MotoGP

Petrucci fala em estreia muito emotiva com Ducati e afirma que “parecia meu primeiro dia de escola”

Danilo Petrucci fez sua grande estreia com a Ducati nos testes pré-temporada, em Valência. Comentando sobre sua chegada ao time, o italiano ressaltou a onda de emoções que sentiu, chegando a dizer que parecia seu primeiro dia na escola
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Danilo Petrucci (Foto: Ducati)
Danilo Petrucci não poderia ter ficado mais feliz com sua chegada à Ducati. O italiano ressaltou todas as emoções que sentiu ao vestir as cores da equipe, chegando a comparar com seu primeiro dia de escola.
 
A partir da temporada 2019, o #9 vai assumir a vaga deixada por Jorge Lorenzo. Nas últimas quatro temporadas, o piloto comandou uma das motos da Pramac, equipe satélite da esquadra de Borgo Panigale.
 
A primeira aparição de Danilo com o time foi na abertura dos treinos coletivos pré-temporada, em Valência. Ao final da terça-feira, se colocou como o oitavo mais rápido, 0s684 mais lento que o ponteiro.
Danilo Petrucci (Foto: Ducati)
“Foi um dia muito, muito emotivo. O sentimento era como se estivesse em meu primeiro dia de escola. Fazia muito tempo que não fazia algo pela primeira vez. Foi um sonho que se tornou realidade, usar essas cores”, disse.
 
Petrucci começou o dia com a moto que ele usava na Pramac neste ano, mas logo trocou para o protótipo de 2019 da Desmosedici.“Foi um dia muito bom. Testamos a nova moto, de 2019, e não houve coisas negativas, isso é muito, muito bom”, apontou.
 
“No box há um clima muito calmo e relaxado, eu gostei disso. Infelizmente a chuva chegou no momento em que estava rápido, com pneus usados. Foi uma pena, mas foi apenas o primeiro dia”, encerrou.