MotoGP

Petrucci lidera 1-2 da Ducati com Dovizioso no TL3 em Valência. Viñales e Rossi ficam fora do top-10

Danilo Petrucci bateu Andrea Dovizioso por 0s088 e ficou com a liderança do terceiro treino da MotoGP em Valência. Marc Márquez garantiu o terceiro posto, enquanto as duas Yamaha de fábrica ficaram fora do top-10
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Danilo Petrucci (Foto: Pramac)
Danilo Petrucci voltou a exibir seu bom ritmo no piso molhado de Valência. O piloto da Pramac cravou 1min39s712 na melhor de suas 20 voltas neste sábado (17) e liderou uma dobradinha da Ducati com Andrea Dovizioso, que foi 0s088 mais lento.
 
O sábado em Valência até amanheceu sem chuva, mas o clima virou mais uma vez logo no início do treino da MotoGP. O clima, no entanto, não impediu a melhora nos tempos.
 
Depois de algumas trocas no topo da tabela, Petrucci e Dovizioso ficaram com os dois primeiros postos, com Marc Márquez aparecendo 0s114 atrás do #9 para ocupar o terceiro posto.
Danilo Petrucci liderou o TL3 em Valência (Foto: Pramac)
Jack Miller sofreu uma queda nos instantes finais da sessão, mas acabou na quarta colocação, seguido por Johann Zarco. No último fim de semana de corrida da carreira, Dani Pedrosa fechou a manhã com o sexto tempo.
 
0s563 mais lento que Petrucci, Pol Espargaró colocou a KTM na sétima posição, à frente de Álex Rins, que também caiu na volta final. Aleix Espargaró e Michele Pirro completam o top-10.

Com 1min40s647, Maverick Viñales ficou com o 11º tempo, 0s103 mais rápido que Valentino Rossi, que sofreu uma queda e acabou apenas em 13º. Os dois pilotos da Yamaha terão de passar pelo Q1 do treino classificatório.
 
Em sua última aparição na MotoGP antes de mudar para a Copa do Mundo de MotoE, Xavier Siméon acabou barrado pelos médicos depois de um high-side na sexta-feira. De acordo com as redes sociais da categoria, o belga sofreu uma concussão na queda no TL1, mas, mesmo assim, esteve na pista para o TL2.
 
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP em Valência:
 
A chuva que dominou a sexta-feira deu uma trégua nesta sábado, um alento para os pilotos que precisavam buscar vaga no top-10 combinado. No início da terceira sessão livre, no entanto, a pista seguia molhada e com a temperatura na casa dos 15°C, apenas 1°C abaixo da temperatura ambiente. A velocidade do vento era de 10 km/h, enquanto o céu seguia nublado, apesar de o sol tentar furar o bloqueio das nuvens.
 
Depois do primeiro dia de atividades no Ricardo Tormo, Márquez liderava a MotoGP, com Miller, Petrucci, Dovizioso, Pedrosa, Iannone, Viñales, Pirro, Pol e Rins fechando o top-10.
 
Ainda nos primeiros minutos da sessão, porém, as bandeiras de chuva voltaram a ser sacudidas em Valência.
 
Com 1min42s904, Danilo Petrucci abriu a sessão no topo da tabela, 0s453 à frente de Viñales. Miller vinha em seguida, com Rossi e Márquez formando o top-5.
 
No giro seguinte, Rossi saltou para a liderança com 1min42s600, mas logo foi superado por Petrucci. Zarco, então, superou o #9, mas tampouco ficou com a liderança, já que Márquez apareceu 0s041 melhor.
 
Valentino insistiu e recuperou a ponta ao alcançar 1min41s889, 0s143 melhor que Dovizioso, o novo segundo colocado. Miller, porém, bateu o #4 por 0s128 em seguida.
 
O #46 melhorou mais uma vez, mas viu Dovizioso tomar a liderança com 1min41s055, 0s088 melhor que Miller, que tomou o segundo posto. Márquez era o quarto, seguido por Zarco.
 
Usando um pneu de chuva médio na frente e um macio atrás ― como a maioria dos demais ―, Rossi foi melhorando volta após a volta, mas ainda sem conseguir lugar no top-10 combinado.
 
Com pouco mais de dez minutos de treino, entretanto, Rossi sofreu uma queda forte na curva 4, mas escapou de maiores lesões. O italiano, porém, teve de voltar de carona aos boxes da Yamaha.
 
Enquanto isso, Márquez baixou para 1min40s871 e assumiu a ponta, 0s184 melhor que Dovizioso. Miller tinha o terceiro tempo, seguido por Rossi, Redding, Syahrin, Viñales, Zarco, Petrucci e Nakagami.
 
Com Rossi de volta aos boxes, Viñales chegou a 1min41s237 e assumiu a quarta colocação, 0s366 mais lento que Márquez. Na sequência, Iannone pulou para terceiro, com Rins aparecendo em sexto.
 
Márquez, então, foi a 1min40s427 para manter a ponta, com Viñales virando 0s609 mais lento para se instalar em segundo. Mais atrás, Morbidelli assumiu a oitava colocação.
 
O #93 manteve o ritmo forte e foi a 1min40s086 em sua décima volta, ampliando para 0s800 a vantagem em relação a Viñales. Dovizioso, Iannone, Miller, Rins, Rossi, Morbidelli, Pol Espargaró e Redding completavam a lista dos dez mais rápidos.
 
Iannone, então, foi 0s015 mais rápido que o #25 e se instalou em segundo, com Pol Espargaró pulando para a quinta colocação.
 
Com 1min40s862, Zarco saltou para a segunda colocação e entrou no top-10 combinado, empurrando Rins para fora. Na passagem seguinte, o #5 melhorou ainda mais, reduzindo para 0s575 a vantagem de Márquez no topo da tabela.
 
Petrucci também conseguiu melhorar e subiu para a terceira colocação, 0s761 mais lento que Márquez.

Em sua nona volta nesta manhã, Miller cravou 1min40s265 e saltou para a segunda colocação, 0s179 atrás de Márquez.
 
Com pouco menos de 20 minutos para o fim da sessão, Iannone sofreu uma queda, mas escapou ileso.
 
Petrucci, por outro lado, melhorou para 1min40s032 e assumiu a liderança da sessão, 0s054 à frente de Márquez.
 
Pirro, então, subiu para o sexto posto, enquanto Dovizioso baixou para 1min39s879 para assumir a liderança, 0s153 melhor que Petrucci. Mais atrás, Ross estava de volta à pista para saltar para o nono posto.

Andrea foi ainda mais rápido na sequência, alcançando 1min39s800, 0s026 melhor que Márquez, que tinha acabado de assumir o segundo posto. Petrucci, Miller e Zarco vinham em seguida.
 
A curva 14, aliás, foi palco de uma queda de Aleix Espargaró, mas o piloto da Aprilia escapou ileso.
 
Restando menos de dez minutos para o fim do TL3, Morbidelli cravou 1min40s675 e assumiu o nono posto, garantindo espaço no top-10 combinado e tirando de Iannone a vaga direto no Q2.
 
Pol Espargaró também seguiu o roteiro de melhora e saltou para o quinto posto, apenas 0s5 mais lento que Dovizioso. O #44 também tinha vaga no top-10 combinado.
 
Com pouco mais de cinco minutos para a bandeirada, Rossi anotou 1min40s809 e subiu para 11º, ainda longe de garantir um espaço no top-10.
 
Logo depois, Pedrosa foi a 1min40s442 e avançou para o sexto posto, 0s642 mais lento que Dovizioso, que permanecia confortável na ponta. Logo depois, Zarco passou o #26 por 0s080.
 
Com pouco mais de dois minutos para a bandeirada, Petrucci cravou 1min37s712 e assumiu a ponta com a melhor volta do fim de semana. Pol também melhorou e se instalou em quinto, com Viñales subindo para décimo.
 
Já com o cronômetro travado em Valência, Aleix saltou para a nona colocação, 0s818 atrás de Petrucci. Pedrosa, então, foi a 1min40s185 e assumiu o quinto posto.
 
Álex Rins e Jack Miller, por outro lado, caíram na chance final de melhorar as marcas neste TL3.
 


MotoGP, GP da Comunidade Valenciana, Valência, treino livre 3:

1 D PETRUCCI Pramac Ducati 1:39.712    
2 A DOVIZIOSO Ducati 1:39.800 +0.088  
3 M MÁRQUEZ Honda 1:39.826 +0.114  
4 J MILLER Pramac Ducati 1:39.912 +0.200  
5 J ZARCO Tech3 Yamaha 1:40.141 +0.429  
6 D PEDROSA Honda 1:40.185 +0.473  
7 P ESPARGARÓ KTM 1:40.275 +0.563  
8 A RINS Suzuki 1:40.417 +0.705  
9 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:40.530 +0.818  
10 M PIRRO Ducati 1:40.586 +0.874  
11 M VIÑALES Yamaha 1:40.647 +0.935  
12 F MORBIDELLI Marc VDS Honda 1:40.675 +0.963  
13 V ROSSI Yamaha 1:40.750 +1.038  
14 S BRADL LCR Honda 1:40.806 +1.094  
15 A IANNONE Suzuki 1:40.871 +1.159  
16 A BAUTISTA Ángel Nieto Ducati 1:40.900 +1.188  
17 J LORENZO Ducati 1:41.026 +1.314  
18 S REDDING Aprilia Gresini 1:41.357 +1.645  
19 B SMITH KTM 1:41.362 +1.650  
20 K ABRAHAM 0:00.000 1:41.813 +2.101  
21 H SYAHRIN Tech3 Yamaha 1:41.832 +2.120  
22 T NAKAGAMI LCR Honda 1:41.992 +2.280  
23 T LÜTHI Marc VDS Honda 1:42.040 +2.328  
24 J TORRES Avintia Ducati 1:43.439 +3.727  
           
REC J LORENZO Yamaha 1:31.171 158.1 km/h  
MV J LORENZO Yamaha 1:29.401 161.2 km/h  
           
  Condições do tempo PISTA MOLHADA   ar: 16ºC | pista: 15ºC