Perto do título, Márquez avisa: “Não me importa se serei campeão na Malásia, Austrália ou Valência”

Marc Márquez pode conquistar o título da temporada de 2012 da Moto2 já neste fim de semana, na Malásia. Espanhol garantiu que dará 100% em Sepang, mas disse que não se importa com onde será campeão

Marc Márquez terá neste fim de semana sua primeira chance na temporada de garantir o título da Moto2. Com 53 pontos de vantagem para Pol Espargaró, o piloto da Catalunya só precisa terminar a prova à frente do rival ou torcer para que o representante da Pons não marque três pontos a mais que ele em Sepang.

Sempre com os pés no chão, Marc destacou que será importante administrar bem a vantagem, já que ainda restam 75 pontos em disputa. O espanhol, entretanto, não pretende perder o estilo arrojado e promete dar 100% na etapa malaia. 

Márquez estreia na MotoGP com o time oficial da Honda já na temporada de 2013 (Foto: Repsol)

“Temos 53 pontos de vantagem, mas temos de administrar bem essa diferença, porque ainda faltam três corridas”, ponderou. “Podemos ser campeões este fim de semana, mas encaramos o GP da Malásia apenas como mais uma corrida, dando 100% na sexta, no sábado e no domingo. Na corrida vamos ver o que podemos fazer e onde estamos”, falou.

Márquez deixou claro que não se importa se será campeão já em Sepang, na Austrália na próxima semana ou se só confirmará o título na prova final, no circuito Ricardo Tormo, desde que consiga cumprir sua meta de deixar a Moto2 como campeão.

“Não me importa se serei campeão na Malásia, na Austrália ou em Valência. O mais importante é conquistar o título embora esteja claro que quanto mais cedo, melhor”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube