes a fazer sua estreia como piloto da MotoGP. Nesta terça-feira (18), a KTM fez a apresentação da RC16, moto para a temporada 2020, e durante o vídeo transmitido, o piloto falou sobre como tem sido as primeiras experiências dentro do time e as expectativas para o ano.
 
O sul-africano deu o grande passo para a classe rainha do Mundial de Motovelocidade neste campeonato. Em 2019, ficou com o vice-campeonato da Moto2, perdendo o título para Álex Márquez por apenas três pontos.
 
Ainda assim, a chance de fazer a estrela brilhar veio. Já envolvido com a marca austríaca, subiu o último degrau da categoria tomando o lugar vago deixado por Johann Zarco. Na última semana, já fez os primeiros testes pré-temporada, em Sepang.
A moto que vai ser usada por Pol Espargaró e Binder na KTM em 2020 (Foto: KTM)

O sul-africano ainda destacou como tem sido sua rotina dentro da KTM e como é ser parte do time de fábrica – a Tech3 é a equipe satélite. “É definitivamente diferente. Não sei quantas pessoas estão na equipe de fábrica, mas imagino que é mais ou menos 50, posso estar errado, mas imagino essa quantidade”, falou.

 
“Eu me lembro de voltar aos boxes após minha primeira saída e senti que havia umas 20 pessoas me olhando e me esperando dizer algo a elas e tudo o que consegui dizer foi ‘muito legal, mas acho que preciso de mais voltas’. É doido porque você tem tantas pessoas a sua volta e cada cara tem seu trabalho específico e é insano a quantidade de trabalho que você faz e não apenas na pista ou nos boxes com todas as pessoas, mas é outro passo”, sublinhou.
 
“Preparação física é outro mundo. Comecei quando fui para o Centro de Desempenho de Atletas da Red Bull no início de dezembro e fizemos testes de força e resistência e tive um programa para seguir em dezembro até o meio de janeiro. Hoje já fiz grande progresso. Até agora só fiz meu teste de resistência e está muito melhor do que no final da temporada”, emendou.
 
“Então acho que todas essas coisas que você precisa para chegar ao próximo nível: sua preparação, nutrição, descanso. Tem que fazer tudo um pouco melhor. Sinto que estou tentando não deixar nenhum passo batido e conseguir tudo o mais rápido possível”, concluiu.
 

Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube